conecte-se conosco


Cuiabá

Prefeitura de Cuiabá convoca professores para atribuição e posse

Publicado


A Prefeitura de Cuiabá está convocando candidatos aprovados no Concurso Público, para atribuição de classes/aulas e assinatura do Termo de Posse. Os candidatos convocados pelos editais, comprovaram os requisitos listados no Edital do Concurso Público Nº.0002/PMC/SME/2019.

O convocado deverá comparecer no auditório Maestro China, da Secretaria Municipal de Educação, localizada na Rua Diogo Domingos Ferreira, N° 292, bairro Bandeirantes, nos dias previstos nos editais.

A Secretaria Municipal de Educação fará a atribuilção e assinatura do Termo de Posse em grupos de 15 convocados por período, na segunda e terça-feira, nos períodos da manhã e tarde, a fim de evitar algomerações. Todos os cuidados necessários de biossegurança e distanciamento social serão mantidos. 

Ao todo estão sendo convocados 287 professores , sendo 275 Pedagogos e 12 Professores de Língua Inglesa.

Confira anexo as listas de convocados.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cuiabá

Juca do Guaraná Filho participa da posse da nova diretoria COMEC

Publicado


Diego Lima/COMEC

O presidente da Câmara de Cuiabá, vereador Juca do Guaraná Filho (MDB), participou da posse da nova diretoria do Conselho de Pastores do Estado de Mato Grosso (COMEC-MT), nesta segunda-feira (19.04), na Igreja Batista Nacional Vinho Novo, em Cuiabá. O pastor Fábio Senna foi eleito novo presidente da entidade.

Em sua fala, Juca&nbspressaltou a importância das igrejas neste período de pandemia do coronavírus e destacou o Projeto de Lei aprovado pela Câmara de Cuiabá que coloca as atividades religiosas como serviço essencial.
“A Câmara uniu e não mediu esforços em votar o PL que incluía as igrejas como serviço essenciais. Neste período difícil que estamos vivendo, a igreja tem sido vista, não somente como um lugar de adoração, mas também um local onde podemos renovar a nossa fé e confortar nossos corações diante da situação crítica da pandemia que tem deixado marcas profundas na nossa humanidade”, destacou Juca em seu discurso.
Eleito por unanimidade, o presidente Fábio Senna ressaltou que o momento é de união. “Vamos conduzir o Comec para avançar, crescer e se tornar uma entidade forte em todo o estado. Neste tempo de pandemia vamos buscar formas de dar suporte e apoio às igrejas que sofreram com o lockdown”, disse Senna.
Além do presidente da Casa de Leis, também participaram da posse o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), o deputado estadual&nbspGilberto Cattani (PSL), senador Wellington Fagundes (PL), o suplente de deputado federal Victório Galli (Patriota), secretários municipais e líderes religiosos. O evento adotou todas as medidas de biossegurança contra covid-19.
A nova Mesa Diretora é composta na seguinte ordem:
Presidente – Pr. Fábio Senna (IBN Casa de Missões)
1º Vice-Presidente– Pr. André Cristiano (Igreja Pentecostal Missionaria)
2 ºVice-Presidente – Miss. Eliane Morais (GCHop)
Secretário- Pr. Marcos Mendonça (Igreja de Deus no Brasil)
2ª Secretária – Pra. Patrícia Campos (Presbiteriana Renovada)
Tesoureiro – Pr. Adriano Coimbra (Centro de Adoração Church)
2º Tesoureiro – Pr. Marcelo Castro (Sara Nossa Terra)

Rafael Medeiros/Assessoria de Comunicação

Continue lendo

Cuiabá

“Provamos que o lockdown é uma medida efetiva”, diz secretária de saúde de Araraquara (SP)

Publicado


Reprodução

Durante sua participação no espaço Tribuna Livre, na Câmara Municipal de Cuiabá, a secretária de saúde de Araraquara (SP), Eliana Honain, enfatizou o êxito das políticas públicas de controle da Covid-19 adotadas na cidade e a importância do diálogo franco com a população para que elas tivessem êxito.&nbsp

Graças a uma série de medidas restritivas adotadas desde o início da pandemia, a cidade paulista reduziu em 80% o número de pacientes positivados e em 79% o percentual de óbitos. A partir desta segunda-feira (19), retomou o funcionamento do comércio.

Com 238 mil habitantes, Araraquara ficou conhecida internacionalmente por ações drásticas de controle da pandemia, como a testagem em massa com exame RT-PCR, a internação precoce dos pacientes com comorbidades e o monitoramento de moradores de rua, público de penitenciárias, centros de ressocialização, institutos de longa permanência para idosos etc.

Com isso, apresentou durante todo o ano de 2020, um baixo índice de letalidade, com 92 óbitos.

A partir deste ano, a média de casos diários subiu de 20% para 53% e a ocupação dos leitos chegou a 100%, período em que foi detectada a existência da variante P1, vinda do Amazonas, em circulação na cidade.

Na época, já se contabilizavam mais de 130 óbitos e isso levou a administração a decretar lockdown total entre os dias 21 de fevereiro e 03 de março, com o fechamento de todo o comércio, incluindo o transporte público, supermercados e postos de combustíveis, mantendo abertas apenas as unidades de saúde.

A decisão foi tomada pela administração em consulta a um comitê científico formado por universidades, diretores clínicos de hospitais públicos e privados, secretaria municipal de saúde e especialistas.

A secretária salientou a importância da parceria com as universidades em ações como a realização de exames e pesquisas, e da transparência no diálogo franco com a população e com representantes dos setores econômicos para o êxito das medidas.

“Com isso, conseguimos mostrar que o lockdown é uma medida efetiva, mas ele tem que ser feito com diálogo, parcerias e também manter os serviços de saúde abertos, ampliando as testagens. É fundamental que as testagens sejam feitas”, disse ela.

Como resultado, atualmente embora a taxa de ocupação de leitos seja alta em Araraquara, 90% dos pacientes de UTIs e 60% dos de enfermaria são de outros municípios.

“Com isso, provamos que o lockdown é uma medida efetiva, que é um controle muito efetivo para inibir a transmissão e, como isso, salvar vidas. Foi muito gratificante quando vimos cair o número de óbitos e ter uma estrutura que dê conta de atender àqueles que precisam. Nosso objetivo é salvar vidas e com esse lockdown nós conseguimos isso”, disse a secretária.

Eliana Honain participou da sessão a convite da vereadora Edna Sampaio (PT). A parlamentar avaliou que a presença da gestora foi importante para se contrapor a visão negacionista que predomina atualmente na gestão da capital.

“Lamentavelmente, aqui nós ignoramos completamente as orientações da ciência. Estamos numa situação de risco muito alto, a capital ultrapassou Manaus no número de óbitos por grupo de 100 mil habitantes e seguimos com o comércio aberto, sem nenhuma estratégia de enfrentamento à Covid. São 57 áreas da economia abertas, sob a alegação de serem atividades essenciais, e os óbitos e a superlotação dos hospitais não param”, disse ela.&nbsp

“É muito lamentável que a justiça tenha que intervir no município de Cuiabá a todo instante para que seja cumprido, minimamente, aquilo que é necessário para o enfrentamento da pandemia”.&nbsp

Neusa Baptista/Assessoria de Comunicação Vereadora Edna Sampaio

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana