conecte-se conosco


Tecnologia

Procon-SP alerta para sites falsos na Black Friday; veja como evitar

Publicado


source
Procon-SP alerta para sites falsos que usam Black Friday para aplicar golpes
Pedro Knoth

Procon-SP alerta para sites falsos que usam Black Friday para aplicar golpes

Em dia de Black Friday , aproveitar as melhores promoções é lei para todos os consumidores. No entanto, propostas tentadoras, como celular de R$ 2 mil por R$ 800 ou televisor de R$ 4 mil por R$ 1,5 mil, podem gerar dor de cabeça para o usuário.

O Procon-SP lançou nesta semana uma lista de sites suspeitos ou investigados por aplicarem golpes no cliente. Segundo o órgão, os estelionatários aproveitam a data para oferecer descontos imperdíveis e, após o pagamento, não entrega o produto prometido.

“É preciso ter essa cautela e comprar de preferência por plataformas que já são conhecidas”, recomenda o diretor-executivo do Procon-SP, Fernando Capez.

Capez orienta que o consumidor pesquise sobre as lojas, como verificando o endereço e CNPJ da empresa. Caso o local informado não seja de confiança, o consumidor deve ficar atento.

“Verificar o CNPJ da empresa ou endereço é fundamental para a confiabilidade da loja. Se o consumidor suspeitar o endereço, por exemplo, não realize a compra. No caso do CNPJ, se não estiver no site da Receita Federal, o melhor a se fazer é evitar fechar negócio”, completa.

Leia Também

Leia Também

Para verificar o CNPJ de uma empresa, basta entra r no site da Receita Federal e fornecer os dados solicitados. Além do endereço verdadeiro, é possível verificar o quadro de sócios.

Outra dica do Procon-SP é pesquisar sobre a reputação das empresas em sites especializados e redes sociais.

“Pesquisar a reputação das empresas em sites de reclamações pode ajudar o consumidor a definir o melhor lugar para comprar nesta Black Fraday. Use as redes sociais para pesquisar a confiabilidade da empresa também. Comentários, publicações de outros clientes podem facilitar e diminuir prejuízos futuros ao consumidor”, lembra Fernando Capez.

É possível conferir os sites suspeitos no site do Procon-SP. Em caso de fraude, o consumidor deverá fazer um boletim de ocorrência na Polícia Civil e avisar o órgão sobre o prejuízo.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tecnologia

Elon Musk quer ajudar Tonga com internet da Starlink após tsunami

Publicado


source
Elon Musk quer ajudar Tonga com internet da Starlink após tsunami
Pedro Knoth

Elon Musk quer ajudar Tonga com internet da Starlink após tsunami

O bilionário Elon Musk, fundador e CEO da Tesla e da SpaceX, quer ajudar a minimizar o impacto causado pela erupção de um vulcão, seguido de um tsunami, no arquipélago de Tonga, localizado próximo à Nova Zelândia, no sul do Pacífico. O desastre natural danificou o único cabo submarino que leva rede ao conjunto de ilhas, e Musk se propôs a ajudar enviando terminais da Starlink, subsidiária de internet via satélite.

“As pessoas de Tonga poderiam nos avisar se é importante que a SpaceX envie terminais da Starlink até eles?”, Musk perguntou no Twitter. A Tonga Cable Ltda., empresa que é dona do cabo submarino que transmite sinal de rede ao país, disse à Reuters que vai demorar pelo menos um mês para consertá-lo.

Antes de Elon Musk se oferecer para ajudar Tonga, o líder parlamentar da oposição na Nova Zelândia, Shane Reti, escreveu uma carta ao bilionário pedindo que a Starlink entrasse em ação para reestabelecer a internet no arquipélago. Reti escreveu o seguinte:

“Veio à minha atenção que a cataclísmica erupção vulcânica debaixo do mar quebrou o cabo submarino de telecomunicação que fornece rede para Tonga. Eu estou pedindo respeitosamente para que você entregue urgentemente algum sinal de internet da Starlink para os funcionários da administração pública, para o bem das pessoas em Tonga, neste momento de necessidade.”

Musk chegou a ver a carta de Reti. Contudo, o bilionário disse que a demanda do parlamentar era difícil de cumprir, já que a SpaceX “não tem satélites suficientes com transmissão a laser, enquanto há mais satélites geoestacionários que provém sinal à região de Tonga”. É por isso que Musk pediu a confirmação de algum porta-voz do governo do país. Com os terminais, ficaria mais fácil de captar o sinal da Starlink.

Leia Também

Caso seja possível levar os equipamentos, o sinal da Starlink facilitaria a busca por ajuda e recursos internacionais — algo que a pandemia dificultou ainda mais.

As ligações telefônicas internacionais já foram reativadas na região pela operadora Digicel, mas equipes de reportagem não têm tido sucesso em fazer chamadas ao exterior.

Desastre reforça fragilidade dos cabos submarinos

Os satélites da Starlink, de Elon Musk, foram projetados para entrar em ação justamente em regiões onde o sinal é inconstante, devido à falta de cobertura de operadoras de banda larga. O bilionário prometeu que a versão beta do serviço de internet via satélite terminaria em outubro, mas não houve um pronunciamento oficial a respeito, pelo menos por enquanto.

O desastre natural de Tonga reforça também a fragilidade do sistema de cabos submarinos implementado globalmente para fornecer internet.

O cabo que fornece sinal ao conjunto de ilhas foi instalado em 2018, em obra que custou US$ 34 milhões, financiada pelo Banco Mundial com o Banco de Desenvolvimento Asiático. Mas ele é a única estrutura do tipo em Tonga.

O presidente da Tonga Cable contou porque pode ser difícil consertar o cabo em até um mês:

“O cabo está, na verdade, ao redor da área do vulcão. Nós não sabemos… Se ele está sequer intacto, ou se foi explodido com a erupção. A estrutura pode estar presa debaixo d’água, mas não sabemos se está enterrada mais fundo ainda no mar.”

Elon Musk quer ajudar Tonga com internet da Starlink após tsunami

Continue lendo

Tecnologia

Samsung, Catho e mais oferecem cursos grátis em tecnologia

Publicado


source
Samsung, Catho e mais oferecem capacitação e cursos grátis em tecnologia
Bruno Gall De Blasi

Samsung, Catho e mais oferecem capacitação e cursos grátis em tecnologia

O começo do ano pode ser bom momento para traçar planos para a sua carreira e ampliar o seu conhecimento. Empresas como a Samsung e a Catho deram a largada em seus programas de capacitação em tecnologia, sendo um deles com vagas exclusivas para mulheres. Outras companhias também estão oferecendo cursos grátis na área. Confira cinco oportunidades selecionadas pelo  Tecnoblog  a seguir.

Samsung Ocean – capacitação em Python, jogos e mais

O Samsung Ocean já deu a largada na sua agenda de janeiro de 2022. Entre os dias 24 e 31, o programa de capacitação gratuito da marca sul-coreana vai sediar atividades sobre Python, jogos digitais, design thinking, entre outros temas, com direito a certificado de participação. Segundo a Samsung, para participar, é preciso ter 13 anos ou mais. A agenda e as demais informações estão disponíveis no site da iniciativa: oceanbrasil.com.

Catho – bolsas de programação para mulheres

A Catho fechou uma parceria com a Let’s Code para oferecer vinte e cinco bolsas gratuitas de programação para mulheres. As vagas são voltadas para quem deseja se tornar uma desenvolvedora Full Stack júnior e também podem resultar em uma vaga de emprego na Catho no final do curso. As inscrições para o processo seletivo estão abertas até 6 de fevereiro de 2022: letscode.com.br.

Leia Também

UFSCar – pós em Ciência, Tecnologia e Sociedade

Leia Também

A Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) prorrogou o prazo para se inscrever no processo seletivo do Programa de Pós-Graduação em Ciência, Tecnologia e Sociedade (PPGCTS) até 23 de janeiro. O programa oferece vagas para mestrado e doutorado previstas para começar no primeiro semestre de 2022. O programa compreende as seguintes linhas de pesquisa: Dimensões Sociais da Ciência e da Tecnologia; Gestão Tecnológica e Sociedade Sustentável; e Linguagens, Comunicação e Ciência. Confira o edital no site da universidade: ppgcts.ufscar.br.

Solfácil – capacitação grátis para desenvolvedores

A Solfácil, fintech de energia solar brasileira, também está com um programa gratuito para capacitar desenvolvedores. O bootcamp visa qualificar profissionais de TI na linguagem Elixir e potencialmente selecionar pessoas participantes para fazer parte do time de tecnologia da empresa. As inscrições estão abertas até 1º de fevereiro de 2022: bootcamp.solfacil.com.br.

FIAP – cursos grátis de programação, dados e afins

A FIAP deu a largada no programa Movimento Brasil Digital. A iniciativa oferece vinte cursos gratuitos com duração entre 40 e 160 horas. A lista engloba aulas sobre blockchain, design thinking, inteligência artificial, Python, gestão de infraestrutura de TI, Big Data e mais. Confira os detalhes no site da iniciativa: fiap.com.br.

Com informações:  Convergência Digital

Samsung, Catho e mais oferecem capacitação e cursos grátis em tecnologia

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana