conecte-se conosco


Meu Pet

Principais erros que causam acidentes domésticos com animais de estimação

Publicado

Os brasileiros não priorizam cuidados preventivos com os animais de estimação . Essa é a conclusão de uma pesquisa realizada pelo IBOPE Inteligência e divulgada pela Bayer. Os dados são alarmantes e mostram que a maioria dos animais não está protegida dentro da própria casa. 

De acordo com o estudo feito em território nacional, 76% dos respondentes afirmaram que  não fizeram nenhuma ação ou mudança em suas casas para receber os pets e apenas 26% deles têm alguma atenção com os perigos domésticos que podem colocar a saúde do bichinho em risco. 

cachorros descendo escada arrow-options
Shuttersock

A principal causa de acidentes domésticos com animais de estimação é a queda de locais altos, como escadas

O principal motivo de acidentes domésticos com animais de estimação é a queda de lugares altos – 17% dos casos acontecem com cães e 22% com gatos. Segundo Mariana Buck, veterinária que atende na clínica médica do Hospital Veterinário Santa Inês, essas quedas normalmente acontecem de janelas, muros, lajes e escadas. “Elas podem ocasionar fraturas, trauma craniano, contusão pulmonar ou até óbito”, alerta. 

A segunda causa mais frequente de acidentes é ingestão de substâncias tóxicas (produtos de limpeza, higiene, remédios, plantas, etc) – o que aconteceu com 16% dos animais. Mariana conta que dentro da Instituição Santa Inês muitos casos de intoxicação são atendidos: “Muitas vezes o próprio tutor coloca algum componente químico, um veneno para roedores, por exemplo, os pets ingerem e acabam vindo parar na emergência.”

Leia também: As plantas que podem e que não podem ter em casas com animais

Outro acidente que leva a atendimentos frequentes no Hospital Veterinário é o afogamento. “Filhotes costumam se afogar em bacias ou até baldes cheios, mas isso pode acontecer até com o pet adulto. Casos envolvendo piscinas também são comuns”, afirma a veterinária. 

gato bebendo água da piscina arrow-options
Shuttersock

Afogamento também está entre as principais causas de acidentes domésticos com animais de estimação


Como tornar a casa segura para os animais de estimação?

Quando se trata das quedas a principal maneira de evitá-las é a proteção, o que possui em poucas casas –  apenas 28% dos donos de felinos e 19% dos de cães instalaram telas nas janelas.  “No caso de muros, lajes ou escadas, a dica é  evitar que os animais tenham livre acesso a esses locais. Muitas vezes eles ouvem um som, sobem na laje correndo para latir e acabam escorregando e caindo. Em outros casos, quando tem mais de um animal, o que vem atrás acaba ocasionando um impacto e derrubando o da frente”, explica Mariana. 

cachorro em varanda arrow-options
Shuttersock

A falta de proteção em lajes e varandas também causa muitos acidentes domésticos com animais de estimação

Para impedir afogamentos é necessário não deixar bacias e baldes cheios ao alcance do pet. A veterinária indica que a piscina tenha sua área isolada, de preferência com cerca ou portão. Se o uso de capas for a opção, sempre buscar pelos modelos mais seguros e que se adequem ao peso corporal do animal. 

Evitar qualquer objeto, produto ou alimento no chão diminui os riscos de intoxicação. 

“Se a gente tomar conta desses locais de queda, afogamento, e da ingestão de alimentos, substâncias químicas ou objetos, minimizamos muito riscos de complicações e acidentes com animais de estimação “, finaliza Mariana. 

publicidade
1 comentário

1
Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Mônica Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Mônica
Visitante
Mônica

Sempre percebi isso. O perigo principalmente para gatos, dentro de um lar de ‘donos’ negligentes é muito grande.
Brasileiro é negligente com eles quanto mais com animais.

Meu Pet

Gato testa positivo para COVID-19 em Hong Kong; é terceiro caso pet confirmado

Publicado

De acordo com o departamento de agricultura de Hong Kong, um gato testou positivo para o Covid-19 após sua dona ser diagnosticada com a doença. É o segundo gato a apresentar o vírus. Um caso foi registrado na Bélgica na semana passada

Gato malhado de olhos fechados arrow-options
Stockexpert/Divulgação

Gato é segundo a testar positivo para COVID-19 após caso confirmado na Bélgica

De acordo com o site South China Morning Post, o gato apresentou sinais da doença após sua dona, de apenas 25 anos, ficar em estado grave devido ao novo coronavírus. A presença do Sars-Cov-2 foi detectado por coletas de amostras da boca, do nariz e do reto do animal.

Além de ser o segundo caso confirmado de um gato, é o terceiro de um animal de estimação no mundo. Um cachorro também havia testado positivo para o vírus em Hong Kong. Profissionais da saúde afirmam que não há evidências de que os pets sejam transmissores do vírus.




Continue lendo

Meu Pet

Fotos e vídeos de animais fofos que foram compartilhados para melhor o seu dia

Publicado

Após o surto no novo coronavírus, foi recomendado que as pessoas ficassem em suas casas de quarentena . Com essa medida, os pets começaram a passar mais tempo com os tutores, que compartilham nas redes inúmeros momentos entre eles de morrer de tanto rir ou de tanta fofura. 

No twitter, uma das principais redes que estão bombando com as publicações, viralizou nesta terça-feira (31), postagens de bichinhos fazendo várias coisas diferentes com seus donos em casa. Confira algumas delas. 

Leia mais: Alerta fofura! Donos compartilham fotos dos animais durante quarentena

O andré colocou o gatinho para praticar um esporte novo: salto ao papel higiênico

O cachorro da Lorenza também está aproveitando para se exercitar com a dona

Aqui, a dona puxa o gato até para dançar!

A adriane jura que seu gato falou o nome dela. Eaí? Falou mesmo ou é efeito da quarentena na cabeça da dona?

Esse aqui ensinou o cachorrinho a fingir que ele levou um tiro 

Leia mais: Gata se mostra irritada com os donos em casa durante quarentena; veja vídeo

O cachorro da Lara nos representa nessa quarentena!

Esse gato prodígio já aprendeu a segurar o celular da dona para assistir as coisas que gosta

Alguns animais já não aguentam mais os donos em casa


Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana