conecte-se conosco


Polícia Federal

Procurados internacionais são deportados dos EUA e presos em Confins/MG

Publicado

Belo Horizonte/MG. A Polícia Federal, por meio da Representação Regional da Interpol em Minas Gerais, prendeu nesta sexta-feira, 22/7, dois irmãos brasileiros condenados por oubo e latrocínio. Eles eram procurados internacionalmente.

Os presos, foragidos da justiça mineira, foram detidos em solo norte-americano pela ICE, U.S. Immigration and Customs Enforcement, a autoridade de Imigração dos EUA, em cumprimento aos mandados de busca internacional da Interpol e por estarem em desacordo com as normas migratórias daquele país.

As Difusões Vermelhas foram publicadas em agosto de 2020 pela Representação Regional da Interpol em Minas Gerais, a pedido do Juízo da Vara Criminal da Comarca de Mantena/MG, com base em mandado de prisão expedido pelo mesmo juízo em decorrência da condenação a pena de reclusão de 36 anos a um e de mais de 6 anos ao outro pelos crimes por eles praticados.

A dupla cometeu vários roubos utilizando uma motocicleta e arma de fogo. Em uma das ações dos irmãos, eles mataram um adolescente para roubar um aparelho celular.

Os foragidos, atualmente com 32 e 28 anos, deixaram o Brasil em julho de 2017 para rumo aos Estados Unidos. Após investigação realizada pela RR/Interpol/MG e contatos feitos com a ICE, foi possível localizar e prender os foragidos.

Houve também a prisão de outro brasileiro de 32 anos, vindo no mesmo voo com deportados, em cumprimento a um Mandado de Prisão expedido pela 2ª Vara Criminal da Comarca de Mantena/MG, por crime de roubo.

Ao chegarem em território brasileiro, os três foram presos e, após submetidos ao exame de corpo de delito, conduzidos para Penitenciária Nelson Hungria, onde ficarão à disposição da Justiça.

Comunicação Social

Superintendência Regional em Minas Gerais

www.pf.gov.br [email protected]

31-3330-5127

Fonte: Polícia Federal

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Polícia Federal

PF investiga possível estelionato contra o INSS

Publicado

Presidente Prudente/SP. A Polícia Federal cumpriu, na última sexta-feira, 5/8, mandado de busca e apreensão, com o objetivo de angariar mais provas contra estelionatário que, de posse de senhas de acesso ao portal “MEU INSS”, em nome de terceiras pessoas, obtidas junto a servidora do INSS ainda não identificada, praticava fraudes diversas.

A busca visou, ainda, a identificação de outros eventuais crimes e participantes da empreitada criminosa. A investigação teve início em 2021, quando a PF, no decorrer de outra investigação policial, em Presidente Prudente/SP, descobriu fatos que indicavam a prática de corrupção por parte de servidora do INSS, que, em tese, teria recebido vantagem indevida para cadastrar e fornecer senhas de acesso ao portal “MEU INSS.

Como resultado da busca, foram apreendidos 5 celulares, 13 RG’s aparentemente falsificados, 12 espelhos de RG’s, 11 espelhos CNH’s, 24 cartões bancários em nome de terceiros, bem como outros materiais que podem contribuir para a elucidação dos crimes investigados.

Comunicação Social da Polícia Federal em Presidente Prudente

Fonte: Polícia Federal

Continue lendo

Polícia Federal

PF apreende mais de 20 kg de cocaína no Aeroporto Internacional de São Paulo

Publicado

Guarulhos/SP – A Polícia Federal, prendeu, entre os dias 5 e 6/8, no Aeroporto Internacional de São Paulo, seis pessoas tentando embarcar com cocaína em voos internacionais.

Policiais federais, que atuam com o auxílio de cães farejadores, abordaram um passageiro que embarcaria para Doha, no Catar, e, ao inspecionar sua bagagem, encontraram 3 kg de cocaína nas estruturas de uma mala. O passageiro, nacional da Bósnia, foi preso em flagrante.

Em outra ação, a mesma equipe de policiais, encontrou 8 kg de cocaína em fundos falsos das quatro malas pertencentes a um casal de brasileiros que pretendia embarcar para Goa, na Índia.

Também em fundos falsos encontrado em malas, mais de 8 kg de cocaína foram apreendidos na posse de uma brasileira e de um homem, nacional da Bolívia. A mulher, que transportava mais de 2 kg da droga, tinha como destino final Istambul, na Turquia, e o outro passageiro, em cuja mala foi apreendido quase 6 kg do entorpecente, tinha como destino Dubai, nos Emirados Árabes.

Com um homem, que embarcaria para Serra Leoa, os policiais federais apreenderam 4 kg de cocaína dentro de 156 pacotes de suco em pó. O suspeito, que foi preso pelos policiais tentando se evadir do aeroporto, possui cidadania nipo-brasileira.

Os suspeitos serão apresentados à Justiça Federal, onde poderão responder pelo crime de tráfico internacional de drogas.

Comunicação Social no Aeroporto Internacional de São Paulo/Guarulhos

Contato: (11) 2445-2212

Fonte: Polícia Federal

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana