conecte-se conosco


Economia

Procon do Rio lista 200 sites de comércio online não recomendados

Publicado


O Procon Estadual do Rio de Janeiro (Procon-RJ) divulgou uma lista com 200 sites de comércio online com má reputação. A relação está disponível para consulta desde ontem (23). De acordo com o órgão, o isolamento social causado pela pandemia de covid-19 provocou um aumento considerável das compras pela internet e, consequentemente, também têm sido registradas mais fraudes. Nesta semana, a preocupação redobra devido à avalanche de ofertas da Black Friday, que acontece na sexta-feira (27).

A lista foi elaborada com base em diversos fatores como o volume de reclamações do consumidor e a quantidade de notificações enviadas pela Procon-RJ. Os 200 sites não recomendados incluem aqueles que foram denunciados por não entregar os produtos comprados, que não disponibilizam contatos para os clientes efetuarem reclamações, que estão sem cadastro ativo na Receita Federal ou que não estão aptos a emitir nota fiscal.

Para evitar fraudes, o Procon-RJ recomenda atenção redobrada com sites que anunciam preços muito abaixo da média do mercado. O órgão orienta nunca encaminhar cópia de documentos durante o processo de compra online, mesmo que o vendedor os solicite. Também chama atenção para formas de clonagem de dados, em que a empresa pede ao cliente que informe códigos recebidos por aplicativos ou por mensagens de telefone.

“Prefira o pagamento por cartão de crédito e atenção com sites que só aceitam boleto bancário, pois se houver algum problema com a compra, o consumidor terá mais dificuldade de ressarcimento junto ao banco”, alerta o presidente do órgão Cássio Coelho. 

Outra dica do Procon-RJ é dar preferência a sites de empresas que tenham endereço físico no Brasil. Como o Código de Defesa do Consumidor (CDC) tem abrangência nacional, problemas envolvendo sites estrangeiros podem ser de mais difícil solução. Além disso, é importante que o consumidor confira na barra do navegador se o endereço eletrônico usa o protocolo HTTPS e se é exibido um ícone em forma de cadeado fechado. Ao clicar em cima da fechadura, deve aparecer o certificado de segurança do site.

Ofertas

Compras pela internet têm se mostrado cada vez mais confiáveis para os brasileiros. Um levantamento divulgado em agosto pela empresa de mensuração de dados Ebit/Nielsen apontou que o faturamento do comércio online no Brasil cresceu 47% no primeiro semestre de 2020, em comparação com o mesmo período de 2019.

De acordo com o Procon-RJ, essas operações comerciais cada vez mais comum na vida das pessoas se tornam mais seguras quando o consumidor observa atentamente todo o processo de compra, mesmo quando recorrer a empresas conhecidas e consolidadas. Na semana passada, práticas que infringem o Código de Defesa do Consumidor foram encontradas por fiscais do órgão em seis sites: Ponto Frio, Extra, Submarino, Americanas, Fast Shop e Peixe Urbano. Mesmo sendo sites considerados seguros, eles poderão ser multados.

O problema mais recorrente encontrado na fiscalização foi a divergência entre o valor ofertado e o preço na hora de realizar a compra. “Em um dos sites, uma lavadora de roupas era anunciada por R$ 2.951,10, porém ao clicar no produto, o consumidor era redirecionado para uma outra página na qual o valor passou a ser R$ 3.399,00, ou seja, quase R$ 500,00 mais caro”, informa em nota o Procon-RJ. Promessa enganosa de frete grátis e oferta de cupom de desconto inválido também foram encontrados.

Cartilha

Uma cartilha com dicas preparada pelo Procon-RJ para a Black Friday chama atenção para outras irregularidades frequentemente observadas no mercado online. Uma delas é a prática de informar em destaque apenas o valor da parcela, obrigando o consumidor a fazer o cálculo do preço final do produto.

Embutir o valor da garantia estendida no produto também é infração ao direito do consumidor. Toda mercadoria tem obrigatoriamente uma garantia legal de 30 dias em caso de bem não-durável, como alimentos, e de 90 dias em caso de bem durável, como equipamentos eletrônicos. A garantia estendida pode ser contratada à parte, mas é uma opção do consumidor e não deve ser imposta como condição para a compra de nenhum produto.

O Procon-RJ lembra que, em toda compra pela internet, está previsto por lei o direito de arrependimento. O prazo é de sete dias a partir da data da entrega do produto para manifestar desistência e assim receber de volta todos os valores eventualmente pagos, inclusive os do frete. Consumidores que se sentirem lesados podem recorrer ao órgão, efetuando reclamação por meio de seu site ou do aplicativo para telefone celular.

Edição: Bruna Saniele

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Para promover o turismo no Brasil, Azul adesiva Airbus A320neo

Publicado


source

Contato Radar

Para promover o turismo no Brasil, Azul adesiva Airbus A320neo
Gabriel Araújo

Para promover o turismo no Brasil, Azul adesiva Airbus A320neo

Para promover as belezas naturais do Brasil e a retomada do turismo, a Azul adesivou um Airbus A320neo com belas imagens do nosso país. É possível visualizar referências à Floresta Amazônica, ao Rio de Janeiro e ao Morro Dois Irmãos, localizado em Fernando de Noronha.

Com a frase “Viva intensamente o Brasil”, a ação está sendo realizada em parceria com a Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo (Embratur). A aeronave adesivada é o PR-YSE, entregue novo de fábrica para a Azul em dezembro de 2019.

alt

O post Para promover o turismo no Brasil, Azul adesiva Airbus A320neo apareceu primeiro em Contato Radar – Notícias de aviação .

Continue lendo

Economia

Aeroporto Internacional de BH recebe doses da vacina de Oxford

Publicado


source

Contato Radar

Aeroporto Internacional de BH recebe doses da vacina de Oxford
Gabriel Araújo

Aeroporto Internacional de BH recebe doses da vacina de Oxford

CNF ao vivo – O Aeroporto Internacional de Belo Horizonte (CNF) recebeu na manhã deste domingo (23) cerca de 190 mil doses da vacina AstraZeneca, desenvolvida em parceria com a Universidade de Oxford, na Inglaterra.

A operação foi realizada pelo Embraer 195 cargueiro da Azul, que partiu do Rio de Janeiro (GIG) e pousou no aeroporto mineiro às 09h45. Trazida ao Brasil pela Emirates na sexta-feira (22), as duas milhões de doses do imunizante chegaram em São Paulo (GRU), sendo transportadas ao Rio de Janeiro (GIG) logo após e distribuídas pelo país através de voos da Azul, GOL e LATAM.

Após o pouso, a carga foi retirada e seguiu de caminhão até a Central de Rede de Frio de Minas Gerais, sendo escoltada pela Polícia Militar de Minas Gerais e da Polícia Federal. Já a aeronave seguiu de Confins para Palmas (PMW) e posteriormente para Campo Grande (CGR).

Você viu?

Abaixo, veja fotos da operação:

O post Aeroporto Internacional de BH recebe doses da vacina de Oxford apareceu primeiro em Contato Radar – Notícias de aviação .

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana