conecte-se conosco


Mato Grosso

Programação do Festival Cultura em Casa termina neste fim de semana

Publicado


.

Termina neste fim de semana a programação do maior festival online de cultura de Mato Grosso, o Festival Cultura em Casa. O evento, que está sendo realizado pela Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel/MT) com o objetivo de minimizar os impactos da pandemia da Covid-19 no setor cultural, selecionou 170 atrações de vários municípios mato-grossenses para transmissão via internet.

Com início no dia 13 de maio e prosseguindo até domingo (24.05), o festival promove uma programação cultural, conectando artistas regionais com a população que, de casa, pode ter o acesso aos conteúdos disponíveis nos meios eletrônicos e digitais. A agenda de transmissões oferece atrações de diversas linguagens e segmentos artísticos e culturais, abrangendo palestras, debates, oficinas, danças tradicionais, audiovisuais, espetáculos teatrais, circense e de poesia e shows musicais.

Os trabalhos apresentados durante o evento online também são bastante diversificados. De música gospel, cultura afro-brasileira, pautas LGBTI+ a shows de artistas consagrados e menos conhecidos, a programação agrada a todo tipo de público.

Para os mais de 350 artistas e produtores que desenvolvem as ações selecionadas, o Festival Cultura em Casa possibilitou uma fonte de renda nesse período de cancelamento de shows devido às restrições sociais para prevenção ao coronavírus. Além disso, ainda garantiu oportunidades de divulgação de seus trabalhos a mais pessoas. 

Super Live Cachê Solidário

No sábado (23.05), a partir das 18h, a programação inclui também a Super Live Cachê Solidário para arrecadar recursos que serão distribuídos aos artistas inscritos e não-contemplados no Festival.  Organizado pela gestão do Cine Teatro Cuiabá, o projeto terá a participação de grandes nomes de cultura mato-grossense, como Fabrício Carvalho, Nico e Lau, Totó Bodega, Pescuma, Henrique e Claudinho, Scort Som e Roberto Lucialdo.

As doações para o Cachê Solidário podem ser de qualquer valor, e quem doar acima de 100 reais, receberá um kit com um DVD, um CD e um livro de artistas e autores regionais. A conta para depósito está em nome da Associação Cultural Cena Onze, instituição que faz a gestão compartilhada do Cine Teatro Cuiabá. Dados da conta: Banco do Brasil | Ag: 3325-1 | CC: 42.600-8 | CNPJ: 09.457.341/0001-65.

Programação Festival Cultura em Casa

Confira abaixo programação do fim de semana com respectivos endereços de transmissão. Após o encerramento da programação, os materiais estarão disponíveis no canal de YouTube da Secel. Mais informações sobre as atrações no site www.festivalculturaemcasa.com.br

Sábado (23.05)

Oficina Saberes do Siriri | Dona Domingas
Horário: 10h – 12h
Transmissão: facebook.com/flor.ribeirinha

Exibição: A Arte de Carlos Miranda
Horário: 14h – 15h
Transmissão: facebook.com/carlos.r.miranda.946

Palestra: História da Arte nas Temáticas do Romantismo e Dadaísmo
Horário: 15h – 16h
Transmissão: instagram.com/jeferson_bertoloti

Espetáculo: Palhaço Zabilim Plim Plim | Ilson Oliveira
Horário: 16h – 17h
Transmissão: facebook.com/ilsonculttura

Super live Cachê Solidário
Horário: 18h – 21h
Transmissão: redes sociais Secelmt | YouTube Cine Teatro Cuiabá

Vídeo Arte – Projeto Crêonças | Santian e Monarco
Horário: 18h – 19h
Transmissão: instagram.com/henriquesantian

Show Brincar é Urgente | Banda Caixa de Brinquedos
Horário:  19h – 20h 
Transmissão: YouTube Caixa de Brinquedos

Show Seven Monica
Horário: 20h30 – 21h30
Transmissão: facebook.com/secelmt

Domingo (24.05)
Oficina Bom de Capoeira | Grupo Capuerê
Horário: 09h – 10h
Transmissão: facebook.com/Mestrandoparana

Oficina Fotografia Para Iniciantes | Lucas Lemos
Horário: 10h – 11h
Transmissão: instagram.com/aquelelemos

Exibição Dança para Preto Velho | Perseu Azul
Horário: 13h – 14h
Transmissão: YouTube Perseu Azul

Documentário Mestre Inacio Rasqueado Do Bau | Meire Pinheiro
Horário: 13h30 – 14h30
Transmissão: facebook.com/meire.pinheiro.54

Oficina Street Dance | Jaderson Ibrahim
Horário: 14h30 – 15h30
Transmissão: instagram.com/jaderson.ibrahim/

Cine Debate Canhain – Uma Aventura Sinistra | Paula Dias
Horário: 15h – 16h
Transmissão: instagram.com/negadrama

Oficina Afrodance – Ritmos Aeróbicos | Japa 
Horário: 15h30 – 16h30
Transmissão: facebook.com/welington.machado.9

Show Lunalê
Horário: 16h – 17h
Transmissão: facebook.com/lunale.nos

Espetáculo: Raízes que dão Flor | Grupo Flor Ribeirinha
Horário: 16h30 – 17h30
Transmissão: facebook.com/florribeirinhaoficial

Exibição Maratona Fotográfica | José Medeiros
Horário: 17h – 18h
Transmissão: facebook.com/josemedeirosimagem

Espetáculo A Ave | Diamond Crew
Horário: 17h30 – 18h30
Transmissão: YouTube DiamondDanceCrewDDC

Show Power Rock Trio
Horário: 18h – 19h
Transmissão: facebook.com/powerrocktrio

Show Guapo
Horário: 18h30 – 19h30
Transmissão: facebook.com/milton.depinho

Show Billy Espíndola
Horário: 18h30 – 19h30
Transmissão: facebook.com/billyespindolaoficial/

Apresentação Peça em Casa | Túlio Paniago
Horário: 19h – 20h
Transmissão: facebook.com/tulio.paniagovilela

Show Anselmo & Rafael
Horário: 19h – 20h
Transmissão: facebook.com/anselmoerafael

Exibição A Última Dança | Sarah Mitch
Horário: 19h30 – 20h30
Transmissão: youtube.com/juniobb

Show Banda Stillu’s de Rosário Oeste
Horário: 20h – 21h
Transmissão: facebook.com/djmarcinhooficial

Show Cristopher Chaves
Horário: 20h30 – 21h35
Transmissão: instagram.com/crischavesmt

Show Questões do Existir | Carol Brandalise
Horário: 21h – 21h30
Transmissão: facebook.com/carolbrandalisefanpage

Show Acústico “Somos Som” | Karola Nunes
Horário: 21h30 – 22h
Transmissão: instagram.com/karola_nunes

 

Fonte: GOV MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mato Grosso

Ponte Branca comemora aniversário com parcerias estaduais em infraestrutura, segurança e assistência social

Publicado


Os 1.550 habitantes de Ponte Branca, localizada às margens do Rio Araguaia, no leste mato-grossense, a 500 quilômetros de Cuiabá, comemoram seu 68º aniversário nesta quarta-feira (28.07), com parcerias do Governo do Estado em infraestrutura, segurança e assistência social.

Por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra-MT), foi concluída a superestrutura da ponte de concreto na MT-100 sobre o Córrego Sete Voltas, com 60,5 metros de extensão, com investimento de R$ 4 milhões.

O município também está sendo beneficiado com a pavimentação de 49,3 quilômetros da MT-100 – 29,3 quilômetros no sentido Araguainha e 20 quilômetros no sentido Ribeirãozinho, a partir do entroncamento da MT 463, no município.

Como integrante do Consórcio Intermunicipal Portal do Araguaia, foi também beneficiada, ao lado de outros oito municípios, com a entrega de maquinários (três motoniveladoras, uma escavadeira e uma pá carregadeira), a serem utilizados na manutenção de 847 quilômetros de rodovias não pavimentadas.

Integrante do Consórcio Intermunicipal Portal do Araguaia, Ponte Branca terá acesso a maquinários  para manutenção de rodovias não pavimentadas. Foto Michel Alvim

Assistência Social

Por meio da Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (Setasc), além da entrega de 126 cartões do Ser Família Emergencial, foram doados a famílias carentes do município 800 cestas básicas entre 2020 e 2021 pelo programa Vem Ser Mais Solidário e 911 cobertores, pelo Aconchego.

Segurança

Ponte Branca é um dos 50 municípios a serem beneficiados com a implantação de radiocomunicação digital, pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (SESP). Esta é a terceira etapa do Projeto, que prevê todo o Estado utilizando a ferramenta até o próximo ano. 

Saúde e repasses

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) repassou ao município 125 testes rápidos para detecção do coronavírus e medicamentos para combatê-lo, num total de 5.768 comprimidos, entre azitromicina (709), ivermectina (567) e dipirona (4.492), também distribuído em gotas, com 110 frascos.              

Entre 2020 e 2021, o Governo do Estado repassou R$ 6,5 milhões aos cofres municipais em ICMS, IPVA e Fethab; R$ 1,22 milhão em assistência social, transporte escolar e emendas parlamentares entre 2019 e 2020; e R$ 263,29 mil em fundos de saúde entre 2019, 2020 e 2021.

Economia

A administração pública é a principal responsável pela composição do Produto Interno Bruto (PIB) Municipal. Com R$ 13,2 milhões registrados em 2018, de acordo com o IBGE, respondeu por mais da metade da massa total de R$ 25,019 milhões. Serviços (R$ 6,3 milhões), agropecuária (R$ 3,2 milhões), impostos (R$ 1,556 milhão) e indústria (R$ 712 mil) fecharam a soma. O PIB per capita é de R$ 15.617,78.

No ano seguinte (2019), os dados do IBGE apontam que 35 empresas pagaram R$ 4,6 milhões entre salários e outras remunerações a 203 pessoas ocupadas (12,9% da população), das quais 175 assalariadas.  Média de dois salários mínimos mensais.

Também em 2019, a pecuária de Ponte Branca contava com um rebanho bovino com 26,2 mil cabeças, entre as quais 1,387 mil vacas ordenhadas com 2,53 milhões de litros de leite; rebanho galináceo com 6,55 mil cabeças, entre as quais 5,46 mil galinhas com 33 mil dúzias de ovos, além 2.017 suínos (384 matrizes), 633 equinos e 510 ovinos.

Na agricultura, produziu, no mesmo ano, 800 toneladas de cana-de-açúcar, 200 de mandioca  e 353 de soja (353). Contava ainda com 122 hectares com plantação de eucalipto e extraiu 2,9 mil m3 de lenha.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mato Grosso

Combate ao tráfico resulta em 5,5 toneladas de drogas incineradas e 73 prisões em operações na região metropolitana

Publicado


As ações de combate ao tráfico deflagradas com base em denúncias feitas pela população e a destruição de drogas apreendidas marcaram o primeiro semestre de atuação da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE). Nos seis primeiros meses do ano, a unidade especializada contabilizou 73 presos em operações policiais e mais de 5,5 toneladas de drogas incineradas.

A repressão ao comércio de drogas e outras substâncias ilícitas resultou em 748 inquéritos policiais instaurados, 758 concluídos, 259 Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCOs) lavrados e 150 representações encaminhadas ao Poder Judiciário. 

Outro ponto de atenção especial no primeiro semestre foram as incinerações de drogas, com 5,5 toneladas de entorpecentes destruídas, entre maconha, pasta base, cocaína, drogas sintéticas e anabolizantes, apreendidos em ações das forças de segurança do Estado. 

A delegada titular da DRE, Juliana Chiquito Palhares, que assumiu a especializada no mês de março deste ano, disse que grande parte das prisões realizadas no primeiro semestre está relacionada ao atendimento de demandas recebidas da sociedade, que através das denúncias fornece informações sobre o tráfico e pontos de venda de drogas nos bairros.

Do tráfico formiguinha ao interestadual 

Em relação aos inquéritos instaurados e concluídos, os números foram expressivos e demonstram o trabalho constante das instituições de segurança no combate ao tráfico, com prisões e apreensões de drogas, armas e dinheiro e investigações qualificadas que atingem a capacidade financeira de organizações criminosas, por meio de bens apreendidos e valores bloqueados.

“O combate ao tráfico de drogas deve ser entendido e planejado desde a pequena boca de fumo do bairro que incomoda a comunidade até as grandes organizações criminosas que lucram com essa atividade ilícita e fomentam outros crimes, como os homicídios, a violência doméstica, furtos, roubos”, disse a delegada. 

Juliana explica que a DRE também vem trabalhando em investigações qualificadas de combate ao tráfico, com foco na identificação e desarticulação de grupos criminosos envolvidos com a distribuição de entorpecentes em grandes quantidades e que atendem várias cidades de Mato Grosso e fora do estado.  

“Essas investigações demoram um tempo maior de maturação para estarem prontas para deflagrar operações e trazer resultados efetivos. É importante frisar que a DRE continua com o mesmo foco das gestões anteriores, seguindo em 2021 com a mesma garra e atuação bastante determinada no combate ao tráfico que causa tanto mal às famílias e à sociedade”, enfatizou a delegada. 

Incinerações 

Outro ponto que ganhou destaque no primeiro semestre foi a quantidade de entorpecente incinerada. A primeira queima realizada pela DRE foi em março de 2020, ocasião em foram autorizadas pela 9º, 13º Varas de Cuiabá e 3ª Vara da Comarca de Várzea Grande, a destruição de duas toneladas de drogas. 

No mês de maio, foram mais três toneladas de drogas destruídas, superando o montante de cinco toneladas destruídas. A terceira incineração do semestre ocorreu em junho, na operação Narco Brasil, quando a DRE encaminhou para incineração mais uma tonelada de drogas. 

Juliana Palhares afirma que a destruição da grande quantidade de entorpecentes era uma necessidade da especializada, uma vez que o volume de drogas apreendidas na unidade era muito grande e o processo para destruição é demorado, passando por várias etapas, dependendo de ordem judicial, perícia da Politec, e da disponibilidade da empresa para a queima da droga.

“Além da readaptação da mudança de gestão, o trabalho da DRE foi focado nas incinerações que precisavam ser realizadas, em razão do excelente trabalho das forças de segurança em ações de combate ao tráfico de substâncias ilícitas, havendo um acumulo considerável de drogas apreendidas na unidade”, explicou.

“O volume de droga incinerada demonstra que a cada ano, as polícias vêm apreendendo mais entorpecentes, representando também um grande prejuízo para o tráfico de drogas, atividade cruel que tira vidas, dissemina famílias e que apenas os grandes traficantes saem lucrando com a venda do entorpecente”, completou.

Operações interestaduais

O apoio em operações policiais deflagradas por Polícias Civis de outros estados também marcou os trabalhos realizados pela DRE no primeiro semestre de 2021. A especializada deu apoio a três operações fora de Mato Grosso, sendo duas da Polícia Civil de Pernambuco e uma da Polícia Civil de Goiás, além da participação na Operação Nacional Narco Brasil. 

Na operação “Calcanhar de Aquiles” deflagrada pela Polícia Civil de Pernambuco, em abril, a DRE cumpriu 11 ordens judiciais, entre prisão e busca e apreensão. A operação foi desencadeada depois da investigação iniciada em julho de 2020, para desarticular uma organização criminosa voltada ao tráfico de drogas, lavagem de dinheiro e falsidade ideológica.

A DRE também atuou no cumprimento oito mandados judiciais em apoio à operação Déja Vu, da Polícia Civil de Goiás, para desarticular uma organização criminosa envolvida com o tráfico interestadual. A investigação da Delegacia Estadual de Repressão a Narcóticos (Denarc) do estado vizinho iniciou em janeiro de 2020 e revelou um sofisticado esquema de transporte e distribuição de cocaína pura, pasta base de cocaína e skunk. 

Em junho, a especializada de repressão a entorpecentes também participou da operação do Ministério da Justiça e Segurança Pública em todo país, quando as forças de segurança retiraram mais de duas toneladas (2.371 kg) de drogas de circulação durante o mês de junho. No período, foram feitas 95 diligências, 1.654 blitzes e barreiras, 32.538 abordagens a pessoas e 15.444 veículos fiscalizados. A Operação Narco em Mato Grosso resultou ainda em 269 Autos de Prisão em Flagrante (APFs) lavrados, e apreensões de 134 armas, 380 munições, R$ 52.554,00 e 64 veículos.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana