conecte-se conosco


Nacional

Professor é preso suspeito de cometer abusos sexuais contra crianças

Publicado


source
Abuso
FreePick/Divulgação

Vítimas tinham entre nove e 12 anos de idade.

Agentes da Polícia Civil prenderam um professor de geografia de 56 anos de idade que era suspeito de abusar sexualmente de crianças. Até o momento, foram identificadas nove vítimas com idades que variam de nove a 12 anos. A prisão aconteceu na última segunda-feira (19) na cidade de Jacinto, em Minas Gerais.

O professor trabalhava em uma escola estadual da cidade. Entretanto, segundo denúncias, os abusos teriam acontecido no quintal da casa do suspeito. Ele era vizinho de algumas das vítimas, que, em sua maioria, eram de famílias carentes.

Segundo o jornal Estado de Minas, o delegado do caso informou que o suspeito “comprava o silêncio” das vítimas com dinheiro e balas. Ele também as deixava brincando com seu celular.  O delegado afirmou, ainda, que não é possível precisar há quanto tempo os abusos aconteciam.

Como o inquérito continua em andamento, o número de vítimas do professor pode aumentar. Ao ser interrogado na delegacia, ele preferiu permanecer em silêncio, não respondendo perguntas relacionadas à denúncia.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nacional

Mulheres são presas por furtar R$ 2 mil em calcinhas em shopping

Publicado


source
Calcinha
Reprodução

Mulheres são presas por furtar R$ 2 mil em calcinhas em shopping

Duas mulheres foram presas pela Polícia Militar após furtar R$ 2 mil em calcinhas em uma loja de departamentos, dentro de um shopping, em Fortaleza, nesta última terça-feira (24).

Segundo a PM, as duas usavam um dispositivo feito de papel alumínio para burlar o sinal de segurança das roupas, e o alarme não disparar quando saíssem da loja.

Os policiais apreenderam dezenas de peças íntimas que estavam dentro de uma sacola e o objeto usado para ajudar nos furtos.

Após o flagrante, elas foram levadas para a delegacia, onde foram autuadas pelo crime.

Continue lendo

Nacional

Padre é condenado por guardar e compartilhar imagens de pornografia infantil

Publicado


source
Padre
Reprodução

Padre foi condenado a oito anos de prisão, mas ainda cabe recurso

Nesta quarta-feira (25), a 6ª Vara Criminal de Porto Alegre condenou o padre Evair Heerdt Michels, da  congregação Josefinos de Murialdo, a oito anos, seis meses e 16 dias de prisão por armazenar e compartilhar conteúdo de pornografia infantil. Ainda cabe recurso da sentença por parte da defesa.

Segundo informações do jornal Zero Hora, as suspeita envolvendo Michels se intensificaram em 2018, quando uma reportagem do Grupo de Investigação da RBS (GDI) flagrou o padre abençoando um grupo de crianças durante a missa, desrespeitando restrição imposta pela Justiça Federal de que deveria se manter distante de qualquer tipo de atividade onde houvesse crianças ou adolescentes.

Ainda em 2017, ele se tornou suspeito dos crimes quando a Polícia Federal, após denúncia de uma ONG dos EUA, encontrou milhares de arquivos de fotos e vídeos pornográficos com crianças e adolescentes em um computador na casa paroquial em que o padre morava. Logo após a apreensão do material, Michels foi transferido para a cidade de Caxias do Sul, exatamente onde o flagra ocorreu. Desde então, ele era monitorado por meio de uma tornozeleira eletrônica.

Ainda de acordo com a publicação, a congregação proibiu Evair de rezar missas públicas e o impediu de morar em comunidades religiosas. Além disso, informou em nota na terça-feira (23) que assim que receber todas as informações do caso as enviará “ao Conselho Geral de Roma (autoridade maior da Congregação Religiosa), que as entregará ao Vaticano para as devidas providências”. Já o advogado de defesa disse que segue “acreditando na inocência do meu cliente”, garantiu que irá recorrer da sentença e afirmou não existir “prova cabal de que nas fotos aparecem menores de idade”.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana