conecte-se conosco


Internacional

Presidente da Coreia do Sul participará da Assembleia Geral da ONU

Publicado

O escritório do presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, informou que ele fará uma visita oficial aos Estados Unidos neste mês para participar da Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU).

Uma porta-voz da presidência anunciou na sexta-feira, (13) que Moon fará esta visita entre os dias 22 e 26 de setembro, e fará um discurso na assembleia da ONU, em Nova York, no dia 24.

A porta-voz disse que Moon vai se encontrar também com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e que os dois lados estão agora tentando acertar as agendas.

Trump e Moon deverão discutir a Coreia do Norte. Trump expressou sua intenção de se encontrar mais uma vez, neste ano, com o líder norte-coreano Kim Jong Un.

A Coreia do Norte disse estar pronta para reiniciar conversações com os Estados Unidos, sobre a desnuclearização a nível de trabalho, no final de setembro.

Não ficou claro se o Japão vai estar na agenda da reunião entre Trump e Moon.

Os Estados Unidos haviam exortado a Coreia do Sul a prorrogar o pacto de compartilhamento de inteligência com o Japão, conhecido como Acordo de Segurança Geral de Informações Militares, que Seul havia decidido cancelar.

A porta-voz de Moon disse que o presidente sul-coreano também vai se encontrar com o secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, para a realização de reuniões individuais com outros líderes mundiais, cujos nomes não foram divulgados.

 

Edição:
publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Internacional

Após 14 anos de buscas, pais encontram filho sequestrado na China

Publicado


source
Sun Haiyang e Peng Siying reencontraram o filho sequestrado após 14 anos de buscas na China
South China Morning Post

Sun Haiyang e Peng Siying reencontraram o filho sequestrado após 14 anos de buscas na China

Após 14 anos de buscas, um casal da China reencontrou o filho sequestrado na cidade de Shenzhen, no sudeste do país, quando ele tinha apenas quatro anos. O pai, Sun Haiyang, e a mãe, Peng Siying, venderam propriedades para financiar a procura e ofereceram até uma recompensa de 200 mil yuan (R$ 176 mil na cotação atual) por informações sobre o paradeiro de Sun Zhuo.

A história serviu de inspiração para o filme “Dearest” (2014), dirigido por Peter Chan. O menino foi levado por um homem que lhe ofereceu um brinquedo e doces e não foi visto desde então. Ao longo dos anos, os pais receberam diversos alarmes falsos de que o filho teria sido encontrado, todos descartados após testes de DNA. Neste ano, porém, a polícia de Shenzhen confirmou após um exame que o filho desaparecido vivia em Shandong, no leste da China.

Reconhecimento facial

O reencontro ocorreu nesta segunda-feira, organizado pelo Ministério da Segurança Pública do país. As autoridades rastrearam o filho desaparecido após uma tecnologia de reconhecimento facial identificar o suspeito, de sobrenome Wu. O homem foi detido acusado de cometer dois sequestros de crianças, incluindo o de Zhuo. O pai e a mãe adotivos do menino foram libertados sob fiança e aguardam julgamento sobre o caso.

Em entrevista à emissora China Central Television, Sun Zhuo disse que não pretende viver com os pais biológicos, já que os adotivos cuidaram dele por mais de dez anos, mas reforçou que agora tem duas famílias.

“Eu tenho uma nova casa agora, mas ambos são meus pais” , disse o jovem, que cursa o último ano do Ensino Médio.

Segundo o portal Global Times, desde que o Ministério da Segurança Pública lançou a plataforma de alerta de crianças desaparecidas chamada Tuanyuan (Reunião, em português) em 2016 e lançou uma campanha nacional de luta contra o tráfico de pessoas em janeiro, um total de 8.307 crianças perdidas foram encontradas até novembro.

Fonte: IG Mundo

Continue lendo

Internacional

Olaf Scholz é eleito novo chanceler da Alemanha para suceder Merkel

Publicado


source
 Olaf Scholz, novo chanceler da Alemanha
Reprodução/Flickr

Olaf Scholz, novo chanceler da Alemanha

Os 16 anos de Angela Merkel à frente da Alemanha chegam ao fim nesta quarta-feir a, com a transferência do governo para a coalizão tripartite liderada pelo social-democrata Olaf Scholz .

Ao novo chanceler, caberá não só suceder uma das líderes mais populares e respeitadas do planeta, mas também guiar a principal economia da Europa em um momento de turbulências múltiplas que vão da pandemia à crise interna na União Europeia.

Scholz e o seu governo conjunto com os Verdes e o Partido Democrático Liberal (FDP) — a primeira aliança tripla alemã após a Segunda Guerra Mundial — foram formalmente eleito pelo Bundestag, o Parlamento do país, na manhã desta quarta, endossado por 395 dos 736 parlamentares em uma votação secreta.

Os três improváveis parceiros, cujas desavenças por si só devem complicar a vida novo chanceler, prometem ter como prioridade acelerar a transição verde alemã, combater a pandemia e fortalecer o bloco europeu.

Fonte: IG Mundo

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana