conecte-se conosco


Policial

PRF em Mato Grosso concentra maior apreensão de madeiras do País

Publicado

Em 2019 já foram recolhidos 6.542 m³ do produto, o que corresponde a 327 caminhões carregados

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Mato Grosso é a superintendência que mais apreende madeira irregular no País. Em 2019, apenas até o início de dezembro, já foram recolhidos 6.542 m³ do produto, o que corresponde a 327 caminhões carregados.

As últimas apreensões ocorreram na terça-feira (10) na BR-163, em Guarantã do Norte e Matupá, quando 103m³ de madeira foram retidos e três pessoas acabaram presas.

Os flagrantes são feitos quase diariamente pela PRF em Mato Grosso. Mais de 90% da madeira apreendida é do tipo serrada e estima-se que é necessário em média uma árvore para produzir cada metro cúbico deste produto. Portanto, apenas o volume retido neste ano representa cerca de 6 mil árvores derrubadas sem autorização dos órgãos ambientais.

As principais irregularidades cometidas são o transporte sem Guia Florestal ou Documento de Origem Florestal, a reutilização de documentação emitida para outra carga ou mesmo documentação falsa.

Leia Também:  Polícia Civil prende 4 e apreende mais 90 porções de droga em Poconé

As espécies mais encontradas nos flagrantes são a Itaúba e o Angelim, mas há também a Castanheira, com corte e comercialização proibidos no Brasil. Muitas vezes, os policiais localizam espécies ou quantidades divergentes do que está sendo declarado.

Essas são algumas das formas encontradas por madeireiros, comerciantes e transportadores para esconder a extração ilegal, conforme explica o PRF Héber Araújo “Essa madeira não está registrada no banco de créditos florestais junto aos órgãos ambientais competentes, então eles simulam a emissão de documentos e tentam dar aparência de legalidade. Esse lucro obtido ilegalmente é prejuízo para o meio ambiente e para a sociedade já que o meio ambiente é um bem de uso comum e essencial à sadia qualidade de vida”.

Normalmente as madeiras ilegais vem do Pará, de Rondônia e do Amazonas e tem como destino o Sul, Sudeste e Centro Oeste do País.

Nos flagrantes feitos pela PRF, são identificados o transportador, o comerciante e o madeireiro como autores no crime ambiental referente a transportar, adquirir ou vender madeira sem licença válida. “As penas para esses infratores vão deste a detenção, aplicação de multas e também perda do material envolvido no crime, como os veículos e equipamentos”, destaca Araújo.

Leia Também:  Polícia Civil prende homem por agredir e cortar orelha de vítima

A madeira é apreendida e pode ser doada ao final do processo para instituições públicas ou entidades assistenciais e ainda leiloada e revertida para os órgãos de segurança pública e ambientais.

Em Sorriso, por exemplo, madeiras apreendidas pela PRF já se transformaram em quiosques, bancos, mesas e passarelas da Área Verde Central do município e em pontes na área rural. Em outros municípios, foram leiloadas e o valor arrecadado foi utilizado para equipar forças de segurança.

*O policial Héber Araújo, da 6ª Delegacia da PRF em Sorriso, é consultor técnico do Grupo de Enfrentamento aos Crimes Ambientais (Gecam) da PRF e especialista em educação ambiental e sustentabilidade.

Neocleciana Gonçalves – SECOM PRF MT

Fonte: PRF MT
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Policial

PRF prende dupla suspeita de aplicar golpe em locadora

Publicado

Hilux havia sido locada em São Paulo em novembro e não foi devolvida à empresa

Uma Hilux, subtraída de uma locadora de São Paulo, foi recuperada ontem (22), em Cáceres/MT, pela PRF (Polícia Rodoviária Federal). Dois homens foram presos pelo crime de receptação.

Agentes da PRF faziam fiscalizações na BR-070 quando decidiram parar o veículo, ocupado por dois rapazes. Ao ser questionado sobre a procedência da caminhonete, o motorista de 27 anos alegou que havia sido alugada por um amigo morador de Maranhão, o qual nem sabia o nome.

Os policiais então entraram em contato com a locadora e descobriram que o veículo havia sido locado e não devolvido no prazo, que venceu em novembro de 2019, por isso, a empresa registrou boletim de ocorrência.

O condutor e o passageiro, de 19 anos, foram presos e encaminhados à Polícia Civil de Cáceres pelo crime de receptação.

Neocleciana Gonçalves – SECOM PRF MT

Fonte: PRF MT
Leia Também:  Lutador de MMA é preso em Cuiabá após assassinar empresário por disputa de terras no Pará
Continue lendo

Policial

Policial Militar acusado de atirar em mulher já foi denunciado por extorsão

Publicado

O policial militar Weberth Batista Ribeiro, um dos suspeitos de atirar em uma mulher, na noite de sexta-feira (17), no município de Sorriso, já responde a denúncia criminal oferecida pelo Ministério Público do Estado de Mato Grosso, em novembro do ano passado, pela prática de extorsão. Na ocasião, a Promotoria de Justiça representou pela prisão temporária do acusado e depois pela conversão em preventiva. Ele chegou a ser preso, mas posteriormente foi colocado em liberdade.

Consta na denúncia que o policial realizou campanas nas proximidades da residência e estabelecimento comercial de um empresário também da cidade de Sorriso para intimidá-lo a efetuar o pagamento de R$ 45 mil. Ele chegou a invadir o estabelecimento comercial da vítima, desferiu um soco em uma câmera de segurança e na sequência passou a pressioná-la fazendo ameaças com expressões provocativas e sugerindo estar armado. Toda a ação foi gravada pelo circuito interno.

Além dele, foram denunciadas outras duas pessoas, incluindo o gerente de uma rede de supermercados do município.

Leia Também:  Acusado de matar esposa no Paraná é preso pela Polícia Civil em Salto do Céu

INQUÉRITO: No âmbito cível, o Ministério Público instaurou duas portarias para investigar a prática de atos de improbidade administrativa contra o policial militar. A primeira refere-se aos fatos relacionados à extorsão de comerciante para cobrança de dívida, e a segunda sobre as agressões físicas e tentativa de homicídio. Nesse último caso, além dele, também está sendo investigado o policial Ezio Souza Dias.

A tentativa de homicídio ocorrida em Sorriso foi registrada por uma câmera de vídeo, cujas imagens viralizaram em todo o país. As cenas mostram a abordagem, o crime e o socorro às vítimas.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana