conecte-se conosco


Várzea Grande

Prefeitura amplia serviços de limpeza urbana com período de chuva intensa

Publicado

Em razão das chuvas, neste mês de dezembro, a secretaria de Serviços Públicos e Mobilidade Urbana de Várzea Grande reforçou a programação dos serviços de limpeza urbana. A intensificação dos trabalhos faz parte da força-tarefa para colocar em prática as ações do Plano de Contingência, elaborado pelo poder público municipal para atender prontamente as demandas. Os serviços foram ampliados desde o início deste mês e seguem intensificados até o fim do período chuvoso.

O secretário de Serviços Públicos  e Mobilidade Urbana, Breno Gomes  informa que a limpeza urbana abrange diversas áreas e traz benefícios à população. "Por meio dos serviços de limpeza urbana garantimos a melhoria da saúde pública, a proteção do meio ambiente, uma paisagem urbana mais agradável e o bem-estar dos moradores, por isso, é fundamental a execução deste trabalho de forma regular e preventiva. E é importante lembrar também que a população deve fazer sua parte neste processo, não permitindo a formação de bolsões de lixo no seu bairro, denunciando esta prática criminosa. As chuvas já chegaram, o mato cresce rápido, e os proprietários de terrenos vazios devem fazer a manutenção do seu terreno deixando-o limpo e capinado", afirma. Além disto, explica Breno Gomes que a secretaria segue intensificando as ações de capina, roçagem e limpeza dos pontos de descarte irregular de resíduos pela cidade, e multando os proprietários de terrenos vazios, que não fazem a limpeza.

O objetivo da ação é manter a cidade limpa, eliminar possíveis focos transmissores de doenças e evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti, ao mesmo tempo, contribuir para melhorar ainda mais a qualidade de vida da população.

Segundo informou o secretário de Serviços Públicos, Breno Gomes, nesta semana os trabalhos de varrição, poda de arvores, pintura de meio fio e coleta de entulhos estão sendo realizados nos bairros Passagem da Conceição, Guarita, Jardim dos Estados e Pirinéu. “As equipes de limpeza estarão atuando nestas regiões e assim que os trabalhos forem concluídos estaremos seguindo para outras regiões da cidade”.

O gestor lembra que a limpeza urbana é de responsabilidade dos órgãos públicos, mas a conservação além de ser um ato de cidadania, é uma obrigação dos moradores, que devem cuidar do lixo das residências, preservar as praças e locais públicos, não jogar lixos em locais e áreas abandonadas. “A população pode contribuir e muito com essas ações realizadas pela prefeitura cuidando e zelando das suas calçadas, não jogando lixo em locais irregulares e fora do dia de coleta de lixo. Podem ainda fazer a denúncia de lixões clandestinos, pelos telefones 0800 647 4142 ou 3688 – 8034 e 3688 – 8035”, informou o secretário.

Além do trabalho realizado nas vias públicas, os fiscais do código de postura irão atuar de forma mais intensa na fiscalização dos terrenos em estado de abandono, notificando os proprietários para que faça a limpeza do local .“É importante que todo mundo faça a sua parte, pois embora o poder público realize o trabalho, a limpeza dos terrenos e calçadas reforço que é uma obrigação do morador”, alertou o secretario. destacando que o trabalho do poder público e o envolvimento da população são fundamentais no também combate ao mosquito transmissor da dengue .

MOBILIZAÇÃO: Para reforçar ainda mais a atuação no combate e enfrentamento da dengue, equipes das secretarias de Serviços Públicos e Saúde estarão realizando trabalhos em conjunto, na conscientização da população. “O combate ao Aedes aegypti é realizado o ano todo e por todas as equipes da Prefeitura Municipal, mas neste período de chuvas os trabalhos são intensificados.

A superintendente de Vigilância em Saúde, Relva Cristina Silva Moura, disse que a Saúde do município vem mantendo anualmente as ações de prevenção e de combate as doenças infecciosas, e que o trabalho realizado no município tem alcançado resultados positivos uma vez que houve, nos últimos anos, uma redução da dengue, da zika vírus e chicungunya . “Essa avaliação positiva é o resultado de ações eficientes implantadas pela atual gestão. E para que tenhamos o controle dessas doenças é importante não somente a conscientização da população, mas uma força tarefa entre todos os envolvidos como as que estão ocorrendo neste mês de dezembro com o envolvimento das várias pastas da Administração Pública”, completou. 

Por: Katia Passos – Secom/VG

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Várzea Grande

Várzea Grande realiza Audiência Pública online para discutir LDO e LOA para o exercício de 2021, no dia 28

Publicado


.

16/07/2020    1

A prefeitura de Várzea Grande, por meio da secretaria de Planejamento, realiza no dia 28 deste mês, uma Audiência Pública para apresentação e discussão da Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO) e da Lei Orçamentária Anual (LOA) para o exercício de 2021. Excepcionalmente, neste momento de pandemia e de quarentena coletiva, o rito de apreciação dos orçamentos será realizado por meio uma Live, transmitida pelo canal da Prefeitura, no You Tube, a partir das 9h.

Como explica o secretário da Pasta, Edson Roberto Silva, ao contrário do que vinha sendo realizado até 2019, as audiências públicas itinerantes darão vez a um encontro online, via rede social, em cumprimento à orientação técnica nº 04/2020/ TCE-MT, decreto nº 35, de 18 de maio de 2020 da prefeitura de Várzea Grande, bem como cumprir orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS), que prevê o distanciamento social e não aglomerações.

“Para coletar sugestões da população e da sociedade civil organizada, logo que a transmissão ocorrer, as propostas e sugestões estarão disponíveis no site institucional da prefeitura até o dia 14 de agosto para após dar os encaminhamentos necessários”, explica o secretário.

Apesar da mudança na forma de apresentar e debater as peças orçamentárias, o secretário destaca que os prazos finais seguem. A LDO deve ser enviada à Câmara Municipal de Vereadores até o dia 30 de agosto e a LOA até 30 de setembro. Os vereadores têm até a semana da última sessão do ano para aprovar as leis. “Nossa expectativa é a de encaminhar a LDO e a LOA juntas ao Legislativo entre 17 e 21 de agosto”.

O orçamento municipal está em fase de conclusão das propostas nesta semana, pelas secretarias, para compilação geral do Planejamento, que é o documento que será apresentado na audiência online do dia 28 e exposto para discussões.

 

Por: Marianna Peres – Secom/VG

Continue lendo

Várzea Grande

Plantão psicológico presta apoio voluntário para a população com resultados

Publicado


.

15/07/2020    6

Cento e sete pessoas foram atendidas pelo ‘Plantão Psicológico’, serviço de acolhimento e escuta terapêutica, implantando pela prefeitura de Várzea Grande, por meio de uma iniciativa da secretaria municipal de Saúde. Entre 25 de março até 30 de junho, do total de pessoas atendidas, 55%, já apresentaram melhora, os outros seguem em atendimento.

O serviço disponibilizado de forma remota e gratuita, por meio do 0800 647 0020, se apresenta como um importante aliado na prevenção de problemas e sofrimentos mentais em períodos de grande pressão, como o atual marcado pela pandemia. “Existem parcelas da população mais vulneráveis e que necessitam de orientações, especialmente, os profissionais da saúde que estão na lida diária para salvar vidas”, aponta o secretário municipal de Saúde, Diógenes Marcondes.

O atendimento surgiu como uma significativa e efetiva alternativa de acolhimento em tempos de pandemia. “Esse apoio tem feito muita diferença, e mesmo sem ter um perfil mapeado das pessoas atendidas, acredito que tem ajudado muitos profissionais da área da saúde, que na linha de frente, ou não, estão no enfrentamento diário do novo coronavírus, se expõem nessa guerra desigual e que sempre deixa sequelas”, explica o secretário.

A pandemia trouxe não apenas medidas de restrição e distanciamento social, mas há ainda o preconceito, o que acirra o sentimento de isolamento social. “O ‘Plantão Psicológico’ proporciona um apoio emocional para esses dias difíceis de serem encarados e até mesmo, compreendidos”, defendeu Marcondes.

Nesse primeiro balanço parcial de atendimentos – quase cem dias em funcionamento – a assistente social, especialista em Saúde Mental e mestre em Política Social e coordenadora da Saúde Mental no Município, Soraya Miter Simon, explica que considerando o total de pessoas atendidas, 107, o retorno é positivo. “Cinquenta e nove pessoas, o equivalente a 55% do total, encerraram os atendimentos pela melhora apresentada em relação ao quadro emocional inicial. Ao todo foram realizados 185 atendimentos, ou seja, alguns necessitaram de mais um atendimento diário. É um serviço muito importante e toda a população pode utilizar, basta ligar para o 0800 647 0020”.

A coordenadora destaca ainda que todo o atendimento remoto cumpre critérios estabelecidos pelo Conselho Federal e Estadual de Psicologia, por meio da resolução Nº 112018. “Todos os profissionais realizaram o cadastro e passaram ao atendimento por telefone, resguardando o sigilo e condutas terapêuticas. O atendimento é realizado através de uma escuta e abordagem terapêutica de forma breve, mas alguns casos seguem em atendimento semanal”.

O novo coronavírus chegou ao Brasil em meados de março e desde então mudou a rotina de todo um País, impondo mudanças bruscas de hábitos e na rotina. Mais do que colocar em risco a saúde das pessoas, a pandemia tem trazido uma grande pressão psicológica, tanto pelo medo/pavor em ser contaminado, em perder entes queridos e até menos pela pressão em decorrência do isolamento social. ”Por isso a necessidade de se criar um canal direto de que contemple uma modalidade de atendimento clínico-psicológico de tipo emergencial”, frisa Soraya. Não há dúvida de que vivenciamos uma crise de grande impacto sobre a sua saúde mental, completa.

O ‘Plantão Psicológico’ não tem como finalidade a resolução ou aprofundamento de intervenção terapêutica, “mas sim de prestar um momento de compreensão do seu sofrimento e ajuda para o alívio do stress e ansiedade causados pelo isolamento social. A insegurança e o medo instalado na população”, pontua a coordenadora.

A promoção da saúde mental deve ser preconizada por meio de estratégicas desenvolvidas por países acometidos por situações de calamidades e epidemias, conforme a Organização Mundial de Saúde (OMS), “e Várzea Grande está seguindo essa orientação”, destaca o secretário de Saúde.

PLANTÃO PSICOLÓGICO – Os atendimentos estão sendo realizados via telefone, por meio de triagem, visando preservar a integridade e identidade de cada usuário e profissional. Os profissionais entrarão em contato para acolher e trabalhar às demandas de cada um.

São público-alvo do serviço os residentes em Várzea Grande, com idade acima de 18 anos.

Os atendimentos são realizados de segunda à sexta-feira (exceto feriados), das 8h às 12h e das 13h às 17h, pelo 0800 647 0020.

 

Por: Marianna Peres – Secom/VG

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana