conecte-se conosco


Nacional

Prefeito de BH diz que “acha difícil” retorno de aulas presenciais sem vacina

Publicado


source
Alexandre Kalil
Divulgação

Alexandre Kalil afirmou ainda que as aulas remotas são “agressão à pobreza”


Nesta terça-feira (11), o prefeito Alexandre Kalil (PSD) comunicou que as aulas presenciais não devem retornar em Belo Horizonte até que uma  vacina se mostra segura e eficaz contra a Covid-19. O prefeito informou ainda que rede pública e particular devem voltar a operar no mesmo período.


“Aula em Belo Horizonte só retornará juntas e creio que, quem tem filho em casa, a última coisa que quer é mandar o filho para o meio de uma guerra”, disse. ” E acho muito difícil aula sem vacina em Belo Horizonte “, acrescentou.

Segundo Kalil, o motivo do retorno sincronizado é evitar que haja aumento da desigualdade social na capital mineira. À Rádio CBN, ele se referiu às aulas on-line como “agressão à pobreza”.

“Aula remota é uma humilhação a quem é mais pobre. […] O pobre é um cara que não teve oportunidade e na hora que você abrir a escola particular, você vai abrir um abismo gigantesco entre a pobreza e a riqueza e esse abismo na minha cidade eu não vou abrir”, expressou o prefeito.

A capital de Minas Gerais está sem aulas desde o dia 18 de março, quando as atividades foram interrompidas. Todo estado passa por uma alta da Covid-19.

No Brasil, estão sendo testadas atualmente a vacina de Oxford , da AstraZeneca, que está na Fase 3 e será desenvolvida em parceria com o Brasil; e a candidata da chinesa Sinovac Biotech , em parceria com o Instituto Butantan, de São Paulo.

A previsão é de que uma vacina possa se mostrar eficaz até o início do próximo ano.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nacional

Incêndio de grandes proporções atinge Parque de Ibitipoca, em MG

Publicado


source

Agência Brasil

Incêndio Parque de Ibitipoca
José Cruz-Agência Brasil

Local fica a cerca de 300 quilômetros de Belo Horizonte.

Um incêndio de grandes proporções já destruiu uma extensa área do Parque Estadual de Ibitipoca, em Lima Duarte (MG), na Zona da Mata, a cerca de 300 quilômetros de Belo Horizonte. Segundo o Instituto Estadual de Florestas (IEF), autarquia responsável por administrar a unidade de conservação, o fogo começou na tarde do último domingo (27), em uma área próxima ao parque.

As chamas se espalharam rapidamente e, ontem (28), atingiram a unidade. Há três dias, bombeiros, brigadistas, voluntários e servidores do parque estadual tentam controlar a situação e apagar as labaredas que se propagam pela vegetação seca. Ao todo, 75 pessoas estão participando da ação de combate ao fogo, que conta com o apoio de um helicóptero do Corpo de Bombeiros.

Visitas são suspensas

Devido ao incêndio, o IEF suspendeu a reabertura do parque às visitações. Após seis meses fechado ao público em função das medidas adotadas devido à pandemia da Covid-19, as visitas seriam retomadas nesta quarta-feira (30). Em nota, o instituto estadual afirma que a nova data para reabrir será anunciada assim que o fogo estiver apagado e a situação normalizada.As causas e a área total queimada ainda serão apuradas. A expectativa do IEF é que as chamas sejam apagadas até amanhã.

Coberto pela Mata Atlântica, o Parque Estadual de Ibitipoca é um dos mais visitados em Minas Gerais e uma das principais atrações turísticas da Zona da Mata, possuindo vários córregos e riachos com atrativos como piscinas naturais e cachoeiras. Segundo o IEF, a região abriga espécies ameaçadas de extinção como a onça parda, o lobo-guará e o primata sauá. Na área também é possível encontrar macacos barbados (bugios), papagaios-do-peito roxo, coatis e andorinhão-de-coleira falha. Além disso, uma espécie de perereca, a Hyla ibitipoca, foi avistada pela primeira vez na região, da qual herdou o sobrenome.

Queimadas

Bombeiros e brigadistas mineiros vêm enfrentando incêndios florestais em diferentes regiões de Minas Gerais. Só nos últimos dias, dois grandes focos mobilizaram equipes na Serra de São Domingos e em Ituitaba.Na Serra de São Domingos, em Poços de Caldas (MG), o fogo, que começou na tarde de domingo (27), só foi controlado na manhã de ontem (28). A exemplo do Parque Estadual de Ibitipoca, a serra atrai muitos turistas.

Um balanço preliminar indica que as chamas incineraram cerca de 13 hectares de vegetação nativa. Cada hectare corresponde, aproximadamente, a um campo de futebol oficial.Já em Ituitaba, cidade próxima à divisa com Goiás, a cerca de 140 quilômetros de Uberlândia, um incêndio florestal consumiu, no domingo, algo em torno de 10 mil metros quadrados, segundo o Corpo de Bombeiros. O fogo foi apagado no mesmo dia.

Continue lendo

Nacional

Homem atirou na boca de cachorro do vizinho por matar as suas galinhas

Publicado


source
cachorro
Reprodução

Homem deu um tiro na boca de cachorro que comeu as suas galinhas


Agentes da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) investigam o caso do cachorro que levou tiros de espingarda na boca após uma discussão de vizinhos. O caso ocorreu no último sábado (26) e polícia indica que o desentedimento que levou ao crime de maus-tratos teria ocorrido porque o cachorro invadiu o quintal do vizinho e matou uma de suas galinhas .


O vizinho que perdeu a galinha teria ficado irritado e efetuado os disparos contra o cachorro. O dono do animal pensou que se tratava de tiros de chumbinho, mas ao submeter o cão a um procedimento veterinário verificou que a munição utilizada era semelhante aos calibres .32 e .38.

Ao ser ouvido pela polícia, o dono do cachorro alvejado disse ter outros três cães em sua propriedade. Ele disse que os animais são mantidos presos dentro de um canil, mas que teriam fugido da estrutura no dia em que os disparos foram efetuados.

O dono do animal disse ter ouvido os disparos e avistado o cachorro, o Yanko, correndo com a boca ferida . Ele disse à polícia ter se posicionado como o dono do cachorro após ver a situação do animal, porém o suposto agressor, em resposta, teria mostrado a galinha morta.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana