conecte-se conosco


Cuiabá

Prefeito e pastores assinam termo de cooperação no combate a pandemia em Cuiabá

Publicado


.

Na noite desta sexta-feira (24), o prefeito Emanuel Pinheiro se reuniu com representantes das igrejas evangélicas do Estado de Mato Grosso para firmar um termo de cooperação na luta contra o novo Coronavírus. O documento reafirma a autorização de realização de cultos no Município, como já havia definido o decreto nº 7.887 e reúne uma série de medidas de proteção aos fiéis e líderes religiosos.

“Eu fico muito feliz em poder estar aqui com as lideranças das igrejas evangélicas do Estado de Mato Grosso, especialmente de Cuiabá. Assim como fizemos com o setor empresarial, estamos assinando o termo de compromisso de cooperação para a volta segura e gradativa das celebrações religiosas em Cuiabá. Neste ato assinado junto ao COMEC (Conselho de Ministros Evangélicos de Cuiabá), estabelecemos uma série de medidas para garantir que os cultos evangélicos sejam realizados respeitando a saúde e a vida dos pastores e fiéis. A responsabilidade de cumprir essas normas é de todos nós e juntos, com fé em Deus, vamos vencer esse inimigo comum que é a covid-19”, explicou o prefeito de Cuiabá.

Presente na reunião representando o Comec, o pastor Ocemario Daltro agradeceu ao prefeito pela abertura do diálogo e se comprometeu a auxiliar a gestão na garantia da saúde da população durante a realização dos cultos.

“Estamos reunidos com o prefeito para assinar o termo de ajuste de conduta para liberar o funcionamento das igrejas. Queremos agradecer em nome de todas as igrejas e denominações, sua sensibilidade em atender o pedido dos evangélicos”, disse o pastor Ocemario Daltro.

O bispo Aroldo Teles e o pastor Nazareno Oliveira também estiveram presente durante a assinatura do documento.

 

 

Confira em anexo a íntegra do documento:

publicidade
3 Comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cuiabá

Câmara aprova pareceres da CCJR na sessão desta quinta

Publicado


Secom Câmara

A sessão desta quinta (23) foi realizada no formato híbrido

Do total, seis pareceres foram aprovados, dois retirados de pauta e um rejeitado.


Na sessão ordinária desta quinta-feira, 23 de setembro, os vereadores analisaram uma pauta contendo nove pareceres da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) a matérias que tramitam na Câmara Municipal de Cuiabá. Seis pareceres foram aprovados, dois retirados de pauta e um rejeitado.


Foi aprovado o parecer da CCJR para derrubar o veto ao projeto que institui e define diretrizes para a política pública “Menstruação sem Tabu”, de conscientização sobre a menstruação e a universalização do acesso a absorventes higiênicos no Município.

Também foram aprovados os pareceres as propostas que denomina a Unidade Básica de Saúde (UBS) localizada na Rua T do Bairro Jardim Brasil de Dr. Walter Tapias Tetilla, e que denomina de José Florêncio da Rocha à rua sem denominação no Bairro&nbspRibeirão do Lipa.
&nbspUm projeto de decreto legislativo que concede título de cidadão cuiabano foi aprovado.

Os parlamentares aprovaram os pareceres favoráveis aos projetos que dispõem sobre a criação do Dia Municipal do Peixe, do Dia Municipal da Mulher Advogada e que&nbspinstitui a Semana da Agricultura Familiar.

Após aprovação dos pareceres, os projetos seguem para próxima etapa de tramitação: primeira discussão.

Por maioria, os vereadores mantiveram o veto ao processo n° 132/2021.


Os projetos que dispõe sobre o mês do laço branco – homens pelo fim da violência contra mulher e que estabelece transparência na execução de emendas impositivas parlamentares foram retirados de pauta a pedido dos vereadores Edna Sampaio (PT) e Kássio Coelho (Patriota), respectivamente.

Veja a íntegra dos projetos que estavam na pauta da sessão no link:
https://sic.tce.mt.gov.br/52/assunto/listaPublicacao/id_assunto/809/id_assunto_item/9228

Assista a sessão no link: https://youtu.be/fne1WFL7D3s

Secom Câmara

Continue lendo

Cuiabá

Dia do Agente de Trânsito e Transporte: uma profissão que salva vidas

Publicado


Gustavo Duarte

Clique para ampliar

Neste dia 23 de setembro, comemora-se o dia do Agente de Trânsito e Transporte. São esses profissioinais os responsáveis por garantir a melhoria na mobilidade urbana, dando fluidez no trânsito, fazendo com que alguns  condutores infratores, respeitem  o Código de Trânsito Brasileiro (CTB).  Em Cuiabá, são 175 agentes de trânsito, que trabalham dia e noite para garantir um trânsito melhor e salvar vidas. 

“Os agentes de trânsito e de transporte, conhecidos também por ‘amarelinhos’, resguardam a vida do cidadão.  Eles garantem que a maior parte da população, que aquele que respeita à legislação, que anda de forma correta, tenha sua vida preservada, ficando protegido de motoristas que dirigem bêbados, digitando ao celular ou sem o cinto de segurança, por exemplo. É inimaginável, Cuiabá sem esses profissionais. Parabéns a esses guerreiros que, mesmo diante de chuva, tempestade ou em outros eventos da natureza, estão lá, trabalhando para garantir que a população se locomova com seu veículo, motocicleta, bicicleta e garanta a mobilidade dos  pedestres”, parabenizou o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro.
 
O secretário de Mobilidade Urbana, Juares Samaniego, lembra que, além de preservar vidas no trânsito, os agentes garantem os direitos de exclusividade  aos PCDs- Pessoas  Com Deficiência, idosos e grávidas em vagas reservadas em estacionamentos.  As ações dos agentes são de forma educativa, de fiscalização ostensiva, repressiva, averiguação, controle de tráfego e outros. Tudo isso para salvar vidas”, comentou o secretário. 
 
O presidente do Sindicato dos Agentes de Trânsito e Transporte da Capital, Ademir de Arruda e Silva,  parabenizou os colegas pelos trabalhos árduos do dia-a-dia. “Os agentes de Trânsito são o elo entre a sociedade e o poder público para mudanças e melhorias no trânsito. Trabalhamos 24 horas para garantir  e salvar a vida do motorista, pedestre, motociclistas e do pedestre. Além disso, estamos aqui para garantir o direito daqueles que possuem mobilidade reduzida. Trabalhamos para dar fluidez no trânsito e melhorar a qualidade do trânsito”, concluiu Ademir. 
 
 
   
 
 
 
 
 
    

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana