conecte-se conosco


Várzea Grande

Programação no Hospital e Pronto Socorro debate o suicídio no cotidiano profissional e junto à pacientes

Publicado


.

25/09/2020    3

A administração do Hospital e Pronto Socorro Municipal de Várzea Grande (HPSMVG) realizou nesta sexta-feira, 25 de setembro, o dia D da campanha de prevenção ao suicídio presente durante todo o Setembro Amarelo na rede pública de saúde do município. Em parceria com a coordenação de Saúde Mental da secretaria de saúde, três apresentações abordaram o assunto aos servidores do HPSMVG. 

“Durante todo este mês distribuímos panfletos, fizemos pequenas palestras e abordagens junto aos pacientes aqui do Pronto-Socorro bem como seus acompanhantes. Esta foi apenas uma das ações realizadas pela Secretaria de Saúde com foco no Setembro Amarelo”, disse o diretor geral do Hospital e Pronto Socorro, Ney Provenzano. 

A importância da qualificação das práticas desenvolvidas no Hospital e Pronto Socorro Municipal de Várzea Grande diante de uma tentativa de suicídio e de situações de crise e urgência em saúde mental foi o tema abordado na abertura do encontro, pela enfermeira do Núcleo de Educação Permanente (NEP), Gessica Fernanda Colnago. 

A coordenadora da Saúde Mental da secretaria, Soraya Danniza Barbosa Miter Simon contextualizou sobre a Rede de Atenção Psicossocial de Várzea Grande. “Falamos sobre nossas potencialidades e desafios. Atualmente Várzea Grande possui profissionais e unidades especializadas de atenção psicossocial, tanto infanto-juvenil quanto para adultos”, informou.  

Os profissionais de saúde também conheceram o projeto “Suicídio: não dá mais para deixar de falar” apresentado pela enfermeira do Núcleo Hospitalar de Epidemiologia (NHE), Monara Moreira Maciel Pot e assistiram a palestra “Saúde mental dos profissionais de saúde. Quais cuidados tomar” realizada pela psicóloga Cálita Medeiros Machado de Oliveira. 

“O projeto tem como objetivo intervir nos casos de tentativas de suicídio e nas situações de crise e urgência em saúde mental de forma efetiva por meio da organização dos serviços, dos processos de trabalho e do fortalecimento da articulação entre os pontos de atenção à saúde. Para isso as unidades de saúde possuem profissionais preparados para realizar abordagem adequada dos pacientes e intervir nas situações de crise e urgência em saúde mental; realizar a vigilância, o manejo clínico e escuta psicológica; e, promover a continuidade do cuidado por meio de ações integradas entre os vários pontos de atenção psicossocial”, detalhou a enfermeira do NHE, Monara Pot, sobre o projeto “Suicídio: não dá mais para deixar de falar”. 

“O mês de setembro ficou conhecido como Setembro Amarelo em alusão ao dia mundial de prevenção do suicídio que é um chamamento para que se voltem os olhares dos gestores, profissionais e da população de um modo geral para esse complexo problema de saúde pública. Por ser considerado um fenômeno multicausal, ou seja, não decorrente de uma única causa, mas sim, de questões afetivas, familiares, sociais, territoriais, psíquicas, entre outras, o suicídio é um fenômeno de elevada complexidade por isso a necessidade de ações de prevenção contínuas inclusive no cotidiano dos profissionais de saúde”, justificou o diretor do PSMVG. 

Confira a Rede de Atenção Psicossocial de Várzea Grande que atende de segunda a sexta-feira das 7h às 17h: 

– CAPS 2 – Tratamento para pessoas a partir de 18 anos, com transtornos mentais graves. Localizado na rua Fenelon Muller, 608, centro. (65) 3688-3112. 

– CAPS AD – Tratamento para pessoas a partir de 18 anos, em uso e abuso de álcool e outras drogas. Localizado na avenida Castelo Branco, 2.333, Jardim Imperador. (65) 3688-3045. 

– CAPS Infanto Juvenil – Tratamento para crianças e adolescentes com idade abaixo de 18 anos, que apresentem transtornos mentais graves ou uso de álcool e outras drogas. Localizado na rua Presidente Prudente de Moraes, 1.130, Ipase. (65) 3688-3046. 

– Clinica de Atenção Primária à Saúde Miguel Baracat – Localizada na Avenida Praia Grande, s/n, 24 de Dezembro. Telefone funcional (65) 98476-6717. 

– Clinica de Atenção Primária à Saúde Moacyr D’Lannes – Localizada na rua Harmonia s/n, Jardim Glória II. Telefone funcional (65) 98476-6708. 

– Clinica de Atenção Primária à Saúde Arminda Guimarães Sato – Localizada na rua Governador General Mallet, quadra 16, s/n, Marajoara. Telefone funcional (65) 98476-6559. 

– Clinica de Atenção Primária à Saúde Parque do Lago – Localizada na Avenida Julião de Brito, s/n, Parque do Lago. Telefone (65) 3694-8731. 

– “Consultório na Rua” – Atendimento itinerante para pessoas em situação de rua. Ocorre de segunda à quinta-feira das 19n às 23h. Telefone funcional (65)98476-6419. 

 

Por: Rafaela Maximiano – Secom/VG

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Várzea Grande

Várzea Grande transfere ponto facultativo do Dia do Servidor Público para dia 30 de outubro

Publicado


21/10/2020    8

A prefeitura Municipal de Várzea Grande transferiu para 30 de outubro, uma sexta-feira, o ponto facultativo referente ao Dia do Servidor Público, comemorado no dia 28 de outubro (quarta –feira). Com isso, no dia 30 não haverá expediente no âmbito da Administração Pública Municipal.

O decreto de Nº 72, assinado pela prefeita Lucimar Sacre de Campos foi  publicado no Diário Oficial Eletrônico dos Municípios de Mato Grosso –  AMM – hoje dia 21 de outubro.

O ponto facultativo é válido para os servidores do Executivo municipal, incluindo as autarquias Departamento de Água e Esgoto – DAE- e Instituto Seguridade Social dos Servidores Municipais de Várzea Grande – Previvag, exceto para os serviços essenciais que funcionarão em sistema de plantão, como os serviços de saúde, coleta de lixo, limpeza urbana, obras , segurança.

O Decreto segue os demais Poderes como o Governo do Estado, Judiciário, TCE. Sendo o  feriado nacional de 2 de novembro  na segunda-feira, o retorno às atividades na Prefeitura de Várzea Grande ocorrerá na terça-feira( 3).

 

Por: Da Redação – Secom/VG

Continue lendo

Várzea Grande

A entrega da UBS do Jardim Eldorado eleva para 51% a cobertura da Atenção Primária

Publicado


20/10/2020    1

Até o final deste ano de 2020, Várzea Grande vai superar os 80% de atendimento a Atenção Primária à Saúde, que são os primeiros atendimentos, exames e procedimentos médicos realizados para aqueles que necessitam do Sistema Único de Saúde (SUS), totalmente gratuito.

“Resgatamos oito obras que estavam com algum tipo de pendência e que estavam paralisadas, fizemos novas licitações, contratações e todas estarão prontas até o final deste ano e lançamos uma nova unidade que se encontra em processo licitatório para assim termos unidades que promovem o atendimento da saúde da população de Várzea Grande em todas as regiões”, disse a prefeita Lucimar Sacre de Campos ao entregar a quarta Unidade Básica de Saúde, no Jardim Eldorado, bairro que vem sendo contemplado com outras obras como a pavimentação de ruas e avenidas.

A prefeita lembrou que já foram entregues as UBS dos Bairro São Simão, Aurília Salles Curvo, Santa Izabel e agora o Jardim Eldorado e que ainda em outubro serão entregues as obras da UBS da Construmat.

Ela frisou que pretende entre novembro e dezembro entregar as obras das UBS do São Matheus, Cabo Michel e Jardim Maringá e lançar as obras da UBS do Residencial José Carlos Guimarães.

O secretário de Saúde de Várzea Grande, Diógenes Marcondes frisou que a saúde em Várzea Grande avançou e muito e tende a melhorar, lembrando que a prefeita Lucimar Sacre de Campos prioriza o setor ao ponto de investir uma média de 30% das receitas anualmente, quando a legislação fala em 15% para municípios, 12% para os Estados e sem percentual para o Governo Federal.

“Atualmente já estamos atendendo a mais de 55% da população que necessita do suporte do Poder Público Municipal em conjunto com o Estado e o Governo Federal para realizarem consultas, vacinas, curativos, coletas para exames laboratoriais entre outros e até mesmo atendimentos de urgência e emergência até o encaminhamento para áreas especializadas de forma referenciadas para a posterior continuidade do tratamento e encerramento dos casos, pois buscamos resultados”, disse o secretário.

Diógenes Marcondes lembrou que a Rede de Atenção Primária reúne as unidades de saúde que fazem a estratégia da saúde da família; as Clínicas de Atenção Primária que são as antigas Policlínicas que também foram reformadas, ampliadas e revitalizadas e os Centros de Saúde.

“O nosso principal foco é cuidar das pessoas e a área da Saúde é fundamental. Ampliar a Rede de Atenção Básica é essencial para deixar as unidades de alta complexidade, como o Hospital e Pronto Socorro e as Unidades de Pronto Atendimento as UPAS 24h – IPASE e Cristo Rei para os casos mais urgentes”, disse a prefeita enaltecendo os esforços de todos os servidores públicos, quer sejam os da Saúde, Obras, Serviços Públicos, por fazerem a diferença da Administração Pública, que oferta serviços de qualidade ao cidadão várzea-grandense.

As UBS fazem parte de um ‘pacote’ de 9 unidades básicas que estavam com as obras paralisadas e totalmente abandonadas, mas que foram retomadas pela atual gestão e integram investimento global de mais de R$ 10 milhões na construção dessas unidades, com o objetivo de ampliar o atendimento à população em Saúde Básica.

Como lembrou o secretário de Saúde, Diógenes Marcondes, durante a entrega da unidade, mais de 90% dos problemas relacionados à saúde são resolvidos nas unidades básicas, fazendo valer o atendimento preventivo. “Em 2015 quando Lucimar Campos assumiu os destinos da cidade, menos de 20% da população tinha acesso a Atenção Básica a Saúde. Hoje com estas unidades já entregues elevou – se em 55 % de cobertura da Atenção Primária a Saúde no município e com o término das obras e colocando para funcionar as demais unidades elas estarão estruturadas para 80% de cobertura, até o final do ano” explicou o secretário.

Homenagem: A UBS do Bairro Eldorado leva o nome do Pastor Álvaro Ribeiro Rocha (in memoriam), funcionário Público da prefeitura Municipal de Várzea Grande e ex-vereador.

Tanto o Senador Jayme Campos como a esposa Rosemeire Oliveira Rocha, foram unânimes ao afirmar e enaltecer a dedicação em vida de Álvaro Rocha aos mais necessitados, deixando legado de vida. “Um homem quieto, forte e convicto de suas ações em prol ao próximo, sempre preocupado em fazer o bem. Temos orgulho dos projetos deixados pelo Pastor Álvaro, principalmente como o da Casa de Apoio e Recuperação, que trabalham com as pessoas fragilizadas pelo álcool e drogas. Uma vida dedicada ao próximo, um bom homem”, destacou o senador Jayme Campos.

 

Por: Da Redação – Secom/VG

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana