conecte-se conosco


Várzea Grande

Prefeitura retoma mais 4 obras dos Centros Educacionais Infantis

Publicado

Após toda parte legal tramitada, obras da Educação dão prosseguimento. O projeto da prefeitura de Várzea Grande de entregar 16 Centros Municipais de Educação Infantil – CMEIs -, até o final do ano de 2020, está em andamento. Foi publicado hoje-04/11, em Diário Oficial dos Municípios a retomada das obras de construção dos últimos 4 projetos padrão – do Proinfância – do Fundo Nacional de Desenvolvimento Educacional, para os bairros Residencial Gilson de Barros, Residencial Novo Mundo, Novo Mato Grosso e Residencial Milton Figueiredo. Do total de 16 CMEIs, 4 creches já foram entregues, 8 estão com obras em execução, e agora mais 4 com autorização para dar início a retomada das obras.

A prefeita Lucimar Sacre de Campos e os secretários municipais, Silvio Fidélis – Educação, e Kalil Baracat – de Governo, percorreram nesta manhã (4), as obras em andamento destes Centros Educacionais Infantis, que segundo a prefeita o objetivo de entregar estes Centros e aumentar mais de cinco mil vagas neste setor educacional, e proporcionar aos pais e crianças acesso a educação de qualidade.

“Temos um macro projeto na área de Educação de proporcionar acomodações mais seguras e confortáveis aos alunos, professores e servidores da Educação. Estamos investindo pesado em obras de novas escolas, reformas, reparos, dentro de um conceito de padronização das escolas municipais. Este é um dos maiores programas de reforma de escolas públicas municipais e novas construções já realizado em Várzea Grande, cujo levantamento indicou as unidades mais prementes para as intervenções de melhorias e investimentos, acordados com as necessidades dos bairros, para abertura de novas vagas. O pacote de investimento está sendo executado conforme os recursos que chegam dos convênios junto ao Ministério da Educação e outros com recursos próprios. Queremos chegar no final do mandato com todas as unidades escolares já existentes reformadas, e as novas entregues a população”, afiançou a prefeita.

As unidades em obras visitadas hoje pela prefeita e secretários foram as localizadas nos bairros Jardim dos Estados, Mapim – Campo do Ponteiro -, e a creche do Vila Arthur. Os investimentos na construção das 16 creches, incluindo recursos do Governo Federal e contrapartida do município, giram em torno de R$ 30,8 milhões. Os novos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEI’s) seguem o projeto padrão do programa Proinfância do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

Segundo o secretário de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, Silvio Fidélis, os investimentos não param por aí, estão sendo aplicados também mais R$ 7,5 milhões em manutenção predial em 35 unidades Escolas Municipais de Educação Básica (EMEBs) e Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) para melhorias de infraestrutura e acessibilidade.

“Neste mês de novembro vamos dar ordem de serviço para finalizar as reformas em mais 30 unidades, cuja intenção é totalizar em 100% as unidades com intervenção em obras. Serão reparos elétricos e hidráulicos, pintura em geral, reparos de calçadas e muros, troca de vidros, portas, janelas e calhas, readequação de banheiros e troca de mobília, entre outros, todos executados com recursos do Tesouro Municipal”, disse Silvio Fidélis.

A prefeita Lucimar Sacre de Campos, disse que a manutenção predial tem a finalidade de garantir o bom funcionamento da Rede Municipal de Ensino e proporcionar a melhoria da aprendizagem dos estudantes. “Vamos priorizar obras de construção, ampliação e manutenção em escolas de norte a sul do município. Esse é um investimento significativo para garantir boas condições de aprendizagem aos estudantes de Várzea Grande. A escola desenvolve um papel primordial na vida das nossas crianças, que é transmitir o conhecimento e ensinar o valor da convivência comunitária e familiar”, sublinha.

Para a prefeita, a ação representa o compromisso da Administração com uma escola transformadora. “Estamos investindo na educação inovadora para preparar nossas crianças para um futuro próspero com possibilidades positivas”, frisa.

De acordo com Silvio Fidélis, a intenção da gestão é investir em infraestrutura para que os estudantes se sintam acolhidos, valorizados, e rendam mais nos estudos. “Por isso a participação de toda a comunidade escolar na definição das obras é fundamental, tanto pela escolha da intervenção quanto pela transparência e controle da aplicação do recurso público”, explica.

Silvio Fidélis avalia que os investimentos feitos para melhorar a acessibilidade e segurança dos estudantes são fundamentais. “Com a padronização das unidades escolares fortalece as políticas públicas educacionais da Educação Infantil, elevando os índices de ensino aprendizagem do município. São melhorias que fazem toda a diferença na vida da comunidade escolar”, destaca.

Por: Da Redação – Secom/VG

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Várzea Grande

Várzea Grande prorroga validade de Concurso público e convocará novos servidores

Publicado


.

09/04/2020    5

Acolhendo recomendação da prefeita Lucimar Sacre de Campos, o Comitê de Enfrentamento ao Novo Coronavírus  –  Covid – 19, que centraliza todas as decisões administrativas da segunda maior cidade de Mato Grosso, determinou a prorrogação dos concursos públicos realizados em 2018 e que vencem neste primeiro semestre de 2020.

O maior concurso realizado dos últimos anos, para mais de 2,6 mil vagas, os mesmos serão prorrogados por mais dois anos, portanto até 2022, como prevê a legislação, em que pese, as duas principais secretarias municipais, com mais de 60% das vagas, Saúde e Educação, já terem convocados mais de 90% dos aprovados e em alguns casos chamados até classificados, que são aqueles que ficaram além das vagas disponíveis, mas podem ser chamados diante da necessidade do Poder Público.

“As prioridades são para Saúde e Educação até para se garantir o atendimento às pessoas que necessitam neste momento de dificuldades”, disse o presidente do Comitê de Enfretamento e secretário de Governo, Kalil Baracat.

Os secretários de Saúde, Diógenes Marcondes e de Educação, Silvio Fidélis assinalaram que paulatinamente nos últimos meses houve convocações, mas diante do crescimento da necessidade, é possível que classificados sejam convocados para assumirem as vagas diante da necessidade provocada pela pandemia que exige de ambas as áreas uma ampliação dos serviços prestados nestas duas áreas essenciais.

“A rotatividade na área da Saúde é muito grande e sempre temos mais demandas, inclusive porque, novas unidades serão entregues nos próximos dias, para reforçar a Atenção Básica, deixando as unidades de urgência e emergência como as UPAS e o Hospital e Pronto Socorro para os casos que exigem maiores cuidados, pois 90% dos problemas são solucionados na Atenção Básica”, disse Diógenes Marcondes da Saúde de Várzea Grande.

Ele ponderou que quando a prefeita Lucimar Sacre de Campos assumiu em 2015, Várzea Grande não atendia nem 20% de cobertura na Atenção Básica e com as obras que serão entregues neste ano, atingirá a 90%, sinalizando que a cidade cresce, como também sua população uma média de 7% ao ano e isto exige mais investimentos e mais pessoal especializado.

Já para o secretário de Educação Silvio Fidélis, a grande maioria dos aprovados no último concurso já foram convocados e também já chamados os classificados. “Professores foram todos convocados para assumirem e já chamamos classificados, assim como outras funções primordiais para a Educação Pública”, explicou.

Ele ponderou que várias medidas estão sendo executadas e outras planejadas para atender as demandas em tempo de pandemia. “Estamos planejando para eventualmente atender as exigências do ano letivo, seja com materiais pedagógicos para os alunos cumprirem seu aprendizado, seja com a reposição das aulas necessárias .Se este quadro perdurar vai demandar mais pessoal e mais investimentos”, disse Silvio Fidélis.

“Estaremos preparados para evitar que os alunos da Rede Pública Municipal de Várzea Grande tenham prejuízo no seu aprendizado e no ano letivo de 2020”, sinalizou o secretário de Educação que cuida de mais de 29 mil alunos.

 

Por: Da Redação – Secom/VG

Continue lendo

Várzea Grande

Várzea Grande contabiliza 03 curas e vai endurecer fiscalização do comércio

Publicado


.

08/04/2020    3

Várzea Grande voltou a receber uma boa notícia em relação ao combate ao Coronavírus –Covid- 19. Mais dois pacientes foram declarados 100% curado, completando assim um quadro favorável de três pacientes curados, uma mulher de 26 anos, um homem de 44 e um menino de 10 anos.

“São sempre noticias alvissareiras, ainda mais em tempo de pandemia e na qual dependemos muito da compreensão e responsabilidade das pessoas que podem ajudar e contribuir muito mantendo o distanciamento social para aqueles que puderem, e dois metros de distância para aqueles que estão trabalhando e prestam serviços essenciais além da  higienização rigorosa, constante como utilização de máscaras, luvas, álcool gel e muita água e sabão”, disse o secretário de Saúde de Várzea Grande, Diógenes Marcondes.

O Comitê de Enfrentamento ao Novo Coronavírus de Várzea Grande considerou como importante o fato de nas últimas horas não surgirem casos novos, em que pesem, por determinação do Ministério da Saúde, todos os casos são suspeitos até que os exames descartem os mesmo, mas isto depende dos testes rápidos que ainda estão sendo aguardados.

“Este novo caso que aparece confirmado que elevou o Boletim de Monitoramento de ontem para hoje de 05 para 06 casos, foi apenas uma correção, pois ele estava sendo contabilizado como sendo de Cuiabá, quando na verdade ele é morador de Várzea Grande, mas foi internado em Hospital Particular na capital do Estado”, disse o presidente do Comitê de Enfrentamento e secretário de Governo, Kalil Baracat.

Ambos reforçaram que a flexibilização no funcionamento de comércio de uma maneira em geral e indústrias terão a fiscalização redobrada e a exigências ainda maiores, sendo que o Comitê de Enfrentamento está tentando colocar em prática multas online, ou seja, para aqueles que desrespeitarem as regras e exigências para funcionamento, a Vigilância Sanitária poderá autorizar o fechamento imediato e a multa será aplicada na hora para impor a necessidade de que o funcionamento não permite que se relaxe nas regras de higienização e distanciamento social, além dos dois metros entre as pessoas para conter a pandemia.

Por: Da Redação – Secom/VG

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana