conecte-se conosco


Policial

PRF apreende carga de carvão vegetal com documentação irregular

Publicado


No dia de ontem (27), uma equipe da Polícia Rodoviária Federal realizou abordagem em frente à Unidade Operacional do município de Pontes e Lacerda/MT, momento em que fiscalizou uma carreta.

Durante os procedimentos, a equipe da PRF solicitou a documentação da carga – carvão vegetal. Neste caso, é exigido para o transporte do produto um Documento de Origem Florestal (DOF). Esta licença eletrônica é obrigatória para o transporte, beneficiamento, comércio, consumo e armazenamento de produtos florestais de origem nativa.

Na referida documentação, entregue pelo motorista, constava que a carga transportada era proveniente de Porto Velho/RO, tendo como destino final o município de Cuiabá/MT e que deveria ter um total de 70,92 MDC (Metros de Carvão) de carvão vegetal.

Os policiais efetuaram as consultas e constataram que a DOF estava dentro da validade. Porém, a rota a qual o veículo deveria seguir era pela BR 364, itinerário diverso do que foi feito, visto que o veículo foi abordado na BR 174, em Pontes e Lacerda/MT.

Diante disso, procederam à medição do volume da carga e observaram 94,70 MDC – um total de 23,78 MDC acima do autorizado pela documentação. Dessa forma, as divergências invalidam a licença.

Diante das informações obtidas, a empresa emissora da DOF, o destinatário da madeira, o transportador, o tomador do serviço e o condutor do veículo foram enquadrados em crime contra a flora, por “Transportar, adquirir, vender madeira sem licença válida”.

O veículo e a carga foram apreendidos e estão à disposição do Ministério Publico e do Poder Judiciário de Pontes e Lacerda. O condutor prestou o compromisso de comparecimento em audiência.

Fonte: PRF MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Policial

Grupo que faturou R$ 350 milhões com tráfico e lavou dinheiro em postos é alvo da PF

Publicado

São cumpridos oito mandados de prisão em Cuiabá, Várzea Grande, Mirassol D’Oeste, Poconé e Pontes e Lacerda [Foto -Polícia Federal]

A Polícia Federal deflagrou, nesta segunda-feira (16), nos municípios de Cuiabá, Várzea Grande, Mirassol D’Oeste, Poconé e Pontes e Lacerda, a “Operação Jumbo”, onde foram expedidos pela 7ª Vara Criminal de Cuiabá-MT, 8 mandados de prisão preventiva,  29 mandados de busca e apreensão, além do sequestro de diversos bens.

A investigação da Polícia Federal evidenciou uma grande organização criminosa voltada ao tráfico de drogas e lavagem de dinheiro, que movimentou a quantia aproximada de R$ 350 milhões  num período de 4 anos.

Foi apurado, também, que a organização criminosa adquiria a cocaína no município de Porto Esperidião/MT, acondicionava em Mirassol D`Oeste, para, depois, distribuí-la em Cuiabá.

No decorrer da investigação, com o apoio da do setor de inteligência da Polícia Militar e do Gefron, foi possível interceptar 2 carregamentos de drogas, totalizando 210 quilos de cocaína.

Além disso, a investigação apontou que a organização criminosa utilizava postos de combustíveis em Cuiabá-MT para a lavagem de dinheiro decorrente do tráfico de drogas.

As investigações e diligências contra o tráfico de drogas continuam, com especial atenção à prisão das lideranças e descapitalização de organizações criminosas.

 

 

 

 

 

Continue lendo

Policial

Polícia Civil prende em flagrante autor de homicídio de mulher ocorrido em Cotriguaçu

Publicado

O autor de um homicídio qualificado foi preso em flagrante pela Polícia Civil, na tarde deste domingo (15.05), em Colniza, quando tentava fugir para o estado de Rondônia após cometer o crime que vitimou uma mulher, em Cotriguaçu.

O homicídio ocorreu na madrugada deste domingo, no distrito de Nova União, município de Cotriguaçu. Lindalva do Nascimento, 45 anos, foi encontrada morta dentro de sua residência. Ela tinha diversas perfurações causadas por arma cortante.

Na manhã de domingo, a Polícia Militar foi comunicada por um morador do distrito que foi até a casa da vítima levar uma encomenda que ela havia feito. Ao chegar à casa, ele viu marcas de sangue e imediatamente chamou a polícia.

A equipe da Delegacia da Polícia Civil de Cotriguaçu foi para o local e iniciou a coleta de informações para esclarecer o crime. A vítima foi encontrada em cima da cama e pelos vestígios no local, ela foi atingida entre a sala e a cozinha e foi arrastada até o quarto. O corpo estava com uma toalha enrolada e diversas  perfurações no pescoço.

A vítima e o suspeito foram vistos mais cedo em um estabelecimento comercia. Durante as diligências, os policiais civis foram informados de que o suspeito fugiu de motocicleta para a cidade de Colniza e de lá iria para Ji-Paraná, em Rondônia.

A Delegacia de Colniza foi acionada e a equipe seguiu em buscas e checou que neste domingo não tinha nenhum ônibus com destino ao estado vizinho. A procura pelo suspeito continuou e ele foi encontrado na casa da avó, onde já estava embarcando no veículo de um conhecido para fugir.

O delegado Bruno França deu voz de prisão e o suspeito foi conduzido para a delegacia de Colniza onde foi autuado em flagrante.

O crime terá inquérito instaurado pela Delegacia de Cotriguaçu, que investigará a motivação e circunstâncias do homicídio.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana