conecte-se conosco


Política MT

Programa “Mais MT” terá investimentos de R$ 6 bilhões em recursos próprios do Estado

Publicado

Programa terá investimentos em todas as áreas e para todas as regiões de Mato Grosso, sendo considerado o maior da história do Estado [Foto – Jana Pessôa]

O Governo de Mato Grosso vai investir R$ 6 bilhões em recursos próprios no programa Mais MT. O valor representa 63% dos R$ 9,5 bilhões previstos para as obras e ações que beneficiarão diretamente o cidadão mato-grossense em todas as regiões do Estado e em todas as áreas.

“Nunca aconteceu na história de Mato Grosso ter tanto investimento com recursos próprios, da fonte 100, pela economia do Governo. É um programa audacioso. Temos um grande desafio pela frente, mas tenho certeza que o programa Mais MT vai trazer grandes resultados para Mato Grosso e para a vida dos mato-grossenses”, afirmou o governador Mauro Mendes, destacando que o programa é fruto de planejamento e trabalho.

Pelo programa, no período de quatro anos, entre 2019 e 2022, também estão previstos R$ 2,8 bilhões em operações de crédito e mais R$ 711,1 milhões, entre convênios com o Governo Federal e emendas parlamentares.

“Esses valores são previsões tímidas, mas dentro da realidade do Estado, porque nunca lançamos qualquer obra sem a certeza do recurso para finalizar. Os recursos são fruto de mapeamento já feito para sabermos de onde vamos tirar para aplicar nas ações e obras pelos próximos anos”, pontuou Mauro Mendes.

O Mais MT tem recursos para escolas, hospitais, asfalto novo, pontes, aquisição de armamentos e equipamentos, qualificação profissional, assistência social, geração de empregos, melhoria da Educação Pública, e está dividido em 12 grandes eixos estruturantes: Segurança; Saúde; Educação; Social e Habitação; Desenvolvimento Econômico, Emprego e Renda; Infraestrutura; Turismo; Cultura, Esporte e Lazer; Simplifica MT; Eficiência Pública; Meio Ambiente; Agricultura Familiar e Regularização Fundiária.

Confira de onde são os valores que serão aplicados:

2019 – R$ 788,3 milhões já realizados, sendo R$ 497,6 milhões em recursos próprios; R$ 224 milhões em operações de crédito; e R$ 66,7 milhões em convênios e emendas.

2020 – R$ 1,1 bilhão ainda em fechamento, sendo R$ 877,4 milhões em recursos próprios; R$ 128,7 milhões em operações de crédito; e R$ 106 milhões em convênios e emendas.

2021 – previsão de R$ 3,1 bilhões, sendo R$ 1,7 bilhão em recursos próprios; R$ 992,9 milhões em operações de crédito; e R$ 334,5 milhões em convênios e emendas.

2022 – previsão de R$ 4,5 bilhões, sendo R$ 2,8 bilhões em recursos próprios; R$ 1,4 bilhão em operações de crédito; e R$ 203,9 milhões em convênios e emendas.

 

publicidade
1 comentário

1 comentário

  1. Marcos Barriga disse:

    Isso tem cara daqueles programas com fins eleitorais, que tem o maior estardalhaço no lançamento e depois nenhum acompanhamento e avaliação.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política MT

Estado explica escolha pelo BRT em audiência pública nesta sexta-feira

Publicado

A audiência será realizada por meio virtual, transmitida pelo canal de YouTube do Governo de Mato Grosso

O Governo de Mato Grosso realiza nesta sexta-feira (7), às 10 horas, uma audiência pública para apresentar os fundamentos técnicos da tomada de decisão pela implantação do sistema do Ônibus de Trânsito Rápido (BRT), movido à eletricidade, para o transporte coletivo da Região Metropolitana de Cuiabá.

A audiência será realizada por meio virtual, transmitida pelo canal de YouTube do Governo de Mato Grosso, e será conduzida pela equipe técnica da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), com a participação da Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz), da Procuradoria Geral do Estado (PGE) e da Controladoria Geral do Estado (CGE).

A apresentação dos dados técnicos dos estudos será feita pelo engenheiro de transportes da Sinfra, Rafael Detoni. Também irão compor a mesa o secretário de Infraestrutura e Logística Marcelo de Oliveira, o secretário de Fazenda Rogério Gallo, o procurador-geral do Estado Francisco Lopes, controlador-geral Emerson Hideki, além do procurador do Estado Wilmer Cysne Prado.

Como participar

Todos os interessados poderão acompanhar a audiência pelo Youtube do Governo de Mato Grosso. Manifestações escritas, por sua vez, deverão ser feitas pelo e-mail [email protected]. Aqueles que desejarem fazer perguntas e manifestação de forma oral, deverão seguir o passo-a-passo abaixo:

Os interessados deverão fazer sua inscrição através do link disponibilizado na descrição do vídeo da transmissão ao vivo. Esse link redirecionará o participante para um formulário do Google Forms, que deverá ser preenchido. As inscrições estarão abertas somente até o final da apresentação dos dados técnicos.

Assim que finalizada a apresentação, será encaminhado um link no e-mail indicado pelo participante, sendo que o interessado deverá clicar nesse link para ser redirecionado para uma sala de reunião virtual.  Nessa sala, o participante fará sua manifestação acerca da audiência pública. Cada participante terá até dois minutos para fazer sua manifestação de forma oral.

Serão formados blocos de três questionamentos, por ordem de inscrição, para que sejam respondidos pela equipe técnica responsável pela audiência pública. Tão logo o participante tenha seu questionamento esclarecido, ele será retirado da sala virtual, oportunizando o espaço para que outros interessados possam se manifestar.

É importante ressaltar que as perguntas e manifestações ocorrerão impreterivelmente após a apresentação técnica dos estudos do BRT. Já as manifestações por e-mail poderão ser feitas até as 23h59 desta sexta-feira, cujas respostas serão encaminhadas também por e-mail na próxima semana.

Continue lendo

Política MT

“Essa gestão do Estado está com quase R$ 10 bilhões em investimentos”, destaca deputado

Publicado

Juarez Costa estacou a atuação do governador Mauro Mendes em consertar o Estado e investir em obras estruturantes [Foto – Mayke Toscano]

O deputado federal Juarez Costa destacou o esforço da atual gestão do Governo de Mato Grosso em conseguir consertar o Estado e, em pouco mais de dois anos, ter condições de fazer centenas de obras em todas as regiões. O parlamentar participou de uma série de ações realizadas pelo governador em Sinop (500 km de Cuiabá), nesta quarta-feira (6).

“Esse Governo, há pouco mais de dois anos, pegou um Estado com R$ 4 bilhões de dívidas e hoje está com R$ 10 bilhões para investir em asfalto, em hospital. Está tocando um hospital em Cuiabá, cuja obra estava parada há 34 anos. Está reformando e ampliando o Hospital Regional de Sinop, o de Sorriso, de Alta Floresta, Colíder, de Peixoto de Azevedo em parceria com o consórcio de lá”, afirmou Juarez, em entrevista ao programa Balanço Geral.

Durante a agenda no município, Mauro Mendes entregou mais de 1.600 cartões do Ser Família Emergencial, inaugurou a Escola Professor Djalma Guilherme da Silva e o novo Complexo de Delegacias da Polícia Civil no município.

Em Sinop, além das ações já citadas, o Governo de Mato Grosso também tem diversas entregas prontas e outras em andamento, a exemplo da entrega de 1.800 cestas básicas e 220 cobertores; a abertura de 29 leitos de UTI e 29 de enfermaria para covid no Hospital Regional; a entrega de  sete resfriadores de leite, 130 doses de sêmen e 15 mil mudas de café para pequenos agricultores; a construção da ponte de concreto sobre o Rio Verde, na MT-222, e o encabeçamento da ponte sobre o rio Teles Pires, na MT-222, além de fazer a manutenção de várias rodovias da região.

“Esse é um governo que a gente acredita, que a gente defende com unhas e dentes, porque a gente sabe que dá retorno aos 141 municípios de Mato Grosso. Aqui em Sinop temos muitas obras do Governo”, completou o deputado federal.

 

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana