conecte-se conosco


Cuiabá

Prefeitura abre pré-cadastro de vacinação para pessoas de 45 a 54 anos com comorbidades

Publicado


Davi Valle

Clique para ampliar

A Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), abriu nesta sexta-feira (7) o pré-cadastro para a vacinação contra a Covid-19, para pessoas que possuem comorbidades com idade de 45 a 49 anos e de 50 a 54 anos. O agendamento desse novo grupo será feito mediante o término da vacinação dos grupos que já estão sendo vacinados e com a chegada de novas remessas de imunizantes que forem disponibilizados para a Capital.

Para se cadastrar, é necessário entrar no site vacina.cuiaba.mt.gov.br e preencher todos os campos obrigatórios. Deste modo, a pessoa entrará em uma fila de espera virtual, que deverá ser consultada regularmente para saber quando será o dia agendado para tomarem a vacina.

“Nós decidimos abrir o pré-cadastro a fim de organização, e também para evitar quaisquer correrias ou possível erros por conta do número de acessos ao site. Mas gostaria de ressaltar que ainda não temos uma data concreta para a imunização dessa classe. Com certeza, conforme a chegada de novas remessas e o término da vacinação dos grupos que já estão com agendamento contemplados, iremos informar através dos nossos canais oficiais de comunicação”, enfatizou a secretária da SMS, Ozenira Félix.

Lembrando que neste momento, estão sendo vacinados os idosos com 60 anos e mais, forças de segurança, segunda dose dos trabalhadores da saúde, e pessoas em vulnerabilidade, bem como as gestantes e puérperas com comorbidades, adultos com Síndrome de Down e idosos de 54 a 59 anos com comorbidades.

publicidade
1 comentário

1 comentário

  1. Manoel chico neto disse:

    Já que abriu a vacina pra motorista de coletivo devia abrir motorista de vans que puchao funcionários de indústria desde que seja comprovado

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cuiabá

Vereador pede inclusão de representantes religiosos no grupo de vacinação

Publicado


Carol Siqueira/Secom Câmara

Dr. Luiz Fernando defende a vacinação dos líderes religiosos, devido ao constante contato com o público
Segundo o vereador, a indicação trata de uma medida para ajudar no enfrentamento da emergência de saúde pública decorrente da pandemia do Coronavírus.

O vereador Dr. Luiz Fernando (Republicanos) fez uma indicação ao prefeito solicitando a inclusão de representantes religiosos no grupo prioritário de vacinação para receber a vacina contra o coronavírus em Cuiabá.

Conforme o parlamentar, a presente indicação trata-se de medida para ajudar no enfrentamento da emergência de saúde pública decorrente da pandemia do Coronavírus, incluindo os representantes religiosos da Capital como categoria de risco (grupo prioritário de vacinação) para receber a vacina contra a covid-19.

“Este grupo, diariamente lida de forma direta com muitas pessoas enfermas, uma vez que é procurado por estas para auxílio espiritual. Com isso, são colocados em situação de vulnerabilidade e risco ao contágio de inúmeras doenças, inclusive a atual covid-19, doença esta que infelizmente ceifou a vida de muitos cidadãos, inclusive de líderes religiosos”, disse.

Por isso, segundo o documento, com vistas a ampliar a lista de grupos prioritários na vacinação contra doenças em Cuiabá, esta indicação se faz necessária para incorporar os representantes religiosos a esses grupos, ou seja, a ideia é não só preservar a vida dos líderes religiosos, mas evitar que se tornem um vetor de transmissão dessas doenças. “A nossa busca é trazer cuidado a uma população gigante que busca amparo ou auxílio com o líder religioso”

“Os líderes religiosos estão em constante contato com o público, atendimentos em locais fechados, fazem visitas em domicílios de pessoas assistidas e desenvolvem projetos relacionados ao cidadão em situação de rua ou vulnerabilidade social, entre outras. Os líderes religiosos possuem um papel muito importante, pois como sabemos, a fé exerce papel fundamental como fator de equilíbrio psicoemocional à população.&nbsp É importante só pensar que os líderes religiosos tenham que comprovar vínculo com uma instituição do setor para receber as doses dos imunizantes”, finaliza trecho do documento.&nbsp

Rayane Alves/Gabinete Vereador Dr. Luiz Fernando

Continue lendo

Cuiabá

Membros da CPI da Sonegação Fiscal trocam experiências com vereadores de SP

Publicado


Da assessoria

Os membros da CPI, Demilson Nogueira e Chico 2000, com o vereador de SP, Isac Félix.

A Câmara de São Paulo conduziu nos últimos anos&nbsp duas CPIs relacionadas a grandes devedores e a fraudes fiscais que&nbspresultaram na recuperação de bilhões aos cofres municipais, incluindo recursos que eram devidos por bancos.

Os vereadores Demilson Nogueira (PP) e Chico 2000 (PL), membros da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Sonegação Tributária, estiveram na Câmara Municipal de São Paulo, nesta quinta-feira (17), para trocar informações com o vereador pelo Isac Félix (PL) – que foi membro da CPI da Sonegação Tributária, na época&nbsp presidida pelo vereador Ricardo Nunes (MDB), atual prefeito&nbspde São Paulo.

Nos últimos cinco anos a capital paulista arrecadou aproximadamente R$ 5 bilhões com sonegação tributária referente ao ISS (Imposto Sobre Serviço).

A Câmara de São Paulo conduziu nos últimos anos outras duas CPIs relacionadas a grandes devedores e a fraudes fiscais que &nbspresultou na recuperação de bilhões aos cofres municipais, incluindo recursos que eram devidos por bancos, queremos trazer essa experiência positiva para Cuiabá cumprindo nosso papel fiscalizador em benefício da população cuiabana”, disse o vereador Demilson Nogueira.

A meta para Cuiabá é que com a CPI as operadoras de cartão de crédito que atuam na capital e tem suas sedes em outros municípios onde as alíquotas são menores sejam notificadas e devolvam esses valores devidos aos cofres públicos.&nbspA expectativa é de que sejam arrecadados com a CPI algo superior a R$ 200 milhões. Segundo os parlamentares, o que daria para construir 10 viadutos Murilo Domingos.

“O motivo da visita em São Paulo é porque não conseguimos a contratação de uma empresa especializada para assessoramento, desta forma a comissão decidiu trocar informações com esses vereadores onde teve êxito na mesma CPI, que foi o caso de São Paulo. Nós fizemos o contato e os vereadores de lá se prontificaram a auxiliar”, afirmou Demilson Nogueira.

O vereador Demilson explica que as matrizes de todos os bancos em Cuiabá serão notificadas, e serão requisitadas documentações da Secretaria de Fazenda e outros órgãos envolvidos.

Andressa Sales/Gabinete Vereador Demilson Nogueira

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana