conecte-se conosco


Policial

PRF apreende veículo adulterado e documento falso em Pontes e Lacerda/MT

Publicado


.

Uma pessoa foi detida e um veículo, com sinais de adulteração, foi apreendido pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), na tarde de sexta-feira (28), durante fiscalização, em Pontes e Lacerda.

Por volta de 15h34, a equipe que atuava na BR-174, abordou o veículo Toyota/Hilux, de cor vermelha e placas de Tramandaí/RS. O condutor, de 34 anos, imediatamente parou o veículo. Ao se aproximar, os policiais verificaram a presença de mais duas pessoas, uma mulher de 29 anos, namorada do condutor e um menor, 17 anos, celga do condutor.

Todos os ocupantes apresentaram-se bastante nervosos. Questionado, o condutor disse que estava em viajando, acompanhado da namorada, para visitar a mãe, em Porto Velho/RO. O colega estaria pegando uma carona, com origem em Goiânia/GO.

O documento do veículo (CRLV) apresentava sinais de falsidade, bem como em fiscalização minuciosa no veículo, foram encontrados diversos sinais de adulteração em elementos identificadores. O condutor não soube explicar a ilicitude do CRLV, nem dos indícios de adulteração veicular e disse que recebeu o documento, quando comprou o veículo.

Os outros ocupantes também afirmaram desconhecer as ilegalidades do veículo e documento.

Diante da situação, o condutor, documento e veículo foram encaminhados para Polícia Civil de Pontes e Lacerda, em princípio, por adulteração de sinal identificador de veículo automotor e uso de documento falso. Os ocupantes foram encaminhados como testemunhas.

SECOM PRF MT
e-mail: [email protected]
Instagram: @prf_mt

Fonte: PRF MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Policial

PM prende suspeitos de sequestrar e matar ex-jogador de futebol

Publicado

A Polícia Militar do 11º Batalhão prendeu dois homens de 30 e 21 anos por sequestro e homicídio da vítima identificada como William Sant’Ana de 21 anos, na última sexta-feira (17), em Sinop. Ele era ex-jogador de futebol e os suspeitos confessaram que participaram do crime e informaram onde haviam ocultado o corpo da vítima.

A ação contou com o apoio de policiais do Grupo Raio, do GAP (Grupo de Apoio) e da Agência Regional de Inteligência (ARI). Segundo o boletim de ocorrência, após a Polícia Militar solicitar análise local de uma tornozeleira eletrônica à ARI, foi verificado que o homem de 30 anos esteve na hora e no local do crime. Diante das informações, os policiais iniciaram patrulhamento pelo bairro Boa Esperança, em Sinop, e localizaram o primeiro suspeito.

Durante a abordagem, o suspeito confessou o crime e contou que a vítima teria praticado um crime de estupro e que durante o sequestro, dentro do carro, a quadrilha havia feito vídeochamada por celular mostrando a vítima para integrantes de uma organização criminosa. O suspeito contou ainda que ficou no carro, enquanto a vítima era executada e que chegou a ouvir dois disparos de arma de fogo.

O suspeito indicou para a PM o local que onde haviam escondido o corpo da vítima, uma mata de difícil acesso, às margens do Rio 15. Os policiais fizeram o isolamento da área e acionaram a Polícia Judiciária Civil.  O homem já preso pela PM informou ainda o envolvimento de um outro indivíduo, de 19 anos, que foi localizado no bairro Boa Esperança pela guarnição do RAIO.

O comparsa confirmou os fatos narrados pelo primeiro suspeito preso. Os dois homens foram encaminhados para a Delegacia. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

Continue lendo

Policial

Policiais civis participam de curso para manuseio de Drone ministrado pelo Sindicato Rural de Canarana

Publicado


Assessoria | Polícia Civil-MT

 

Durante uma semana de qualificação, dezoito policiais civis lotados na Delegacia Regional de Água Boa (730 km a leste de Cuiabá) participaram do curso de “Treinamento de Operação de Aeronave Remotamente Pilotada – Drone”, promovido pelo Sindicato Rural do município de Canarana (823 km a leste da Capital).

O curso dividido em duas turmas iniciou na segunda-feira (13.09) e encerrou no sábado (18.09), com a participação de 30 profissionais da segurança pública, entre policiais civis, militares, penais, bombeiros militares e peritos.

 

Foram ministradas aulas teóricas e práticas, e ao final os alunos receberam o Certificado emitido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR-MT). 

Além dos servidores da região de Água Boa, dois policiais civis da Delegacia Regional de Barra do Garças também estiveram presentes no curso, que teve como principal objetivo o manuseio desta ferramenta de grande relevância para a modernização dos trabalhos policiais. 

 

Atualmente as diligências investigativas tem exigido cada vez mais o uso de novas tecnologias para o enfrentamento do crime organizado, sendo que o equipamento drone se encaixa nessas inovações tecnológicas. 

 

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana