conecte-se conosco


Cuiabá

Prefeito reforça diálogo e visita sede do Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público

Publicado


Jorge Pinho

Clique para ampliar

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, visitou na manhã desta segunda-feira (22) a sede do Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público – Subsede de Cuiabá. Acompanhado do vice-prefeito Roberto Stopa e da secretária de Educação, Edilene de Souza Machado, Emanuel Pinheiro foi espontâneamente à sede do sindicato para conversar com os dirigentes sindicais e tratar sobre os encaminhamentos de algumas pautas importantes para a categoria.

“Estou aqui, na casa dos profissionais da Educação, para demonstrar primeiramente o nosso respeito pela categoria e a nossa prioridade com a educação pública municipal. Toda e qualquer ação em defesa dos servidores públicos e dos funcionários da Educação não é despesa, não é gasto, é investimento. E, o nosso respeito ao Sintep e ao trabalho da atual gestão. Juntos, com esse diálogo, construindo essa ponte, estamos avançando, podemos avançar e vamos avançar muito mais nas pautas que tratamos aqui e em outras que visem fazer de Cuiabá, da nossa Capital, da nossa rede pública municipal de Ensino um case de sucesso e uma referência nacional”, destacou o prefeito  Emanuel Pinheiro

Durante a reunião foram tratados encaminhamentos em relação à adequação da Lei Orgânica dos Profissionais da Educação, Gestão Democrática, que hoje está sendo discutida por uma comissão formada por representantes do sindicato e da Secretaria de Educação; pagamento da Recomposição Geral Anual (RGA) 2020 e do Ganho Real, as preocupações em relação ao retorno seguro das aulas de forma híbrida e a pandemia.

Em relação a essas questões o prefeito Emanuel Pinheiro disse que a gestão está realizando consultas junto aos órgãos de controle e organizando o caixa no sentido de atender as demandas.

“Estamos iniciando mais um período de quatro anos e, este ano, nosso objetivo é priorizar ainda mais o servidor público, o profissional da Educação, consolidando as conquistas já obtidas e avançando cada vez mais na valorização dos profissionais”, disse prefeito Emanuel Pinheiro.

A pandemia provocada pelo coronavirus também foi tratada durante a reunião diante da expectativa de que as aulas aconteçam de forma híbrida a partir de 1º de abril, na rede pública municipal de educação. O prefeito Emanuel Pinheiro falou sobre as suas preocupações e o monitoramento rigoroso que vem sendo feito pela Comissão Municipal de Enfrentamento a Pandemia, para que todas as decisões tomadas pela gestão sejam baseadas em dados científicos e de acordo com as orientações das autoridades de Saúde e da Vigilância Sanitária, em obediência aos protocolos de prevenção, controle e biossegurança.

O vice-prefeito, Roberto Estopa destacou a importância da iniciativa do  prefeito Emanuel Pinheiro, de manter conversas com as lideranças sindicais já desde o início do segundo mandato. “Essa é a gestão que irá fazer todo o possível para avançar e consolidar os avanços que já estamos vivendo na Educação. Uma gestão que valoriza o ser humano e o servidor público”, ressaltou.

Para o presidente do Sintep-Cuiabá, João Custódio a reunião foi positiva. “A nossa categoria tem algumas demandas que precisavam ser discutidas e, para nossa surpresa, o prefeito tomou a iniciativa e optou por nos fazer essa visita. Hoje nos alongamos nas discussões em torno da Lei Orgânica que com sua aprovação vai impactar positivamente todos os profissionais da Educação, a curto, médio e longo prazos. Temos o aval do prefeito no sentido de atender aquilo que pontuamos e, isso é extremamente positivo”, ressaltou o sindicalista.

publicidade
1 comentário

1 comentário

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cuiabá

Prefeito lamenta morte de ex-presidente do Banco do Estado de Mato Grosso

Publicado


Reprodução

Clique para ampliar

É com grande pesar que o prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro recebe a notícia do falecimento de José Afonso Portocarrero nesta quarta-feira (03), de causas naturais. 

“Meus sinceros sentimentos a todos os familiares e amigos de José Afonso Portocarrero, um homem dedicado a vida pública. Que Deus conforte o coração daquelas que sofrem pela sua partida neste momento”, disse Pinheiro.

Portocarrero faleceu aos 97 anos de causas naturais e deixa quatro filhos. O bancário nasceu no município de Bela Vista antes da separação dos estados. A cidade hoje é território sul-mato-grossense. 

Ele foi presidente do Banco do Estado de Mato Grosso (Bemat), da Loteria do Estado de Mato Grosso (Lemat) e da Companhia de Desenvolvimento do Estado de Mato Grosso (Codemat). Também foi responsável pela abertura de agências bancárias em Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Amazonas e São Paulo. 

Continue lendo

Cuiabá

“Esse recurso não é por mim, mas sim pelo setor produtivo e pelos trabalhadores”, diz Emanuel ao explicar que vai ao STF

Publicado


Fernanda Camargos

Clique para ampliar

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, vai recorrer da decisão em caráter liminar proferida na tarde de hoje (3), pelo desembargador do Tribunal de Justiça, Orlando Perri. O anúncio foi feito em  transmissão ao vivo, direto de Brasília, onde cumpre agenda oficial. Emanuel já determinou à Procuradoria Geral do Município (PGM) a interposição de recurso.

A decisão judicial, que atende ao pleito do Ministério Público do Estado de Mato Grosso, obriga o Município a adotar as medidas previstas pelo decreto estadual 7.836/2021, desconsiderando a normativa estabelecida no decreto 8.340/2021, anunciado na tarde de terça-feira (2) pelo chefe do Executivo municipal.

“Ainda nesta noite a Procuradoria Geral do Município vai entrar com recurso no Supremo Tribunal Federal para tentar reformar a decisão do ilustríssimo desembargador Orlando Perri. Esse recurso não é por mim, mas sim pelo setor produtivo e pelos trabalhadores. Se eu ficar dois ou três meses, meu salário vai estar na conta, assim como o do governador do Estado. Então, precisamos pensar em quem não vai dar conta de continuar pagando esse preço”, comentou.

Pinheiro reforçou que a característica da gestão do Município é de manter o diálogo com os mais distintos segmentos da sociedade, garantindo a participação de todos antes das tomadas de decisões. Segundo ele, somente respeitando o setor produtivo, os trabalhadores e chamando a responsabilidade para todos é que a guerra contra a Covid-19 será vencida.

“O desemprego ronda a vida dos trabalhadores. E as medidas do Estado foram tomadas sem planejamento e sem diálogo respeitoso com quem gera emprego e renda. Todos sabem que vivemos um novo normal, em que cada um deve dar sua contribuição. O sucesso no combate depende do comportamento de cada um de nós. Restrição de horários sem estudo técnico, sem ouvir ninguém, vai gerar mais aglomerações”, argumenta.

O prefeito citou ainda a declaração do presidente da Câmara Dirigente Lojista (CDL), o empresário Célio Fernandes, que afirma que o decreto do Governo do Estado “irá falir empresas que estavam lutando contra dificuldades por conta da pandemia”.

“Os micro e pequenos empresários estão falindo. A pandemia não tem data para acabar e um setor que emprega tanta gente já está no limite, não aguenta mais. Meu compromisso é errar menos e acertar mais. Por isso, é preciso ter essa preocupação de dialogar. Os trabalhadores querem ver no líder maior uma postura de acolhimento, sensibilidade e solidariedade”, pontuou.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana