conecte-se conosco


Cuiabá

Presidente retira reforma da previdência de pauta

Publicado


.

O presidente da Câmara Municipal de Cuiabá, vereador Misael Galvão (PTB), retirou de pauta o projeto de lei que trata sobre a reforma da previdência. A matéria deveria ter sido apreciada durante sessão extraordinária realizada na manhã desta terça-feira, dia 23.

O petebista, entretanto, atendeu ao pedido de alguns vereadores que pediram para avaliar melhor o texto. Como a mensagem estava em regime de urgência, o pedido de vistas não era possível. Desta forma, o presidente optou por retirar a matéria de pauta.

A reforma previdenciária municipal aumenta a alíquota de contribuição incidente na remuneração dos servidores públicos de 11% para 14%.

A medida visa adequar a legislação municipal em razão das alterações promovidas no sistema previdenciário pela Emenda Constitucional nº103/2019, que trouxe mudanças consideráveis no que se refere à regra do regime próprio de previdência social.

Kamila Arruda / Câmara Municipal de Cuiabá

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cuiabá

Com comidas regionais e artesanatos, projeto “Festa na Praça” é lançado na Alencastro

Publicado


Luiz Alves

Clique para ampliar

“Me sinto valorizada em participar deste projeto”, afirma a artesã Helena Bastos Monge. Para ela, a ação da Prefeitura de Cuiabá, Serviço Social do Comércio- Sesc/Fecomércio e Rádio Conti, fomenta o potencial dos empreendedores. A inicitiva com a ação ‘Festa na Praça’ é uma importante estratégia de valorização do artesanato e gastronomia local. A primeira edição do evento foi lançada na tarde de quarta-feira (27) e contou com expressiva aprovação popular. 

De acordo com o secretário municipal de Turismo, Oscarlino Alves, o principal objetivo é trazer o “Bulixu”, que é a feira de culinária e artesanato que acontece no Sesc Arsenal nas noites de quinta para as praças da capital. Ele destaca que este projeto foi uma iniciativa da gestão Emanuel Pinheiro que busca valorizar os artistas locais e fomentar o turismo e apresentada para a diretoria do Sesc que apoiou o projeto “Festa na Praça”.

“Pensamos em um projeto popular para atrair a população para os espaços públicos, com dois conceitos. A praça Alencastro que é um local de transição, onde passam diariamente os trabalhadores, estudantes e no Jardim das Américas, englobando os moradores dos bairros. O turismo foi um dos setores mais afetados pela pandemia e a gestão tem pensado muito em todos os trabalhadores”, pontua.

Para o secretário municipal de Governo, Luís Cláudio Sodré, essa parceria em trazer a cuiabania para as praças é um trabalhado de valorização desde o inicio da gestão Emanuel Pinheiro. “O projeto será levado para outras praças da cidade, dando a oportunidade de fomentar em todas as regiões de Cuiabá a cultura Cuiabana, exposto no artesanato, na música, na gastronomia”, explica.

Segundo o diretor Regional do Sesc/Senac, Carlos Rissoto, este projeto vem sendo desenhando como uma forma de agregar a população e levar esta cultura cuiabana para o centro da cidade e para os bairros.

“Um projeto que vai movimentar a sociedade, vai atrair as pessoas para as praças, mostrando a gastronomia cuiabana e o acolhimento popular que é típico da nossa sociedade. Este é um projeto piloto em parceria com a Prefeitura de Cuiabá que tem tudo pra dar certo”, ressalta.

A artesã Malu Jara esta iniciativa em realizar um projeto que valoriza os microempreendedores é de grande valor. “Isso nos motiva ainda mais a continuar desenvolvendo nosso trabalho, pois sabemos que teremos outros lugares onde nós iremos expor nosso trabalho, isso é um reconhecimento gigantesco”, finaliza.

Continue lendo

Cuiabá

Auxiliar administrativo relembra 32 anos de atuação no serviço público

Publicado


Jose Ferreira

Clique para ampliar

A carreira pública de Valdirson Gonçalo Ribeiro Pires, 61 anos, teve início em 1989 como auxiliar administrativo no Progresso e Desenvolvimento da Capital, o extinto Prodecap, da Prefeitura de Cuiabá. Lá, atuou por cerca de seis anos e, logo após a extinção do órgão, passou a desempenhar atividades perante a então Secretaria de Agricultura. Logo depois, atuou em outras quatro pastas do Executivo, auxiliando à população.

“Estou aqui para servir e não para me servirem. Minha função é recepcionar e informar todos que procuram o município e tirar dúvidas. Lá fora há pessoas que pagam seus compromissos municipais e são elas a quem devemos enaltecer e engrandecer, pois são as verdadeiras sustentadoras da nossa vida”, afirmou, em tom de humildade, “Seo Pires”, como também é conhecido na Prefeitura de Cuiabá. 

 “Eu amo trabalhar no município, conversando e ajudando as pessoas. Se pegarem o meu histórico funcional nunca cheguei atrasado e faltei pouquíssimas vezes. E foi aqui que fiz amigos verdadeiros que serão levados para sempre comigo”, afirma.

Em 2003 fez o concurso do município para auxiliar de serviços gerais e passou, se tornando assim efetivo. Nesta época, ele conta que foi designado para ficar na recepção do Alencastro. Lá, fez amizade com os munícipes e funcionários. Depois de anos dedicados à recepcionar e informar quem necessitava de ajuda,  foi para a Secretaria de Gestão.

Orgulhoso, conta que por ser um dos primeiros a chegar recebeu as chaves do gabinete para que sempre pudesse manter a organização do espaço.

“É uma vida dedicada ao serviço público. Durante a minha carreira desempenhei diversas funções e sou muito grato a Deus por ter me dado esta oportunidade. Fiz da prefeitura minha segunda casa”, ressaltou o servidor.

Uma de suas recordações ao longo de anos de atuação, versa sobre quando  barrou o prefeito Emanuel Pinheiro na porta do gabinete da secretária de gestão. Ele recorda que naquele dia o gabinete estava cheio de pessoas que iriam despachar com a então titulr da pasta. “O prefeito chegou entrando, neste momento, pedi para Emanuel aguardar pois iria anunciar a chegada, já que existiam outras pessoas esperando. A atitude do prefeito foi a melhor, deu aquela risada e disse que eu estava correto, mas levei um puxão de orelha depois da gestora. Pouco depois gargalhamos com tudo isso”, pontua.

São quase 32 anos de casa e muitas histórias. Agora, aos 61 anos de idade Pires, já entrou com pedido de aposentadoria e está em abono permanência. 

“Não quero parar de trabalhar, quando me aposentar ou eu volto com um cargo de comissão ou vou desenvolver minha segunda paixão, que é a culinária. Meu mais conhecido prato é o peixe recheado que faço. Nada de ficar em casa, acredito que vou trabalhar até quando minha saúde me permitir”, reforça. Como cuiabano nato, nascido e criado no bairro ‘Cai-Cai’, o servidor mostra orgulhoso de sua contribuição ao desenvolvimento da cidade.

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana