conecte-se conosco


Várzea Grande

Projeto ‘Bairro Integrado’ leva segurança e ações preventivas ao bairro Jardim dos Estados

Publicado

Várzea Grande é mais uma vez contemplada com o projeto Bairro Integrado, da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SESP-MT). Esta será a 9º Edição e acontecerá no  bairro Jardim dos Estados, no dia 20 de setembro, (sexta-feira), na Escola Estadual Ubaldo Monteiro da Silva .

A prefeita de Várzea Grande, Lucimar Sacre de Campos, recebeu a visita oficial da equipe que coordena o evento, em seu gabinete ,na manhã desta terça-feira (10), e teve como finalidade integrar a Administração Pública as ações do Projeto, que segundo Lucimar Campos é de suma importância a participação do município, envolvendo a Guarda Municipal, secretarias de Assistência Social e Saúde em uma ação que visa fortalecer a presença das forças de segurança entre os jovens e promover serviços de cidadania à sociedade socialmente vulnerável.

A  prefeita Lucimar  Campos ressaltou que desde o início da sua gestão um dos objetivos foi integrar todas as forças de segurança, pois, para ela, mesmo que a prefeitura não seja responsável pela segurança da cidade, tem uma papel fundamental na união dos esforços para melhorar a segurança pública do município. “E foi o que ocorreu, com a integração e projetos também da Guarda Municipal ,houve uma melhora  da segurança pública da cidade, porém sabemos que há muito para avançar”, disse. A prefeita lembrou ainda que as secretarias municipais têm trabalhado de forma integrada para fazer com que as ações cheguem a toda a população e ofereçam perspectiva para que a juventude de Várzea Grande  possa seguir no caminho do bem.

Como explica o coordenador da Polícia Comunitária da Sesp-MT, tenente-coronel PM Fábio Bastos, o evento ocorrerá no dia 20 de setembro, onde as instituições envolvidas ministram palestras sobre cidadania, prevenção às drogas, bullying, sociedade, respeito às leis, educação no trânsito, saúde, entre outros temas, além de atividades lúdicas e de cidadania.

“A intenção é que a difusão destes assuntos reduza o envolvimento de crianças e adolescentes com a criminalidade e as drogas. Queremos contribuir, por meio de serviços prestados à população, para que a segurança seja uma referência positiva para os jovens e, com isso, aumentar a confiança da sociedade nas forças de Segurança Pública”, explicou o tenente-coronel Fábio bastos.

Os jovens e comunidades de abrangência do bairro Jardim dos Estados vão poder neste dia conferir de perto como funciona cada força de segurança e as atividades exercidas por cada uma, além de terem a oportunidade de participarem de um concurso de redação sobre o que aprenderam com o projeto, após as palestras .

“O premio para as três melhores redações será um voo panorâmico com o helicóptero do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer). Nós queremos também que os jovens se inspirem, não só nas carreiras, mas nos bons exemplos que os agentes são. Porque nós acreditamos que a melhor forma de melhorar a sociedade é por meio do trabalho conjunto entre a família, escola, Poder Público e a Segurança Pública”, explicou o tenente-coronel Fábio Bastos.

Para o vereador Edilei Roque Cesario -Neni Chimarrão- que integra o Projeto por meio da Câmara Municipal de Várzea Grande ,defende a linha  do ‘Bairro Integrado’, e que as Forças de Segurança Pública do Estado  estão corretas quando aproximam a sociedade  com a polícia em uma integração social, sobretudo nos lugares que possuem maior vulnerabilidade social. “Nós da Câmara Municipal entendemos que levando a segurança pública para estes bairros com serviços de cidadania, com certeza provoca redução nos índices de criminalidade nestas localidades. Criamos Leis que incentivam políticas públicas sociais para serem executadas nas comunidades. E este projeto vem a somar com os já implantados no município, estendendo a cidadania a mais comunidades da cidade”,  afiançou o vereador

Nessa edição participaram do projeto agentes da Polícia Militar (PM-MT), PJC, Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), Corpo de Bombeiros Militar (CBM-MT), Departamento Estadual de Trânsito (Detran), além de parceiros da Assembleia Legislativa (ALMT), Câmara Municipal, Prefeitura de Várzea Grande  e os projetos Rede Cidadã e Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd).

Durante todo o dia serão oferecidos serviços de orientação jurídica, confecção de documentos (RG, CRLV, Certidão de Nascimento, Casamento e Óbito), corte de cabelo, e Boletim de Ocorrência. Ainda na área interna da escola será montada pistas para brincadeiras lúdicas e atividades recreativas, todas com o envolvimento dos profissionais da segurança pública.

Por: Da Redação – Secom/VG

Fonte: Prefeitura de Várzea Grande
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Várzea Grande

Parcerias permitem ampliação de ações educacionais na Rede de Ensino de Várzea Grande

Publicado

A Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer firmou parcerias uma com a com a Secretaria Municipal de Saúde, para intensificar ações educativas em relação à prevenção de doenças epidemiológicas e a eliminação de criadouros do “mosquito da dengue”, buscando evitar a propagação do vetor nos territórios da comunidade escolar. Outra com social do Sicredi, que visa capacitar educadores para o programa ‘A União Faz a Vida’ que tem por objetivo fazer com que o aluno seja o protagonista do seu processo de aprendizagem e o educador o mediador. 

Para chegar aos nossos objetivos de educar as crianças e adolescentes dentro dos conceitos da Base Curricular, a parceria do Sicredi, junto ao Programa 'A União Faz a Vida' tem dois princípios básicos: cooperação e cidadania. “A educação cooperativa age de forma a educar os jovens para que eles aprendam, no ambiente escolar, a desenvolver projetos e iniciativas capazes de transformar a sociedade e atender aos desejos e anseios das comunidades. Por isso nossos educadores estão sendo capacitados. Atualmente o projeto beneficia duas escolas da rede municipal de ensino, as EMEB’s “Luis Reveles Pereira” e “Joaquim da Cruz Coelho”. A formação faz relação com a Base Nacional Comum Curricular, além de debater o processo de transformação, as mudanças da Política Educacional”, explicou o secretário Silvio Fidelis.

Explica o secretário sobre a parceria com a Saúde Municipal, onde 21 escolas da rede municipal de Várzea Grande estão inseridas no Programa de enfrentamento ao mosquito da Dengue. “Para a seleção das escolas, foram considerados os resultados do primeiro Levantamento Rápido de Índice do Aedes aegypti (LIRA), feito pela Saúde nos bairros com maior incidência de larvas do mosquito. As ações vão desde palestras interativas, teatro e apresentação do ciclo evolutivo do mosquito no conjunto de ações protagonizadas pelo Centro de Controle de Zoonoses de Várzea grande na tentativa de combater o mosquito Aedes aegypti e assim ajudar a reduzir o índice atual de incidência das doenças virais (dengue, zika, chikungunya) transmitidas por este vetor”, explicou Silvio Fidelis

O secretário Silvio Fidelis destacou que coordenação de Educação Ambiental da Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer já vem atuando na conscientização dos alunos da rede municipal de ensino desde os anos anteriores, promovendo junto aos professores, coordenadores e gestores, ações pedagógicas e aulas de campo, que incluem no aprendizado a importância das boas práticas que permitam a não proliferação do mosquito da dengue como a limpeza de quintais, a manutenção correta de vasos e plantas, incluindo a eliminação da água parada em objetos nas escolas e comunidade escolar. “O trabalho de conscientização agora é reforçado pelas parcerias com a Secretaria de Saúde, com agentes comunitários de combate a endemias e a sociedade civil, num esforço em conjunto para diminuir os casos de doenças nas escolas principalmente nessa época do ano”, declarou.

As escolas que estão participando do Programa de Ações de Saúde e Prevenção de Doenças nesta primeira fase são: EMEB Ana Rosa da Silva, Prof.ª Ângela Jardim Botelho, Napoleão José da Costa, Alino Ferreira de Magalhães, Luis Reveles Pereira, Profª Rita Auxiliadora de Campos Cunha, Aristides Pompeo de Campos, Tenente Waldemiro Delgado Bertúlio, Ruth Martins Santana, Honorato Pedroso de Barros, Maria Pedrosa de Miranda, Maria Joana da Silva Almeida, Manoel João de Arruda, Benedita Bernardina Curvo, Apolônio Frutuoso da Silva, José Estejo de Campos, Profª. Maria das Graças Pinto, Air Addor, Dr. João Ponce de Arruda, Salvelina Ferreira da Silva e Faustino Antonio da Silva.

Já para a coordenadora pedagógica da secretaria Municipal de Educação de Várzea Grande, Luz Marina Coelho, a capacitação para o Programa 'A União Faz a Vida' é importante para o entendimento do projeto. “É uma etapa de extrema importância, onde nossos educadores estão sendo preparados para dar início às atividades desse programa que muito vem somando com as problemáticas vividas pelos alunos dentro e fora da sala de aula. É um programa em que toda a comunidade participe de forma direta e indireta. Estamos no segundo ano dessa parceria, e o programa ‘União Faz a Vida’, traz aos nossos professores uma ferramenta a mais dentro das salas de aula, sem sair do planejamento, cotidiano e pedagógico”, frisa a coordenadora

Ainda de acordo com assessora pedagógica, a capacitação do programa ‘A União Faz a Vida’ tem por base Projetos e Metodologias Ativas. O objetivo é fazer com que o aluno seja o protagonista do seu processo de aprendizagem e o educador o mediador.

Por: Letícia Kathucia – Secom/VG

Fonte: Prefeitura de Várzea Grande
Continue lendo

Várzea Grande

Programa ‘Escola em Tempo Ampliado’ já atende mais de 1.700 alunos em Várzea Grande

Publicado

Com o início do ano letivo, as atividades do programa ‘Escola em Tempo Ampliado’ (ETA), nas unidades da rede municipal de Ensino de Várzea Grande, também estão sendo retomadas.  Este ano, a Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer ampliou de 17 para 22 o número de escolas participantes, beneficiando mais 380 alunos que serão atendidos pelo Programa idealizado e implementado em 2015 por iniciativa da prefeita Lucimar Sacre de Campos. Totalizando  1.736 alunos incluídos no programa que é mantido por recursos municipais.

Através do Programa ETA, a Secretaria de Educação tem alcançado resultados positivos nas ações pedagógicas, culturais, de inserção social, provocando mudanças no perfil dos estudantes, até na forma com que muitos alunos encaram o ambiente escolar, familiar e a comunidade onde vivem.

O secretário Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer de Várzea Grande, Silvio Fidélis, ressalta que o programa é uma busca da melhoria no desempenho dos estudos, na utilização do tempo ocioso e o aproveitamento desse tempo para afastar o aluno de atividades que o levem a problemas de risco social,no contato com atividades de lazer, esporte e cultura, além da melhoria no relacionamento familiar e no desenvolvimento de sua autonomia estão entre os benefícios comprovados pela permanência do aluno na escola, como consta nos relatos de alunos, pais de alunos, professores, coordenadores e gestores das unidades escolares onde o projeto foi implantado.

“Precisamos avançar nos resultados e isso é uma tarefa de todos, no dia-a-dia na escola, em nossas atividades nas oficinas com os alunos, precisamos de todo o empenho, dinamismo e profissionalismo de cada um para alcançarmos o padrão de excelência nos processos de ensino aprendizagem que tanto almejamos”,explicou o secretário.

Silvo disse ainda que o projeto foi ampliado e reforçado para o ano letivo de 2020. E reforçou o empenha da gestão em oferecer uma educação cada vez mais ampliada e de qualidade para as crianças de Várzea Grande.

A articuladora do projeto na Escola Municipal Honorato Pedroso de Barros, Marcia Conceição Coelho, explica que os alunos dão entrada no ensino regular às 7h, onde permanecem até às 11h. “Esses Possuem o espaço direcionado especialmente para eles dentro da escola, recebem o almoço e em seguida levados para o descanso. Às 13h começam a serem ministradas as oficinas. Todos os dias são oferecidas cinco disciplinas diferentes com uma rotatividade entre os alunos”, explica a articuladora.  

Entre as oficinas estão, aulas de reforço escolar, letramento, oficinas de artesanato, informática, raciocínio lógico, dança, teatro e música, além das atividades esportivas, culturais e de manuseio com a terra, na criação e manutenção das hortas escolares. Todo o trabalho é promovido em constante avaliação do corpo técnico, composto por profissionais da Secretaria de Educação, destacado para o acompanhamento sistemático do Programa ETA nas escolas onde ele é desenvolvido. 

Ana Paula Gonçalves da Silva, mãe de Mikaelly Gonçalves da Silva de 9 anos, que cursa o 4º ano na escola Honorato Pedroso, está comemorando a participação da filha no projeto. “Além de saber que ela participará de várias atividades, possibilidade de interação com as outras crianças, a tarefa de casa será feita ainda na escola. Isso vai me ajudar muito, porque eu trabalho durante todo o dia, e fazíamos as tarefas no período da noite, o que ficava cansativo pra ela e para nós.Fora que ela permanecer na escola aumenta as chances de aprender mais”.  

A diretora da escola Honorato Pedroso de Barros , Marilene Silva, deixou claro em seu depoimento, a satisfação em estar junto com a escola desenvolvendo o projeto. “Quando o projeto chegou na escola a gente se assustou um pouco, devido ao grande desafio que estava começando.  Hoje o projeto é visto como um presente para nós, para os pais e para as crianças que adoram e participam ativamente das oficinas. Ano passado estávamos com 60 alunos inclusos no projeto, esse ano esse número aumentou para 80 e a expectativa é que esse número aumente ainda mais.Observamos melhor desempenho escolar, maior concentração e satisfação nos alunos do projeto”.

Desde sua implantação na rede municipal de Várzea Grande, o Programa Escola em Tempo Ampliado – ETA já atende mais de 1.700 alunos e em 2020 passa a atender também as EMEB’s “Eunice Cesar de Mello”, “Professora Rita Auxiliadora Campos Cunha”, “Mario Antunes Almeida”, “Alino Ferreira de Magalhães” e “Joaquim da Cruz Coelho”. 

Por: Letícia Kathucia – Secom/VG

Fonte: Prefeitura de Várzea Grande
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana