conecte-se conosco


Cuiabá

Primeiro Workshop marca celebração de um ano do programa inédito Incluiabá

Publicado

Iniciativa inédita no país, o programa Incluiabá criado pela Gestão Emanuel Pinheiro realizou, nesta sexta-feira (13), no auditório da Águas Cuiabá, o 1º Workshop do projeto  Incluiabá, que já completou um ano, no mês de abril desse ano. Diversas personalidades públicas estiveram presentes na abertura do evento. Inicialmente a Prefeitura de Cuiabá contratou 16 pessoas, todavia, esse número já ultrapassa mais de 50, uma ampliação de mais de 200%. Os servidores encontram-se lotados em diferentes setores da administração atual, gerenciados pela empresa terceirizada, Bem-Estar, priorizando indígenas, cadeirantes, transexuais, negros, dentre outros.  

O encontro englobou palestras motivacionais, rodas de conversa, trabalhos em grupos e trocas de experiências, destinados ao seu público alvo, grupos sociais minoritários. 

O vice-prefeito, José Roberto Stopa, afirmou que a ação reforça o compromisso da Gestão Emanuel Pinheiro com a implantação de políticas públicas efetivas, pautadas pelo respeito, justiça e inclusão social perante a sociedade cuiabana. “Hoje nós temos pessoas que poderiam estar desempregadas, marginalizadas, excluídas, pois, infelizmente, o preconceito ainda se faz presente. A função de um governo é fazer obras sim, mas a maior delas é cuidar das pessoas, valorizando-as, atendendo aqueles que mais precisam. O prefeito Emanuel Pinheiro coloca muito bem em suas falas, evidenciando que nós governamos para todos, porém, temos um carinho especial pela periferia de Cuiabá, porque é lá que está a real necessidade do governo em colocar as suas mãos. Já imaginou se todos os governantes fizessem isso? Teríamos com toda certeza uma sociedade mais justa e inclusiva, dando dignidade e oportunidade aos cidadãos, de modo geral,  de alimentar as suas famílias”, enfatizou. 

O secretário de Governo, Luís Cláudio Sodré, pontuou que os planos para este ano é redobrar os índices, alcançando o feito de 100 pessoas efetivadas. “É um programa que começamos como um exemplo para sociedade e quanto piloto para o Brasil, aqueles que não tiveram a oportunidade de ter suas carteiras de trabalho assinadas e poder dizer que são servidores, demonstrando que aqui nós acolhemos, dizer um basta a essas políticas maldosas com o ser humano, de nada vale se não atender as pessoas com humanização e cuidado, abrindo ainda mais vagas “, reiterou. 

Uma das coordenadoras dos Incuiabá, a secretária-adjunta de Assistência Social, Direitos Humanos e Pessoa Com Deficiência, Christiany Fonseca, enalteceu a dedicação de sua equipe de trabalho na execução das atividades e agradeceu a primeira-dama, Márcia Pinheiro por abraçar mais esta causa enobrecedora.

“Obrigada a todos vocês que nos ajudam a fazer e colocar em prática o projeto, bem como a nossa madrinha, a nossa primeira-dama, Márcia Pinheiro. A Prefeitura de Cuiabá não tem medido esforços para combater as formas de discriminação e preconceitos, fazendo disso, um de seus principais pilares. A luta por uma sociedade mais justa e implementar persiste, dando acesso a  oportunidades e direitos para todos e todas, aberto, especialmente aqueles que enfrentam dificuldades de acesso aos mercado de trabalho, recebendo o devido tratamento como qualquer outro servidor. Já foram contratados homens e mulheres transexuais, travestis, imigrantes, quilombolas, vítimas de pessoas com violência doméstica, cadeirantes e muitos outros grupos sociais”, disse. 

A servidora Maria Auxiliadora, de 62 anos, comentou que se sente feliz e emocionada com mais chance de poder servir a comunidade, levando junto para casa, o sustento de cada dia. “É uma honra para mim participar de um projeto como este com carteira assinada, agradeço a todos que nos ajudam diariamente, vocês fazem a diferença para nós”, completou. 

Estiveram presentes, o secretário-adjunto de Governo, Wilton Coelho, o secretário interino de Obras Públicas, Rauf Macedo e o vereador Luiz Fernando Amorim. Ao final, o evento contou com o sorteio de brindes aos envolvidos. 

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Cuiabá

Enfermaria do Hospital São Benedito sofre princípio de incêndio; fogo foi cessado imediatamente e não houve óbitos ou feridos em decorrência do incidente

Publicado

O início de incêndio registrado na noite deste domingo (15) no Hospital São Benedito aconteceu no ar condicionado de uma enfermaria localizada no segundo andar do hospital. O Corpo de Bombeiros foi imediatamente acionado e o fogo foi cessado rapidamente, tanto que não atingiu nenhuma outra área da enfermaria e nenhum material foi queimado, além do ar condicionado. Nenhum paciente ficou ferido em decorrência do princípio de incêndio.

No momento do incidente, havia 80 pacientes internados no Hospital São Benedito, mas todos já foram transferidos. “Nossa primeira decisão foi transferir imediatamente os 16 pacientes que estavam internados em leitos de UTI. Eles foram levados para o Hospital Municipal de Cuiabá – HMC, antigo Pronto Socorro Municipal e Santa Casa”, disse o diretor da Empresa Cuiabana de Saúde Pública, Paulo Rós.

Ele revelou que logo após as remoções dos pacientes de UTI, os pacientes internados nas enfermarias dos 3 primeiros andares do hospital também foram transferidos, devido à grande quantidade de fumaça tóxica que tomou conta destes andares. “Depois de removermos todos estes pacientes, ainda tínhamos 15 internados no quarto andar, que não foi atingido pela fumaça. Atendendo a um pedido do corpo clínico e dos próprios familiares, decidimos transferir também os pacientes do quarto andar, para tranquilizar a todos e para facilitar o trabalho de perícia do Corpo de Bombeiros”, explicou o diretor.

Tão logo soube do ocorrido, o prefeito Emanuel Pinheiro determinou uma força-tarefa envolvendo a Secretaria Municipal de Saúde e a Empresa Cuiabana de Saúde Pública, a fim de concentrar todos os esforços para que nenhum paciente fosse prejudicado. “Determinamos esta força-tarefa para garantir a segurança e integridade dos pacientes e dos trabalhadores em geral, para que não houvesse vítimas. Determinamos também que uma ala fosse criada no antigo Pronto Socorro de Cuiabá para receber os pacientes com total segurança. Continuaremos atentos e acompanhando todos os desdobramentos do caso para garantir a saúde e a vida das pessoas”, disse Pinheiro.

A secretária municipal de Saúde, Suellen Alliend também acompanhou de perto a situação no hospital. “Estive no Hospital São Benedito acompanhando toda a movimentação do princípio de incêndio. Graças a Deus foi contido rapidamente e o problema maior foi praticamente só a fumaça. Conseguimos transferir os 80 pacientes para os nossos hospitais. Quero agradecer, na pessoa da Secretária Estadual de Saúde, Kelluby de Oliveira aos hospitais estaduais Metropolitano e Santa Casa, que também ofereceram vagas para nossos pacientes. Também agradeço imensamente aos nossos profissionais das UPAs e Policlínicas, que estiveram presentes, às ambulâncias das nossas unidades, do SAMU e da Rota do Oeste, as equipes dos bombeiros, da Polícia Militar, enfim, todos que estiveram lá para ajudar. Conseguimos transferir todos os pacientes com sucesso”, concluiu.

Continue lendo

Cuiabá

ATUALIZADA – Hospital São Benedito tem início de incêndio e pacientes são transferidos para outras unidades

Publicado

A Secretaria Municipal de Saúde e a Empresa Cuiabana de Saúde Pública informam:

-O Hospital São Benedito passou por um princípio de incêndio por volta das 19h deste domingo (15). Ao que tudo indica, o fogo começou em um aparelho de ar condicionado de uma das enfermarias do segundo andar. O fogo já foi controlado;

-Todos os pacientes que estavam no primeiro, segundo e terceiro andares já foram retirados;

-Os 16 pacientes que estavam internados em UTIs foram imediatamente transferidos para o Hospital Municipal de Cuiabá – HMC, para o antigo Pronto Socorro Municipal e para a Santa Casa;

-Nenhum paciente ficou ferido devido ao princípio de incêndio. A retirada dos pacientes foi necessária devido à grande quantidade de fumaça que tomou conta dos 3 primeiros andares;

-O diretor da Empresa Cuiabana de Saúde Pública, Paulo Rós, decidiu retirar todos pacientes do Hospital São Benedito, inclusive os 15 que estavam internados no quinto andar, atendendo ao pedido do corpo clínico do hospital e dos familiares e também para facilitar o trabalho de perícia do Corpo de Bombeiros. Foram transferidos cerca de 80 pacientes, ao todo;

-Segundo o diretor, apenas o aparelho de ar condicionado pegou fogo e foi imediatamente apagado. Nada mais foi queimado no local.

-O tenente coronel do Corpo de Bombeiros, Marcelo Revelis informou que 6 viaturas e 25 bombeiros foram envolvidos na ação;

-O prefeito Emanuel Pinheiro ressalta que todos os esforços estão sendo empenhados para salvar vidas e que nenhum paciente ficou ferido ou foi a óbito por decorrência deste incidente.

 

*Atualizada às 21h36

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana