conecte-se conosco


Policial

PRF recupera caminhonete em Alto Araguaia/MT

Publicado


.

Veículo havia sido roubado no estado de São Paulo, em junho deste ano

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu um homem de 21 anos e apreendeu uma caminhonete adulterada, na tarde desta quinta-feira (09), em Alto Araguaia.

Por volta de 12h30, a equipe de Operações Especializadas abordou o veículo Toyota/Hilux, de cor branca que ostentava placas de São Gotardo/MG. Os policiais solicitaram os documentos ao condutor e procederam a fiscalização.

Ao analisar a caminhonete, os PRFs constataram adulteração de elementos identificadores do veículo e aprofundando a fiscalização, conseguiram identificar que o veículo original é do município de Orlandia/SP e possui registro de roubo na data de 30 de junho deste ano.

A equipe verificou o documento apresentado e constatou que também havia adulteração,  sendo um CRLV falsificado.

O condutor afirmou aos policiais que receberia certa quantia em dinheiro para levar o veículo de Ituitaba/MG até Rondonópolis/MT e que essa seria sua segunda viagem.

A ocorrência foi encaminhada para Polícia Civil de Alto Araguaia.

SECOM PRF MT

Fonte: PRF MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Policial

Homem descumpre medida protetiva contra ex-companheira e é preso pela Polícia Civil

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Equipe da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Cuiabá (DEDM) cumpriu nesta terça-feira (01.12) ordem judicial de prisão preventiva de um homem de 45 anos por descumprimento de medidas protetivas de urgência contra sua companheira.

Há dois inquéritos instaurados na delegacia especializada que apura diversos crimes praticados pelo suspeito contra a vítima, ente eles perturbação da tranquilidade, difamação, injúria, constrangimento ilegal e ameaça.

No dia 23 de setembro, a vítima procurou o Plantão Especializado 24 horas da Mulher, no bairro Planalto, relatando os crimes e a delegada plantonista solicitou ao Poder Judiciário a medida protetiva de urgência.

Cinco dias depois, o suspeito retornou à casa da vítima, no bairro Três Barras, dizendo que iria “rasgar a comunicante com a faca”. Assustada, a mulher procurou novamente a Polícia Civil para informar o fato e foi posteriormente encaminhada a um abrigo.

Após a expedição do mandado de prisão pela 2a Vara Especializada de Violência Doméstica da Capital, a equipe da DEDM realizou diligências e localizou o possível paradeiro do suspeito, em uma região de chácaras na zona rural de Cuiabá.

Ele possui outros registros de violência contra a mesma vítima, em anos anteriores.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Policial

Três foragidos da Justiça são presos na região metropolitana e no interior

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Três foragidos da Justiça foram localizados e presos nas últimas 24 horas por equipes da Gerência Estadual de Polinter e Capturas (Gepol) da Polícia Civil de Mato Grosso, na região metropolitana de Cuiabá e no interior.

Em Várzea Grande, os investigadores localizaram nesta segunda-feira (30.11) um homem de 44 anos que estava com prisão decretada pelo crime de homicídio qualificado. Ele foi localizado no bairro Jardim Glória e conduzido à sede da Polinter e apresentado a autoridade policial competente. Além da condenação por homicídio, ele também possui sentença condenatória por crimes contra o patrimônio.

Em outra ação realizada em conjunto com policiais civis e militares de Nortelândia foi cumprido o mandado de prisão de um rapaz de 26 anos condenado por tráfico de drogas. A ordem judicial foi expedida pela 2ª Vara Criminal de Cuiabá.

No bairro Areão, foi preso outro procurado pela justiça do estado de Goiás. O homem de 30 anos foi sentenciado a cinco anos de prisão pelo crime de extorsão e estava com mandado expedido pela 8ª Vara Criminal da Comarca de Goiânia.

Ele foi localizado pelo setor de buscas e capturas que chegou ao último local em que ele estava se refugiando, um conjunto de quitinetes no bairro Areão, na Capital. Durante seu interrogatório no inquérito policial, ele se declarou como profissional do sexo e as investigações revelaram que ele extorquia as vítimas, em sua maioria clientes, que eram chantageados e coagidos a lhe dar dinheiro.

Depois do cumprimento das ordens de prisão, os três foram submetidos a exame de corpo de delito e posteriormente encaminhados a uma unidade do Sistema Penitenciário em Várzea Grande, onde deverão permanecer à disposição do Poder Judiciário.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana