conecte-se conosco


Policial

PRF Mato Grosso lança a 16ª edição do Fetran

Publicado

Inscrições estão abertas até o dia 25 deste mês e apresentações iniciam em junho, em Campo Verde

Foi lançada nesta terça-feira (14), na sede da PRF (Polícia Rodoviária Federal) em Mato Grosso, a 16ª edição do Fetran (Festival Estudantil Temático Teatro para o Trânsito). O evento está com inscrições abertas até o dia 25 deste mês e as apresentações iniciam em junho, em Campo Verde.

Participaram do lançamento representantes da Seduc (Secretaria de Educação Estadual), do Detran MT (Departamento de Trânsito), da Rota do Oeste, da Prefeitura de Várzea Grande, da Rota do Oeste e do SINPRF MT (Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais).

O superintendente da PRF MT, Francisco Élcio de Lima Lucena, destacou que o Fetran tem como objetivo maior construir um trânsito melhor por meio da educação para o trânsito. “Podemos notar que a transformação acontece nos estudantes que participam. Eles passam a cobrar atitudes corretas dos adultos e com certeza serão motoristas conscientes. Com a ajuda do efetivo e dos parceiros vamos fazer um trânsito mais respeitoso e assim ajudar a salvar vidas”, frisou.

Leia Também:  Polícia Civil prende homem por porte ilegal de arma de fogo em Rondonópolis

No ano passado, foram 87 peças teatrais inscritas e este ano a expectativa é que sejam cerca de 100. Podem participar escolas públicas e privadas do ensino fundamental e médio, educação especial e profissionalizante. As inscrições são realizadas pela internet no endereço www.mt.fetran.com.br, onde também está disponível o regulamento do festival.

O Fetran Teatro nasceu em Mato Grosso há 16 anos e serviu como base para o Fetran Pedagógico – ações desenvolvidas pela PRF nas escolas em todos os estados. O evento é organizado pelo Grupo de Educação para o Trânsito (Getran) da PRF. O objetivo é estimular a produção cultural no ambiente escolar e sensibilizar as pessoas quanto à responsabilidade de cada um para um trânsito seguro.

PARCEIROS Secretaria de Estado de Educação de Mato Grosso (SEDUC/MT), Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (DETRAN/MT), Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (SECEL), Rota do Oeste, Prefeituras Municipais de Campo Verde, Primavera do Leste, Querência, Campos de Júlio, Sorriso e Várzea Grande.

ETAPAS 03 a 07/06/2019 – Etapa Aricá Mirim – Campo Verde
17 a 21/06/2019 – Etapa Araguaia – Primavera do Leste
01 a 05/07/2019 – Etapa Xingu – Querência
12 a 16/08/2019 – Etapa Guaporé – Campos de Júlio
26 a 30/08/2019 – Etapa Teles Pires – Sorriso
09 a 13/09/2019 – Etapa Cuiabá – Várzea Grande
23 a 27/09/2019 – Etapa Mato Grosso – Cuiabá

Leia Também:  Foragido com quatro mandados de prisão por homicídio e tráfico é preso em Cuiabá

Texto e fotos: Neocleciana Gonçalves/NUCOM PRF MT

Fonte: PRF MT
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Policial

PRF apreende 500 comprimidos de procedência ilícita

Publicado

Esse tipo de medicamento é usado para tratamento de úlceras, mas se ingerido em desacordo com as recomendações médicas pode se transformar em substância abortiva

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), nesta terça-feira (16), em Rondonópolis/MT, apreendeu 500 comprimidos de procedência estrangeira. A abordagem se deu no Km 211 da BR 364, onde a equipe da PRF de ordem de parada a um ônibus de itinerário Cascavel/PR com destino à Sinop/MT.

Em uma fiscalização minuciosa para combate ao transporte de ilícitos, os policiais localizaram na lixeira do banheiro uma sacola preta e em seu interior verificou-se que havia 50 cartelas do medicamento, contendo 10 pílulas em cada, totalizando 500 comprimidos de procedência estrangeira. Esse tipo de medicamento é usado para tratamento de úlceras, mas se ingerido em desacordo com as recomendações médicas pode se transformar em substância abortiva, motivo que levam criminosos a transportarem esse tipo de material de forma irregular, sem nota fiscal.

Apesar de terem sido entrevistados os 39 passageiros que seguiam no veículo, não foi possível identificar o proprietário do medicamento. O ônibus foi liberado e o produto apresentado à Polícia Federal de Rondonópolis.

Fonte: PRF MT
Leia Também:  Polícia Civil finaliza Operação Nacional com 204 presos em Mato Grosso
Continue lendo

Policial

Polícia Civil apreende 232 bolsas réplicas de grifes famosas

Publicado

Assessoria | PJC-MT

A Polícia Civil apreendeu 232 produtos (bolsas e carteiras) réplicas de grifes famosas na sétima fase da operação Fictus VII, realizada na manhã desta quarta-feira (17), pela Delegacia Especializada de Defesa do Consumidor (Decon) em conjunto com o Procon de Cuiabá e apoio da equipe da Diretoria de Execução Estratégica (DEE).

A mercadoria, sendo  211 bolsas e 21 carteiras, foi apreendidas em duas lojas do Shopping Popular, no bairro Dom Aquino,  na Capital. Em um Box foram 138 cópias de bolsas de marcas Victor Hugo e Louis Vuitton, e no segundo foram 21 carteiras e 73 bolsas, falsificadas da marca brasileira e francesa.

Um dos proprietários informou aos policiais que os produtos são oriundos de São Paulo e que tem conhecimento serem de “segunda linha”, ou seja, falsificados.

O Procon lavrou auto de constatação e infração contra os dois estabelecimentos.

O delegado da Decon, Antônio Carlos Araújo, informou que serão instaurados dois inquéritos policiais e após perícia da Politec ficar constatado que os produtos são falsificados os responsáveis pelos estabelecimentos serão indiciados. 

Leia Também:  Polícia Civil prende homem por porte ilegal de arma de fogo em Rondonópolis

Os dois proprietários foram conduzidos à Delegacia do Consumidor e poderão ser responsabilizados em crimes relativos a condutas praticadas no comércio de produtos falsificados ou pirateados, que estão tipificadas no artigo 190, inciso 1 da Lei 9.279/96, do Código de Propriedade Industrial, pena detenção de 3 meses a 1 ano; artigo 7, inciso 7, VII, da Lei 8.137/90 da lei contra as Relações de consumo, pena de 2 a 5 anos ou multa; por fraudes no comércio, previsto no artigo 175, inciso I do CPB, e ainda por infrações praticadas dentro do Código de Defesa do Consumidor (Lei 8.078/90 em seu artigo 67).

Fonte: PJC MT
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana