conecte-se conosco


Nacional

Prefeito de Florianópolis é acusado de estupro e se defende: ‘ato consensual’

Publicado


source
Prefeito de Florianópolis
Reprodução

Prefeito de Florianópolis

O atual prefeito de Florianópolis e candidato à reeleição Gean Loureiro (DEM) está sendo acusado de estupro por uma mulher de 47 anos. No boletim de ocorrência, registrado no dia 9 de outubro deste ano, a mulher relata três situações diferentes, ocorridas entre 2017 a 2019. Segundo ele, a relação foi consensual.

“Agora, há poucos dias da eleição estão tentando transformar em crime um ato consensual entre dois adultos que aconteceu lá em 2019. Isso mostra que não há limites para a baixeza e do jogo sujo da política. Fui alvo de uma armação covarde, com uso de uma câmera escondida de propósito, expondo imagens da minha intimidade de forma desumana nas redes sociais. Quem já sofreu uma acusação injusta, quem teve sua imagem destroçada publicamente sabe o que estamos sentindo”, disse o político em um vídeo gravado. 

Para ele, a situação tem o objetivo de prejudicá-lo na corrida eleitoral. “Hoje eu e minha família fomos surpreendidos de forma rasteira e violenta, por uma avalanche de mentiras. Fui acusado de algo que abomino com todas as minhas forças. Nunca, em toda a minha vida, eu cometi um ato de violência contra quem quer que seja”, afirmou o prefeito.

Segundo os relatos da vítima, em duas oportunidades houve relações sexuais. No último, a mulher registrou com o celular a relação. A mulher trabalhava na Secretaria Municipal de Turismo, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico, na qual atuava no gabinete do secretário. E, segundo o boletim de ocorrência, todos os atos ocorreram ali.

Quando aconteceu?

A primeira situação teria ocorrido em 2017. Segundo a vítima, ela estava arrumando a sala de reuniões quando Loureiro “inexplicavelmente passou a fazer investidas”. “(Ele) segurou firme com uma das mãos um dos braços da comunicante e com a outra tentou tocar as partes íntimas por baixo da roupa da comunicante, a qual imediatamente o empurrou e saiu da sala”, diz o boletim de ocorrência.

A segunda situação teria ocorrido entre o final de 2017 e o começo de 2018. Loureiro teria solicitado que ela fosse buscar água para ele e, ao voltar, o político trancou a porta e teria iniciado as investidas com a mulher.

A terceira situação teria ocorrido em 10 de outubro de 2019. Ela estava saindo do trabalho quando o prefeito passou a puxar conversa. Segundo o BO, a mulher “temendo o que poderia acontecer instintivamente colocou o seu celular para gravar”, já que temia uma nova investida do prefeito.

Reposta do prefeito


O prefeito Gean Loureiro (DEM) gravou um vídeo se defendendo das acusações em sua conta do Instagram. Confira a seguir:

View this post on Instagram

por favor, assista até o fim!

A post shared by Gean Loureiro (@gean_loureiro) on Oct 29, 2020 at 2:16am PDT


publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nacional

Padre é condenado por guardar e compartilhar imagens de pornografia infantil

Publicado


source
Padre
Reprodução

Padre foi condenado a oito anos de prisão, mas ainda cabe recurso

Nesta quarta-feira (25), a 6ª Vara Criminal de Porto Alegre condenou o padre Evair Heerdt Michels, da  congregação Josefinos de Murialdo, a oito anos, seis meses e 16 dias de prisão por armazenar e compartilhar conteúdo de pornografia infantil. Ainda cabe recurso da sentença por parte da defesa.

Segundo informações do jornal Zero Hora, as suspeita envolvendo Michels se intensificaram em 2018, quando uma reportagem do Grupo de Investigação da RBS (GDI) flagrou o padre abençoando um grupo de crianças durante a missa, desrespeitando restrição imposta pela Justiça Federal de que deveria se manter distante de qualquer tipo de atividade onde houvesse crianças ou adolescentes.

Ainda em 2017, ele se tornou suspeito dos crimes quando a Polícia Federal, após denúncia de uma ONG dos EUA, encontrou milhares de arquivos de fotos e vídeos pornográficos com crianças e adolescentes em um computador na casa paroquial em que o padre morava. Logo após a apreensão do material, Michels foi transferido para a cidade de Caxias do Sul, exatamente onde o flagra ocorreu. Desde então, ele era monitorado por meio de uma tornozeleira eletrônica.

Ainda de acordo com a publicação, a congregação proibiu Evair de rezar missas públicas e o impediu de morar em comunidades religiosas. Além disso, informou em nota na terça-feira (23) que assim que receber todas as informações do caso as enviará “ao Conselho Geral de Roma (autoridade maior da Congregação Religiosa), que as entregará ao Vaticano para as devidas providências”. Já o advogado de defesa disse que segue “acreditando na inocência do meu cliente”, garantiu que irá recorrer da sentença e afirmou não existir “prova cabal de que nas fotos aparecem menores de idade”.

Continue lendo

Nacional

Acidente entre ônibus e caminhão deixa dezenas de mortos no interior de SP

Publicado


source
Acidente de trânsito
Divulgação

Acidente de trânsito aconteceu na manhã desta quarta-feira (25)

Um acidente envolvendo um ônibus e um caminhão deixou dezenas de mortos no interior de São Paulo. A colisão aconteceu nesta quarta-feira (25), na rodovia Alfredo de Oliveira Carvalho (SP-249). A localização fica entre as cidades de Taguaí e Taquarituba, na região de Avaré.

A Polícia Rodoviária Estadual (PRE) estima ao menos 22 mortos. A colisão entre os automóveis foi frontal e outras 30 pessoas estão feridas.

O estado de saúde dos feridos não foi divulgado, mas eles foram encaminhados para hospitais de Taguaí, Taquarituba, Fartura, Itaí e Avaré.

As informações são de funcionários da Santa Casa de Misericórdia de Taquarituba repassadas à Rádio Bandeirantes.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana