conecte-se conosco


Entretenimento

Produtores de “Black Mirror” exaltam série de zumbi brasileira da Netfllix

Publicado

O criador e a produtora de “Black Mirror” acompanharam parte das filmagens de “Reality Z”, série de zumbi brasileira da Netflix , e gostaram do que viram. A novidade foi anunciada na noite desta quarta-feira no Rio2C, durante bate-papo com Charlie Brooker e Annabel Jones.

Leia também: Netflix anuncia “Battle Kitty”, série interativa para o público infantil


Reality Z
Reprodução/Youtube

Os produtores de “Black Mirror” gostaram de “Reality Z”


Produzida por Cláudio Torres e Renata Brandão, “ Reality Z ” é uma adaptação da série “Dead Set” (2008), feita pela mesma dupla responsável pelo hit Black Mirror . A trama acompanha participantes de um reality show que ficam presos na casa após um apocalipse zumbi tomar conta do mundo exterior. Na versão tupiniquim, o reality será apresentado por Sabrina Sato.

Leia também: “Black Mirror: Bandersnatch” emula dinâmica gamer, mas frustra como narrativa

“Tive a oportunidade de acompanhar ontem as gravações da cena do ataque zumbi, que acontece no Rio. E posso garantir: está brutal”, disse Annabel. Brooker acrescentou que a atração, prevista para 2020, captura o espírito da original, mas injeta uma pegada brasileira.

Leia Também:  Tatá Werneck surge com barrigão e dispara: “Tô parecendo um poodle”

Os dois artistas também falaram sobre o processo criativo por trás de “Black Mirror”, cuja nova temporada está prevista para este ano. O programa se tornou um fenômeno mundial por apresentar tramas sombrias sobre o relacionamento distópico entre seres humanos e tecnologia.

“Mesmo assim, a única coisa realmente frustrante de ouvir é que a série é contra tecnologia”, enfatizou Brooker, que já venceu quatro Emmys ao longo das quatro temporadas disponíveis na plataforma de streaming.

“Usamos tecnologia da mesma maneira que séries de assombração usam fantasmas, e ninguém diz que elas são contra os mortos. Você fica preso na premissa dos episódios justamente porque acha as tecnologias retratadas interessantes e até sedutoras em algum nível. É uma ferramenta que certamente pode ser mal usada, mas é poderosa”, completou.

Leia também: Netflix vai deixar público escolher final de suas produções em futuro próximo

O showrunner também rebateu a ideia de que “ Black Mirror ” é uma obra deprimente:  “A gente regula o quão distópicos queremos ser. Com frequência inserimos doses de humor negro. Afinal, se você quiser ver algo deprimente basta olhar pra janela”.

Leia Também:  Candidata do Miss Bumbum é filha de pastora evangélica: “sem tabus”

Fonte: IG Gente
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Entretenimento

De “Laços de Família” à “Oops!… I Did It Again”: o que era sucesso em 2000?

Publicado

source

Muita coisa mudou nos últimos 20 anos e as redes sociais ganharam tanto espaço que é impossível pensar em como era viver sem Instagram, WhatsApp, Twitter e Facebook, mas, sim, existia vida antes disso. E, você há de concordar que se divertia, e muito, com o entretenimento e os sucessos da cultura pop que dominaram o ano 2000. Não é mesmo? 

Portal IG arrow-options
Portal IG

Portal iG


Não foi só a cultura pop que se expandia e ganhava público no ano 2000 . Há 20 anos,  o Portal iG  foi criado trazendo ainda mais informação para as pessoas e se tornando um dos portais de notícias mais acessados do Brasil (fala sério, bateu saudade do provedor do iG  , né?).

Além disso, você com certeza assistia “Laços de Família” no sofá de casa e chorava com o drama vivido por Camila (Carolina Dieckmann), que vivia em pé de guerra com Íris (Deborah Secco) e que depois descobriu ter leucemia. A tal cena clássica do corte de cabelo que, com toda a certeza, fez o Brasil chorar, marcou toda uma geração e é lembrada até hoje.


Está pensado que os telespectadores só acompanhavam o drama de Helena (Vera Fischer) e companhia? Pensou errado! Na faixa das 18h, o público acompanhava a relação de gato e rato de Catarina (Adriana Esteves) e Julião Petruchio (Du Moscovis) em “O Cravo e a Rosa”, trama inspirada em “A Megera Indomada”, clássico de Shakespeare.


Na faixa das 19h, “Uga Uga” arrancava risadas (e suspiros) dos telespectadores, trazendo os galãs “descamisados” em cena. Mateus Rocha, Marcos Pasquim, Cláudio Heinrich, Humberto Martins e Marcelo Novaes faziam parte do quinteto famoso na época, por só aparecem seminus nas telinhas. 


Pouco tempo depois da internet chegar com força ao Brasil, o que também bombava nos walkmans  eram músicas de vários estilos. Britney Spears, Christina Aguilera, Os Travessos, KLB… vai dizer que você não lembra de pelo menos um hit deles? Saudade, né? Pensando nisso, o Portal iG  preparou uma playlist com os vinte maiores sucessos que bombaram em 2000. Ouve aí!

Leia Também:  Com termômetros baixos, Juliana Paes posa de vestido em cima de prédio


Além disso, naquela época a MTV ainda exibia uma programação totalmente focada na música, com entrevistas, reportagens, matérias e até programas específicos para as músicas mais tocadas nas paradas daquele ano, o que foi de extrema importância para a cultura pop . No Brasil, o canal americano também dedicava parte de sua programação aos programas de humor e talk-shows, como “Hermes e Renato” e “Gordo a Go-Go”.

Por último, mas não menos importante, nós também destacamos outros elementos do ano 2000 que foram importantíssimos e que, com certeza, vai te fazer lembrar daquela época. Naquele ano, você (ou pelo menos alguém que você conhece) jogava “The Sims” por horas a fio, Luciano Huck estreava nas tardes da Globo com o “Caldeirão do Huck”, no ar até hoje, e “Todo Mundo em Pânico” estreava nos cinemas. E aí, feeling old yet?

Fonte: IG Gente
Continue lendo

Entretenimento

Clotilde volta a se preocupar com sua gravidez em “Éramos Seis”

Publicado

source

A situação de Clotilde (Simone Spoladore) em “Éramos Seis” está cada vez mais complicada. A irmã de Lola (Gloria Pires) entrou em pânico com a notícia de sua gravidez nas últimas semanas.

Leia também: Lola questiona Isabel sobre namoro com Felício em “Éramos Seis”

Clotilde (Simone Spoladore) arrow-options
Reprodução/TV Globo

Clotilde (Simone Spoladore)


Esperando um filho de Almeida (Ricardo Pereira) em ” Éramos Seis “, a moça conversará com Durvalina (Virginia Rosa) sobre quais decições tomar em relação ao filho que espera.

Leia também: Em “Éramos Seis”, Clotilde descobre que está esperando um filho de Almeida

Durvalina aconselhará a amiga a contar a verdade para Lola e, claro, para Almeida , mas Clotilde ficará aflita com a possibilidade de alguém saber de seu segredo em ” Éramos Seis “.

Fonte: IG Gente
Leia Também:  Tatá Werneck surge com barrigão e dispara: “Tô parecendo um poodle”
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana