conecte-se conosco


Geral

Programa entrega 15 mil cobertores a famílias carentes de Várzea Grande

Publicado

Uma verdadeira operação foi montada para atender aos mais de 5 mil moradores que compareceram a prefeitura de Várzea Grande

Se o inverno é para muitas pessoas uma das estações mais aguardada do ano, para centenas de famílias carentes essa é uma época triste por não terem condições de comprar agasalhos, daí a solidariedade pode amenizar o frio nos dias de baixa temperatura. Em uma grande ação de mobilização, a prefeita Lucimar Sacre de Campos juntamente com o governador Mauro Mendes – e também com as presenças do senador Jayme Campos, do vice-prefeito José Hazama, do presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho, acompanhados pelo presidente da Câmara Municipal, Fábio Tardin diversos vereadores – fizeram a entrega de 15 mil cobertores a famílias carentes do município.

A ação faz parte do programa ‘Aconchego’, desenvolvido pelo Governo do Estado de Mato Grosso – tendo a frente à primeira-dama Virginia Mendes – em parceria com as prefeituras municipais. No total serão entregues 100 mil cobertores aos 141 municípios, que irão beneficiar famílias que se enquadram em situação de vulnerabilidade social.

“A campanha solidária é importante porque passa a contribuir com aqueles que necessitam de nossa ajuda. Um pouquinho de cada um faz diferença na vida dessas pessoas, por isso o Governo criou essa campanha, em parceria com as prefeituras, no sentido de ofertar as famílias, além do calor humano, uma forma de aquecer o corpo nestes dias mais frios. A prefeita Lucimar Campos tem sido uma grande parceira, por isso mesmo fizemos questão de participar desta mobilização social”, ressaltou o governador Mauro Mendes.  

A prefeita Lucimar Campos lembrou que a entrega do cobertor já vinha sendo feita no município, desde o dia 17 de junho, ocasião em que a primeira-dama do Estado, Virginia Mendes, deu inicio à campanha em Várzea Grande com a entrega de cobertores aos moradores dos bairros Carrapicho (na região do grande Cristo Rei), no Jardim Alá e também às famílias que residem no Aterro Sanitário, e em várias entidades que cuidam deste segmento social.

Nesta etapa, como reforça a prefeita, será realizada a entrega de um número maior de cobertores, para isso foi montada uma grande estrutura e com a participação de todas as pastas da administração municipal. “A entrega de cobertores pode até parecer um ato simples, mas temos a consciência de que estamos proporcionando o bem àqueles que necessitam de ajuda e atenção. A nossa intenção é trabalhar no sentido de que a ação social seja geradora de direitos de cidadania. Essa ação vem ao encontro de tudo àquilo que buscamos oportunizar aos nossos munícipes, principalmente, no resgate das famílias que se encontram em situação de risco social”, destacou Lucimar Campos.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho sinalizou que somente com políticas públicas de resultado que as administrações conseguiram atender aos apelos da população. “A união de esforços em prol de soluções que contemplem as cidades e sua gente é fundamental e importante, pois são com políticas como essas que se consegue reverter a credibilidade de gestões públicas como a prefeita Lucimar Campos, do governador Mauro Mendes e por que não dizer da primeira dama, Virginia Mendes”, disse o presidente da Assembleia Legislativa. 

A secretária de Assistência Social, Flávia Omar disse que para se alcançar um número maior de pessoas, em um único dia e em um mesmo local, e que resolveram montar no Paço Couto Magalhães uma estrutura que pudesse receber as famílias na retirada do cobertor e para que isso fosse possível todas as secretarias do poder público municipal se fizeram presente, num trabalho de equipe. “É muito importante a integração entre as secretarias, principalmente, na realização de ações sociais voltadas a um bem coletivo. Todas as famílias cadastradas nos Centros de Referências de Assistência Social estão sendo beneficiadas”, informou.  

Até então acostumado a promover audiências públicas para apresentar e debater as diretrizes e metas da administração pública, o secretário de Planejamento, Edson Roberto da Silva, destaca que participar de uma ação social deste porte é importante uma vez que permite acompanhar de forma mais próxima às demandas das comunidades. “Poder oferecer os serviços de uma forma mais humana é gratificante, ainda mais quando o evento é uma forma de minimizar o sofrimento daqueles que não tem recursos financeiros para driblar os dias de baixa temperatura”.

Para o secretário de Serviços Públicos e Mobilidade Urbana, Breno Gomes, esse também é um momento de satisfação pessoal, uma vez que a sua pasta trabalha na mobilidade urbana, sem participar de forma mais ativa nos eventos sociais realizados pela Prefeitura. “Nesta ação toda a equipe se preparou para se vestir de solidariedade dando a sua contribuição neste evento social. Quando a gente vê a diferença que faz um cobertor na vida dessas famílias, a gente fica motivado a continuar com esse trabalho”, pontuou.

BENEFICIADOS – Moradora do bairro São Mateus, a dona de casa Maria Inês Dorázio garantiu o seu cobertor, destacando a importância do programa ‘Aconchego’. “O inverno castiga muito quem não tem um bom agasalho, por isso essa ajuda é muito importante para aquecer o corpo nessas manhãs e noites geladas. O cobertor chega em boa hora”, comemorou.

Na casa de Luzinete Gouveia, residente no bairro 24 de Dezembro mora sete pessoas, destas três são crianças menores de idade. “Quando faz frio dormimos todos juntos porque assim esquentamos uns aos outros. Com a doação dos cobertores estaremos mais aquecidos, e vamos conseguir dormir um pouco melhor, até porque os pequenos sofrem mais nestes dias frios. Só temos a agradecer a todos os envolvidos nesta ação social”.

O aposentado Guilherme Oliveira é morador do bairro Jardim Mangabeiras e percorreu cinco quilômetros de bicicleta só para pegar o seu cobertor.  Ele comentou que foi difícil enfrentar o frio dos últimos dias, ainda mais em uma cidade onde o calor prevalece quase que o ano todo. “A região onde moro é bastante fria e como a gente não tem dinheiro para comprar os cobertores para todo mundo, a ajuda da Prefeitura é importante. Iniciativas como essa são favoráveis para quem precisa”, destacou.

Jucelema Fernandes Gomes, moradora do Residencial Jequitibá também teve a sua família beneficiada com as doações dos cobertores. “Tenho cinco filhos e neste frio tivemos que dormir juntos porque não tínhamos cobertores para todos. Essa doação ajuda muito quem não tem condições de comprar cobertor, ainda mais as famílias que necessitam da ajuda do poder publico. A prefeita Lucimar sempre teve um carinho especial pelo mais carente e esta ação é uma demonstração de atenção e de carinho por todos nós”, completou.

 

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

MT tem 28 mortes em 24hs e atinge 1.105 óbitos por Covid; total de infectados é de 29.279 e ocupação em UTI é de 89%

Publicado


Há 247 internações em UTI e 350 em enfermaria; taxa de ocupação de enfermaria é de 51,4%

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta segunda-feira (13), 29.279 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso e um total de 1.105 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado, sendo 28 mortes nas últimas 24 horas.

Nas últimas 24 horas, surgiram 488 novas confirmações no Estado. Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 247 internações em UTI e 350 em enfermaria. Isto é, a taxa de ocupação está em 89,8% para UTIs e em 51,4% para enfermarias.

O documento ainda aponta que um total de 31.383 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 1.637 amostras em análise laboratorial.

Os pacientes são devidamente acompanhados pelas equipes de Vigilância Epidemiológica do Estado e dos municípios. Mais informações estão detalhadas na Nota Informativa divulgada diariamente pela SES disponível neste link, a partir das 17h.

Atualização do sistema

A Secretaria anunciou, na última sexta-feira (10), a migração entre sistemas que armazenam os dados relativos à Covid-19 em Mato Grosso. A transição de informações já foi concluída e, a partir desta segunda-feira (13), os números dos últimos quatro dias passam a ser inseridos à nova plataforma. Diante do processo de migração, os dados do sistema antigo ficaram defasados e o novo banco requer a inserção de informações muito recentes, ainda não inclusas.

Por essa razão, o Boletim Informativo de hoje não detalhará os casos por município, de forma a evitar qualquer inconsistência numérica; o documento apresentará o total de casos confirmados, óbitos e taxas de ocupação hospitalar. A partir de terça-feira (14), os municípios que sinalizarem a atualização total de casos junto ao novo sistema já serão mencionados em Boletim, com o detalhamento convencional.

Cenário nacional

Nesta segunda-feira (13), o Governo Federal confirmou 1.884.967 casos da Covid-19 no Brasil e 72.833 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 72.100 óbitos e 1.864.681 casos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Recomendações

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca do novo coronavírus. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

 

 

 

 

 

Continue lendo

Geral

Técnica de enfermagem morre de coronavírus em Várzea Grande

Publicado

A técnica de enfermagem foi uma das primeiras servidoras da instituição hospitalar inaugurada na década de 1980

G1-MT – A técnica de enfermagem aposentada Zilza de Moura morreu nesta segunda-feira (13) vítima de Covid-19 em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá. O Comitê de Enfrentamento ao Novo Coronavírus (COVID 19) e a Secretaria de Saúde e a Direção do Hospital Pronto Socorro Municipal confirmaram o falecimento da servidora.

A técnica de enfermagem foi uma das primeiras servidoras da instituição hospitalar inaugurada na década de 1980 pelo então prefeito, hoje senador da República, Jayme Veríssimo de Campos, e estava aposentada, mas sempre prestou relevantes serviços à instituição hospitalar, à cidade e à população de Várzea Grande.

 

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana