conecte-se conosco


Policial

PRF soma forças na recuperação do Pantanal

Publicado


Equipes auxiliaram na distribuição de água e alimentos ao longo da Transpantaneira, além de escoltar o transporte de animais feridos para centros de tratamento

Entre os dias 23 e 25 de novembro, Policiais Rodoviários Federais deslocaram-se até Poconé/MT com a missão de auxiliar na distribuição de água e alimentos, em pontos específicos, afim de garantir o mínimo necessário para a sobrevivência da fauna local.

Seis PRFs, utilizando-se de 3 viaturas, juntaram forças com equipes da Secretaria Estadual de Meio Ambiente, Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso, Força Tática, Polícia Militar Ambiental, IBAMA, Marinha do Brasil, Polícia Penal e percorram a rodovia Transpantaneira (MT-060) colaborando com o transporte dos mantimentos e equipes técnicas para resgatar animais com queimaduras ou fragilizados pela escassez de água e mantimentos.

O trecho da Rodovia Transpantaneira é seccionado por diversas pontes sobre alagados, mas que devido à escassez das chuvas, estão em grande maioria, secos. Em determinados locais e sob algumas das pontes, estão sendo distribuídos alimento e água, que são colocados em cochos para os animais.

Ao longo das atividades, foram distribuídos cerca 840 kg de suprimentos para os animais e no domingo (25), as equipes auxiliaram o transporte de um filhote de anta que estava debilitado, para que pudesse se recuperar em um local com melhor espaço e estrutura.

O Tenente da Polícia Militar Ambiental, comentou que a região também é utilizada como rota do tráfico de drogas e de animais que são retirados do Pantanal para serem vendidos no mercado negro, sendo que a presença da PRF é de fundamental importância para coibir essas modalidades de investida criminosa.

O Coronel Barroso (Secretário Executivo do Comitê do Fogo/SEMA), juntamente ao Tenente Delfino, do Corpo de Bombeiros e coordenador da logística local, salientaram a importância e a repercussão pela presença da PRF.

“Foi de fundamental importância tanto quanto às atribuições de logística, quanto de segurança, pois somente a presença da PRF já faz com que condutores diminuam a velocidade ao transitar pela Transpantaneira, minimizando os acidentes e atropelamentos da fauna nativa.” Palavras do Tenente Delfino

Destaca-se que, conforme a Constituição Federal de 1988, em seu artigo 225, o Pantanal Mato-grossense é patrimônio nacional, sendo o meio ambiente direito de todos, impondo-se ao Poder Público e a coletividade o dever de defende-lo e preservá-lo para as presentes e futuras gerações.

SECOM PRF MT
E-mail: [email protected]
Instagram: @prfmt_oficial
Para emergências e denúncias, ligue 191

 

 

 

 

Fonte: PRF MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Policial

Polícia Civil autua indígena por morte de companheira em Juara

Publicado


Assessoria | Polícia Civil-MT

Um indígena responsável pela morte de sua companheira, também indígena e menor de idade, foi autuado em flagrante pela Polícia Civil na tarde de quarta-feira (24.11), poucas horas depois do crime ocorrido em Juara (709 km a médio norte de Cuiabá).

O suspeito, de 19 anos, foi autuado em flagrante pelo homicídio simples da companheira de 14 anos. O fato ocorreu na manhã de terça-feira (24), em meio a área de floresta, próximo da Aldeia Indígena Mayro. A aldeia fica a 70 km de distância da cidade e o acesso é por um trecho de 50 km de estrada de terra e mais uma hora de barco.

O casal da mesma etnia e vivia um relacionamento conjugal há cerca de um ano. A menor morreu após ser atingida na face por um disparo de espingarda calibre 32, efetuado acidentalmente pelo companheiro. O irmão da vítima estava no momento dos fatos e presenciou todo o ocorrido.

Após efetuar o disparo que atingiu a companheira, os dois (autor e o irmão) a socorreram a vítima de embarcação até a aldeia para atendimento médico, porém a menor indígena não resistiu ao ferimento e morreu antes de chegar ao atendimento.

De acordo com o delegado de Juara, Carlos Henrique Engelmann, depois de detido o suspeito foi encaminhado para delegacia onde foi interrogado. “Em depoimento, o jovem indígena alegou que acreditava que arma de fogo estivesse descarregada, e que não tinha intenção de matar a companheira, a quem disse que amava”, pontuou o delegado.

Em seguida o conduzido foi autuado em flagrante por homicídio simples, e posteriormente encaminhado para Cadeia Pública de Juara, ficando à disposição da Justiça.

 

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Policial

Autor de roubo tem prisão cumprida pela Polícia Civil em Poconé

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil de Poconé (104 km ao sul de Cuiabá) cumpriu, na terça-feira (24.11), o mandado de prisão preventiva contra um homem considerado foragido da Justiça por envolvimento em crime de roubo.

O suspeito estava com a ordem de prisão decretada pela Vara Única de Comarca de Poconé por crime de roubo com condenação a pena de quatro anos, dez meses e 15 dias.

Na terça-feira (24), após receber informações sobre o paradeiro do foragido, os policiais da Delegacia de Poconé conseguiram localizar o suspeito no bairro João Godofredo.

Após ter o mandado de prisão cumprido, o suspeito foi conduzido para a unidade policial para as providências cabíveis e posteriormente encaminhado para a Cadeia Pública local.

 

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana