conecte-se conosco


Mato Grosso

Procon-MT registra 3.300 reclamações; cobranças indevidas lideram em vários setores

Publicado

O Procon Estadual registrou no mês de agosto 3.300 reclamações de consumidores. No Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec) foram 2.133 registros e no atendimento online, por meio da plataforma www.consumidor.gov.br, 1.167 reclamações.

No Sindec, a área “Serviços Essenciais” segue na liderança do ranking com 1.097 registros. Dentro dessa área, o assunto mais reclamado ainda é “Energia Elétrica”, que fechou agosto com 481 registros. Em relação à energia, o problema mais frequente é “cobrança indevida/abusiva”, com 408 reclamações. 

Na sequência de assuntos, aparecem a área “Água/Esgoto”, com 312 registros, seguido de “Telefonia Celular”, com 190 reclamações. Nesses dois assuntos, a cobrança indevida também se mantém como problema mais frequente apresentado pelos consumidores, sendo “Água/esgoto”, com 263 e “Telefonia Celular”, com 119 reclamações de cobrança indevida.

O segundo lugar do ranking é ocupado pela área “Assuntos Financeiros”, que apresentou 489 reclamações, sendo: 141 registros para o assunto “Banco Comercial”, 119, para “Cartão de Crédito” e 104, para “Financeira”.

A área “Serviços Privados” ficou na terceira posição, com 293 registros. No assunto “Estabelecimento comercial” foram registradas 65 reclamações; “Escola (Pré, 1º, 2º Graus e Superior)” teve 39 e “TV Por Assinatura (Cabo, Satélite, Etc.)”, 34 registros.

Leia Também:  PM prende homem por ameaçar familiares com machado e facas

Na quarta posição está a área “Produtos”, com 200 registros. Para o assunto “Telefone (Convencional, Celular, Interfone)” foram 22 reclamações; 10 para “Material de Escritório/Escola”, e  “Internet ”, 9.

A área “Saúde” ocupa o quinto lugar do ranking com 33 reclamações. Em seguida aparece a área “Habitação”, com 13. A sétima e última posição do ranking é ocupada pela área “Alimentos”, com 8 registros.

Atendimento Online

Na plataforma www.consumidor.gov.br o Procon-MT registrou 1.268 reclamações, sendo que a área ”Telecomunicações” lidera com 497 reclamações. Em segundo lugar estão ”Serviços Financeiros”, com 362 reclamações; e em terceiro, “Transportes”, com 123.

Confira a lista

Posição

Área

Nº de reclamações

Telecomunicações

478

Serviços Financeiros

404

Produtos de Telefonia e Informática

84

Transportes

62

Demais produtos

53

Demais serviços

50

Produtos eletroeletronicos e eletrodomesticos

26

Saúde

4

Turismo/Viagens

9

Água, energia e Gás

9

 

*As áreas “Educação”, “Habitação” e “Alimentos” não apresentaram registros no mês de agosto.

Fonte: GOV MT
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Mato Grosso

Gefron efetua sete prisões em dois dias e recupera veículos

Publicado

O Grupo Especial de Segurança na Fronteira (Gefron) efetuou sete prisões em dois dias, por contrabando e descaminho, evasão de divisas, mandado de prisão em aberto, e roubo e furto de veículos. As abordagens foram realizadas entre quarta-feira (11.12) e quinta-feira (12.12), e resultaram também na recuperação de dois automóveis.

Uma delas ocorreu na quinta-feira (12.12), às 14h, durante patrulhamento na zona rural de Cáceres (215 km a Oeste de Cuiabá). Os policiais avistaram um veículo Toyota Hilux de cor preta, placas QCI 3602, na rodovia MT-388, e fizeram a abordagem ao suspeito que o conduzia, A.R.S.G., de 37 anos de idade.

Pela checagem do chassi, verificou-se queixa de roubo/furto em Cuiabá, na data de 11 de dezembro de 2019. O boletim de ocorrência foi registrado e entregue à Delegacia Especial de Fronteira (Defron), em Cáceres, para as devidas providências legais. Com a recuperação do veículo, o Gefron estima prejuízo de R$ 179.854,00 ao crime, valor que foi restituído ao cidadão.

Também na quinta-feira (12.12), às 15h20, o Gefron abordou a condutora de um veículo Chevrolet/Ônix, de placas QPJ 3172, em nome da Localiza Rent A Car S.A., no Posto do Limão. A suspeita, N.P.J., de 24 anos de idade, informou que iria buscar a avó em um sítio próximo à Comunidade Limão, a pedido do tio, mas não sabia o nome e o local exatos da propriedade. Ela levava ainda a passageira D.C.P.S., de 21 anos.

Questionada sobre o contrato de locação do veículo, a condutora apresentou cópia de um contrato tendo como cliente J.B. A checagem constatou um Boletim de Ocorrência (B.O.) registrado em Mogi das Cruzes (SP) de apropriação indébita. Após informa-la sobre o fato, ela confirmou que pegou o veículo de uma pessoa em Cáceres e receberia R$ 100,00 para levar o carro até a entrada de um assentamento.

Leia Também:  PM prende três homens por violência contra a mulher

Disse ainda que um rapaz de blusa branca iria pegar o carro, mas não soube informar o nome, e que posteriormente retornaria à Cáceres de ônibus, juntamente com a passageira. Diante dos fatos, as suspeitas foram encaminhadas para a Defron, em Cáceres, sem lesões corporais, para as providências que o caso requer. O prejuízo ao crime estimado foi de R$ 35.900,00 (restituído ao cidadão).

Outras naturezas

Outra prisão ocorreu em cumprimento de mandado em aberto contra F.A.S.C., de 30 anos de idade, na quarta-feira (11.12), durante serviço de fiscalização no Posto Limão, em Cáceres. Por volta das 10h, em operação conjunta entre Gefron, Batalhão de Ronda Ostensiva Tático Móvel (Rotam) e Forças Táticas dos 1° e 2° Comandos Regionais da Polícia Militar (PM-MT), policiais abordaram um veículo Fiat/Siena, placa NPF 7476, de cor cinza.

Após checagem foi constatado mandado de prisão em aberto, expedido em julho de 2018 pela comarca de Mirassol D’Oeste, contra o condutor, F.A.S.C. O suspeito foi conduzido até a Defron, em Cáceres.

Um pouco antes, às 9h50, também foram presas as suspeitas Z.M.E., de 36 anos de idade, e P.S.S., de 31 anos, por evasão de divisas, na BR-070, em Cáceres. Durante a Operação Vigia, policiais do Gefron, Rotam e Forças Táticas do 1º e 2º CR’s que realizavam o Estágio de Adaptação à Fronteira (EAFRON), no Posto do Limão (BR 070 KM 779), fizeram abordagem de um taxi boliviano de placas 2850 NSL tipo Toyota/IPISUN que trafegava sentido San Matias (Bolívia) – Cáceres.

Leia Também:  Primeiro Mutirão da Negociação online fecha com média de 173 pedidos por dia

Durante revista, foi encontrado em posse da passageira Z.M.E., de 36 anos de idade, o valor em dinheiro de R$ 19.990,00 e em posse da passageira P.S.S., de 31 anos, o valor de R$ 12.430,00, totalizando a quantia de R$ 32.410,00. Diante dos fatos, por não comprovarem a devida declaração de origem ao entrarem no Brasil, elas foram encaminhadas para a Inspetoria da Receita Federal em Cáceres, para as devidas providências.

Ainda na quarta-feira (11.12), às 6h30, a ação conjunta dos policiais do EAFRON resultou também na prisão de R.M.A.T., de 39 anos de idade. Ele foi abordado em um táxi boliviano, modelo Toyota Corolla de placas 872PSD, de cor branca ano 1986/86, com sete fardos grandes e um fardo pequeno de camisetas contrabandeadas da Bolívia. O suspeito declarou ser proprietário dos produtos apreendidos, e que seriam comercializados em território brasileiro. Diante dos fatos o suspeito, as mercadorias e o veículo foram conduzidos e entregues à Polícia Federal de Cáceres para providências que o caso requer.

Fonte: GOV MT
Continue lendo

Mato Grosso

PM apreende 187 kg de pescado e apetrechos de pesca predatória

Publicado

Policiais militares apreenderam nesta quinta-feira (12.12) em Barão de Melgaço e Distrito da Guia, 187 quilos de pescado de várias espécies.

A primeira ocorrência foi registrada na Vila Recreio, em Barão de Melgaço. A equipe da Força Tática estava em patrulhamento quando viu um veículo Fiat Pálio preto, na estrada. Foi solicitada ordem de parada, que o motorista não obedeceu. Poucos metros depois, ele parou o carro e fugiu a pé por uma área de mata, não sendo localizado. Dentro do veículo foram encontrados 180 quilos entre pintado, cachaça e jau em filé. O carro foi apreendido.

No distrito da Guia, os policiais estavam em ronda quando viram J.S.S. (54), em uma bicicleta carregando apetrechos de pesca. Na abordagem, foram apreendidos sete quilos de pescado, espécie não revelada. Foram emitidos os autos de inspeção e apreensão.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Leia Também:  Escola de Governo muda de local e suspende atendimento até setembro

Fonte: GOV MT
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana