conecte-se conosco


Policial

PRF fiscaliza emissão de poluentes em rodovias de Mato Grosso

Publicado

Operação Fumaça Branca flagrou diversos veículos transitando fora das regras ambientais

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Mato Grosso realizou, entre os dias 1º e 9 de julho, a Operação Fumaça Branca. A ação teve como foco a fiscalização de crimes ambientais nas rodovias, especialmente em relação à emissão de poluentes por veículos de transporte de carga.

O nome da operação faz alusão ao gás emitido pelos escapamentos que precisar estar despoluído. Para isso, os veículos pesados fabricados a partir de 2012 precisam usar o diesel S10 e a substância chamada Arla 32.

Durante a fiscalização, os policiais notificaram diversos veículos descumprindo a regra – usando combustível indevido e emuladores para burlar a utilização do Arla.

Mais de 180 veículos pesados foram fiscalizados, 57 autos de infração foram emitidos e 14 Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCO) confeccionados. Outro crime ambiental flagrado foi o transporte irregular de madeira, que resultou na apreensão de 130m³ de madeira.

As ações aconteceram nas rodovias BR-174 e BR-364 em Comodoro, Pontes e Lacerda, Porto Esperidião e Cáceres.

Leia Também:  Polícia Civil de Confresa recebe homenagem da Câmara de Vereadores

Além da fiscalização e enfrentamento à criminalidade, o objetivo da operação foi atualizar os policiais quanto à confecção dos TCOs. O termo pode ser utilizado para tipos penais de menor potencial ofensivo, contravenções penais, e outros que tenham pena máxima de dois anos. Nestes casos, ao invés de ser preso, o autor do delito pode responder em liberdade e ter a pena convertida em multas e prestação de serviços. Geralmente crimes ambientais e de trânsito se encaixam na regra.

ARLA 32

O Arla 32 é um reagente  composto por 32% de ureia de alta pureza em água desmineralizada. Adicionado aos gases emitidos pelos motores de veículos, ele realiza uma espécie de descontaminação, liberando um gás “limpo” ao meio ambiente. As fraudes no sistema vão desde a adição de ureia com composição diferente ou água comum e utilização de emuladores para enganar o computador de bordo do veículo quanto à necessidade de liberação do composto nos gases.

S10

O diesel S10 (coloração amarelada) é menos poluente que o S500 (coloração vermelha). A quantidade de partículas de enxofre é 490 vezes menor no S10. A emissão de enxofre na atmosfera por queima de combustíveis está entre os principais poluentes do meio ambiente.

Leia Também:  Polícia Civil recupera objetos desarticula grupo envolvidos em furtos na zona rural de Cáceres

Texto: Neocleciana Gonçalves / NUCOM PRF MT

Imagens: PRF

Confira o vídeo em que o policial encontra um emulador de Arla:

Fonte: PRF MT
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Policial

Comando Especializado da PM lança ‘Operação Guardião III’ em Cuiabá

Publicado

O Comando Especializado da Polícia Militar (Cesp) lançou nesta quinta-feira (14.11), em Cuiabá, a ‘Operação Guardião III’. Da Arena Pantanal, local do lançamento, centenas de policiais dos batalhões Bope, Rotam, Ambiental, Trânsito e Cavalaria saíram às ruas para ações de saturação, bloqueios, abordagens e revistas.

Os bairros e pontos onde as tropas especializadas estarão

Semelhante a outras operações especiais, a idéia é sufocar a bandidagem

presentes, reforçando as ações do policiamento de rotina, foram definidos com base nas análises criminais feitas pela PM, ou seja, nos estudos das estatísticas sobre os locais, incidência e tipos de crimes.

A ‘Guardião III’ se estenderá até o dia 31 de dezembro em diferentes regiões de Cuiabá, Várzea Grande e cidades vizinhas. Ontem, durante o dia todo e parte da noite, os policiais atuaram em bairros como Santa Izabel, Cidade Alta, Cidade Verde e Coophamil.

Nas duas primeiras edições dessa operação a PM prendeu 1.170 pessoas, desses 339 em flagrante delito e 99 foragidos da justiça. Também apreendeu 480 quilos de droga e 179 armas de fogo, recuperou 43 veículos roubados e apreendeu 205 por irregularidades diversas.

Leia Também:  Polícia Civil cumpre quatro buscas em operação de repressão a roubos de veículos

No lançamento, o coronel Carlos Eduardo Pinheiro, comandante do Cesp, destacou que essa operação tem como foco a repressão aos crimes de roubo,  homicídio, tráfico de droga, homicídio, porte ilegal de armas de fogo entre outros.

Pinheiro reforçou a importância das tropas especializadas nas ruas citando como exemplo um dos resultados das primeiras edições: “tiramos de circulação quase meia tonelada de drogas”.

O comandante geral da PM, coronel Jonildo José de Assis, disse que a ‘Operação Guardião’ nasceu com o propósito de tornar o Comando Especializado mais proativo no sentido do emprego operacional, de não se limitar ao apoio das atividades operacionais das demais unidades militares.

Assis assinalou que as tropas atuam nos locais onde os índices estão alterados e dentro de planejamentos estratégicos feitos a partir de análises criminais, ou seja, de dados estatísticos.

De acordo com o comandante, esse reforço que está nas ruas será agregado a operação de final de ano que a PM lançará semana que vem. “A ‘Guardião’ é uma importante inovação do Comando Especializado nas ações de segurança em 2019”, avaliou Assis.

Leia Também:  Avião do Governo tem pane durante decolagem e sofre acidente no interior de MT

Continue lendo

Policial

Denúncia anônima no 190 leva PM a prender traficante ligada a grupo criminoso CV

Publicado

A guarnição da VTR 3708, recebeu uma denúncia anônimas, que no endereço em tela tinha acabado de ter chegando um carregamento de entorpecentes, de uma facção criminosa denominada ” Comando Vermelho “, onde chegando no local entramos em contato com a senhora Valdenice, proprietária da residência que franqueou a entrada da guarnição após ser informada da denúncia, foram feitas varreduras no quintal da residência e no interior, porém nada foi encontrado, que então a guarnição pm subiu no muro da referida residência, onde dava fundo com um matagal, que fazendo varredura neste local foi localizado no matagal dentro de uma sacola, uma barra e meia de substância analóga a Pasta base de cocaina e dois rolos rolos de papel filme, muito usado para embalagens de entorpecentes.

Iindagada a senhora V.S.B. , a respeito dos entorpecentes, Ela disse que seria de seu filho . Onde foi indagado a demais vizinhos sobre a denuncias e os vizinhos anonimamente falaram que a V. comercializa entorpecentes junto com seu filho , onde ambos possuem passagem por trafico de entorpecentes. Diante dos fatos a guarnição fez a condução da suspeita ate a central de flagrantes para confecção do Boletim de Ocorrência e demais providências Cabíveis que o caso requer, a suspeita foi entregue sem lesões corporais e sem uso de algemas.
Suspeita

V.S. B. idade: 43 Anos.
( Possui uma passagem por tráfico de Entorpecente no Ano de 2011).

Leia Também:  Polícia Civil cumpre quatro buscas em operação de repressão a roubos de veículos
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana