conecte-se conosco


Cuiabá

Prefeito recebe visita de novo reitor do IFMT e garante prefeitura de portas abertas para criação de projetos em benefício da população

Publicado


Gustavo Duarte

Clique para ampliar

O prefeito de  Cuiabá, Emanuel Pinheiro, mais uma vez consolidou parceria com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso (IFMT).  Nesta segunda-feira (26), o chefe do executivo municipal recebeu no Palácio Alencastro o novo reitor da instituição, o professor Julio César dos Santos, para tratar de parcerias em projetos que beneficiarão a população. A reunião foi intermediada pelo deputado federal, Emanuel Pinheiro Neto. 

“Assumimos a gestão do IFMT há 90 dias e em Cuiabá, está situado o nosso campus mais antigo, o Cuiabá Cel. Octayde Jorge da Silva,  unidade centenária e histórica na Capital, que fica no Centro. Viemos estreitar os laços com a Prefeitura para construir pautas positivas para a comunidade da nossa baixada Cuiabana. Fomos muito bem recebidos pelo prefeito Emanuel e pelo deputado federal Emanuel, que foi quem intermediou nossa reunião e diálogo. Vamos avançar na construção de projetos em conjunto e que sem dúvida  nenhuma vai trazer  benefícios para a população cuiabana”, disse o reitor.  
O prefeito Emanuel desejou  uma boa administração ao novo reitor e garante a Prefeitura de portas abertas para a instituição. “Fico muito feliz que esta instituição de respeito e com bons profissionais esteja com a gestão para buscarmos melhorias para a população.  O IFMT sempre foi parceiro da nossa gestão, já tivemos cursos ministrados pela instituição com apoio da prefeitura e várias ações em conjunto no combate  ao vírus da Covid-19”, destacou o gestor da Capital. 
Durante a reunião o reitor contou que pretende retomar em breve, a reforma do anfiteatro do Campus Cuiabá. “O impacto por estar parado é grande. Esse anfiteatro é fundamental para atender o público cuiabano. Ali é um local para os artistas cuiabanos se apresentarem e é um laboratório para todos os 5 mil alunos cuiabanos e também para os outros 28 mil alunos do estado”, concluiu. 
Participaram da reunião o diretor geral campus Cuiabá, Alceu Aparecido Cardoso,  Secretário de Governo, Luiz Cláudio, adjunta de Direitos Humanos,Christiany Fonseca,   chefe de gabinete da reitoria geral, João Germano, diretor da escola de formação do IFMT –  Ivo da Silva. 

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cuiabá

Vereador participa da entrega de 64 salas equipadas para pessoas com deficiência

Publicado


Da assessoria

O vereador Eduardo Magalhães preside a Comissão de Amparo à Criança, Adolescente, o Idoso e as Pessoas com Deficiência da Câmara
A entrega dos materiais aconteceu na quarta-feira (15), no Auditório Maestro China, da Secretaria Municipal de Educação


O vereador por Cuiabá e presidente da Comissão de Amparo à Criança, Adolescente, o Idoso e as Pessoas com Deficiência da Câmara Municipal, Eduardo Magalhães (Republicanos), participou nesta quarta-feira (15) da entrega de 64 salas equipadas com tablets interativos, instalados em mesas inteligentes para alunos com deficiência que estudam na rede municipal de educação, na capital.

São mais de 54 mil alunos matriculados na rede&nbsppública municipal, sendo 1.200 estudantes com deficiência. São alunos com deficiência auditiva, visual, Transtornos do Espectro Autista (TDA), Síndrome de Down, deficiências múltiplas, física, intelectual e mental, microcefalia, paralisia cerebral, hidrocefalia, Atraso do Desenvolvimento Neuropsicomotor e Transtornos do Déficit de Atenção (TDH).

“A inclusão na educação infantil é uma ação social e cidadã muito importante, pois ajuda diretamente as crianças com necessidades especiais e também promove um aprendizado valiosíssimo para todos os alunos, que é o respeito às diferenças”, afirma Eduardo Magalhães.

Stephanie Romero/Gabinete Vereador Eduardo Magalhães

Continue lendo

Cuiabá

Vereador propõe abertura de CPI da Águas Cuiabá

Publicado


Walfredo Rafael/Secom Câmara

O requerimento foi apresentado pelo vereador Marcus Brito Junior na sessão desta quinta (16)
A intenção do parlamentar é verificar se o contrato firmado entre o município e a Águas Cuiabá está sendo cumprido, levando em consideração investimento, prazos, obras e demais itens que foram pactuados

O vereador Marcus Brito Junior (PV) apresentou durante a sessão ordinária desta quinta-feira (16) um requerimento que visa garantir a instauração de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar o cumprimento do contrato por parte da concessionária de saneamento Águas Cuiabá.


Diante das inúmeras reclamações e denúncias envolvendo a empresa responsável pelo abastecimento de água e rede de esgoto da Capital, a intenção do parlamentar é verificar se o contrato firmado entre o município e a Águas Cuiabá está sendo cumprido, levando em consideração investimento, prazos, obras e demais itens que foram pactuados.


“A medida ainda se justifica pelas inúmeras reclamações que munícipes realizam sobre a qualidade dos serviços prestados pela concessionária, tais como o refazimento de obras que já foram executadas, o estado em que a Águas Cuiabá deixa a pavimentação das vias públicas após intervenções”, diz trecho do requerimento.


Conforme o Regimento Interno do Parlamento Municipal, para garantir a instauração de uma CPI na Câmara de Cuiabá são necessárias nove assinaturas, o equivalente a um terço dos parlamentares.


“Todos os vereadores recebem denúncias e queixas envolvendo a Águas Cuiabá. Estou propondo uma investigação séria e transparente que vá responder aos questionamentos da população cuiabana, e espero contar com o apoio dos colegas vereadores”, disse Brito Junior.


O parlamentar ainda afirma que a investigação ainda levará em consideração o Termo de Ajustamento de Conduta – TAC, firmado com o Estado de Mato Grosso, o Município de Cuiabá e a Concessionária Águas Cuiabá S/A para resolver a questão do lançamento de esgoto, por órgãos públicos e privados, na lagoa do Parque das Águas, um dos principais cartões-postais da Capital.


Por fim, cita o artigo 34ª da Lei nº 8.987 de 1995, o qual prevê intervenção em caso de descumprimento contratual.

Kamila Arruda/Gabinete Vereador Marcus Brito Junior

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana