conecte-se conosco


Agro News

Primeiro encontro do 14º Circuito Aprosoja reúne 70% dos associados de Cláudia

Publicado

Fortalecimento Institucional

Primeiro encontro do 14º Circuito Aprosoja reúne 70% dos associados de Cláudia

Nesta etapa outras seis cidades receberão a caravana no Circuito

22/04/2019

Produtores do município de Cláudia participaram em massa do primeiro dia do 14º Circuito Aprosoja. A cidade abriu o Circuito, na manhã desta segunda-feira (22.04), no Clube de Idosos do município. Aproximadamente 70% dos associados que compõem o núcleo de Claudia puderam debater sobre custos de produção e tributações que a cadeia produtiva de soja e milho tem enfrentado, especialmente em Mato Grosso.

Idealizado pela Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso, o Circuito Aprosoja chegou a sua 14ª edição com novo formato. Os painéis, que tratam temas inerentes ao setor, agora são em formato de mesa redonda, proporcionando maior interação com os produtores associados. Este ano, o evento conta com a participação do apresentador e analista de política e economia do Canal Rural, Miguel Daoud, o diretor-executivo da Aprosoja Brasil, Fabrício Rosa, e o presidente da Aprosoja-MT, Antonio Galvan. A mediação está sendo feita pelo jornalista e apresentador do programa Direto ao Ponto, do Canal Rural, Glauber Silveira.

Leia Também:  AÇÚCAR/CEPEA: Preço volta a se sustentar em SP

Produtor associado à Aprosoja, José Carlos Sandri, participou da manhã de debates e considerou que a nova roupagem do Circuito é a melhor opção para dar mais oportunidade a todos participarem de forma democrática. “É a melhor opção. Muitas vezes, nós produtores não temos oportunidades, alguns não gostam de perguntar, mas tem as mesmas dúvidas que acabam sendo sanadas. Foi muito bom, não é cansativo e foi melhor que edições anteriores. Valeu a pena ter vindo”, afirmou.

Vice-presidente Norte da Aprosoja, e produtor rural em Cláudia, Zilto Donadello, avaliou positivamente a interação dos produtores durante os debates. “Muito bom o formato que foi feito. Os produtores puderam perguntar e obter respostas imediatas de suas dúvidas. Tivemos uma participação grande e foi um evento muito produtivo, muito proveitoso”, analisou.

O núcleo de Cláudia foi o primeiro a receber o Circuito de 2019. Presidente da Aprosoja, Antonio Galvan, enfatizou a grande participação e agradeceu a receptividade dos produtores associados. Durante o evento, ele apresentou o Movimento Mato Grosso Forte – Quem paga imposto cobra resultado, que teve adesão em peso do público presente. Galvan também tratou da campanha “Pátria no Campo”, que está no ar pelas redes sociais da entidade e reforça o patriotismo.

Leia Também:  Agricultura Familiar na Expointer: feira termina com aumento de 13,51% nas vendas

“Um prazer estar em Cláudia, ver a casa cheia, presença maciça dos produtores e das famílias. Um quarto dos produtores associados dos municípios estavam presentes no evento. Acredito que com esse novo modelo que trouxemos demos mais oportunidade para os produtores tirarem as dúvidas. Agradecemos aos produtores de Cláudia por nos receber nesse primeiro dia do Circuito, e parabéns pela participação, pois o evento é feito para os produtores”, disse o presidente Antonio Galvan.

NOVOS ASSOCIADOS – Além dos produtores que fazem parte da entidade, ao longo do evento foram realizadas 20 novas associações, ou seja, a adesão à entidade revela a satisfação dos produtores com a atuação da diretoria da entidade. Nesta etapa, outras seis cidades receberão a caravana no Circuito, sendo que, logo mais, às 18h30, o município de Lucas do Rio Verde, será palco das discussões promovidas pela Aprosoja e seus parceiros.

 

Fonte: Ascom Aprosoja


Assessoria de Comunicação

Contatos: Telefone: 65 3644-4215

Email: [email protected]

Fonte: APROSOJA
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Agro News

Ministra da Agricultura participa de reunião com governo da Índia

Publicado

A ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) integrou-se nesta sexta-feira (24), em Nova Déli, à comitiva do presidente Jair Bolsonaro, que fará visita de Estado à Índia até o dia 27 de janeiro. Neste sábado (25), a ministra e demais integrantes participarão de uma reunião ampliada com o governo indiano, cerimônia de troca de atos e do almoço oferecido pelo primeiro-ministro Narendra Modi ao presidente Bolsonaro.

Estão previstos acordos e cooperações nas áreas de investimentos, previdência social, energia, recursos minerais, segurança cibernética, cooperação jurídica, saúde, ciência e tecnologia e cultura, conforme a Presidência da República. No domingo (26), o presidente Jair Bolsonaro é o convidado de honra das comemorações do 71º aniversário do Dia da República da Índia.

Na segunda-feira (27), será realizado seminário empresarial Brasil-Índia, organizado pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), com participação do presidente Jair Bolsonaro, da ministra Tereza Cristina e demais ministros brasileiros.

Antes de integrar-se à comitiva, a ministra reuniu-se nessa quinta-feira (23) com o ministro da Agricultura e Bem-Estar dos Agricultores, Narendra Singh Tomar. Os dois discutiram cooperação em pesquisa agropecuária e se comprometeram em agilizar colaborações nos setores de cana-de-açúcar, gado de leite e búfalos.

Leia Também:  Secretaria de Agricultura Familiar recebe comitiva de Uganda

Outro encontro foi com o ministro de Abastecimento, Alimentos e Distribuição Pública, Ram Vilas Paswan, sobre parcerias na área de etanol. A ministra Tereza Cristina reforçou que a expertise brasileira no setor pode ajudar a Índia a ampliar a produção do biocombustível.

Informações à imprensa:[email protected]

Fonte: MAPA GOV
Continue lendo

Agro News

CITROS/CEPEA: Chuva reduz comercialização; preços variam conforme qualidade

Publicado

Cepea, 24/1/2020 – As chuvas registradas nas principais regiões citrícolas do estado de São Paulo estão dificultando as atividades de campo e a comercialização de cítricos. Além disso, segundo colaboradores do Cepea, a disponibilidade de laranjas de boa qualidade está bastante reduzida, resultando em grandes variações nos preços pagos pela fruta no mercado de mesa. No caso da pera rio, enquanto as laranjas de menor qualidade têm remuneração ao redor de R$ 27,00/cx, as frutas selecionadas chegam a ser vendidas acima de R$ 35,00. Assim, na parcial desta semana (de segunda a quinta-feira), a pera registrou média de R$ 30,77/cx de 40,8 kg, na árvore, alta de 3,4% frente à da semana passada. Para a lima ácida tahiti, os valores seguem em baixos patamares, devido ao pico de safra no estado de São Paulo. Nesta semana, a média parcial da tahiti foi de R$ 12,84/cx de 27 kg, colhida, aumento de 2% em relação à anterior – os preços foram sustentados pelo maior ritmo de moagem nas indústrias e pela redução da colheita em algumas praças, em decorrência das chuvas. Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br

Leia Também:  AgroNordeste vai ajudar a reduzir as diferenças regionais na agricultura, diz ministra

Fonte: Diárias de Mercado
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana