conecte-se conosco


Registro Geral

Por conta da família e de olho nas empresas, Frical não vai disputar eleição no ano que vem

Publicado

Ex-candidato a prefeito de Várzea Grande, Flávio Vargas (PSB): mesmo com boa votação, não deve concorrer a cargo eletivo, em 2022

Apesar da boa votação em Várzea Grande, quase 45 mil votos, o candidato derrotado a prefeito, Flávio Vargas, o Frical (PSB), revelou aos mais próximos que não tem pretensões de concorrer a deputado estadual ou federal, em 2022. Segundo fonte da coluna, com 60 anos, Flávio vai se dedicar aos cuidados da saúde, além da família. Ele argumentou ainda que os negócios, ramo frigorífico, sentiu um pouco com o seu afastamento para concorrer ao Paço Couto Magalhães. “O Flávio fez a parte dele ao colocar o nome a disposição do povo. Se saiu muito bem, mas ele quer viver a família, cuidar das empresas e tomar aquela cervejinha bem gelada”, revelou a fonte que é muito próxima a Vargas.

 

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Registro Geral

Kalil trava pagamentos que somam R$ 25 milhões; empreiteiros entram em pânico e procuram JC

Publicado

Prefeito de Várzea Grande, Kalil Baracat (MDB), faz pente fino nos pagamentos da gestão liderada pela ex-prefeita, Lucimar Campos (DEM): “é preciso conversar” 

Por razões desconhecidas, ou talvez “estratégicas”, o prefeito de Várzea Grande, Kalil Baracat (MDB), mandou segurar pagamentos milionários por serviços realizados ainda na gestão da ex-prefeita, Lucimar Campos (DEM). Porém, os empenhos só ocorreram na atual administração emedebista. Portanto, no início de janeiro. São cerca de R$ 25 milhões entre ações executados nas áreas de obras públicas, engenharia ambiental e coleta de lixo. A construtora Nhambiquaras, por exemplo, é uma das empresas que mais empenhou notas, ainda à espera de liquidação. Segundo fonte quentíssima da coluna, desesperados, empreiteiros fizeram recentemente uma verdadeira romaria ao escritório político do senador, Jayme Campos (DEM), clamando por sua intercessão junto ao novo prefeito. Ainda de acordo com a mesma fonte, parece que a estratégia não funcionou muito bem. Eles terão que “conversar” com gente nova do pedaço. Confira, abaixo, a lista de empresas com valores a receber por serviços anteriores, executados na “cidade industrial:

 

TECNOMAPAS       R$ 3,7 milhões

CEVIC                        R$ 1,4 milhão

CONENGE                R$ 1,0 milhão

CENTRO OESTE    R$ 1,5 milhão

NHAMBIQUARAS R$ 4,5 milhões

LUMEM                    R$ 1,5 milhão

CAPUA                      R$ 1,3 milhão

WELLOX                  R$ 1,0 milhão

LOCAR                      R$ 7,2 milhões

RC                               R$ 2,4 milhões

Continue lendo

Registro Geral

Ex-vereador deve substituir Botelho em disputa por vaga de deputado estadual, em 22

Publicado

Ex-vereador de Cuiabá, Ricardo Adriane (Republicanos): provável herdeiro do espólio eleitoral do deputado, Eduardo Botelho (DEM)

O ex-vereador de Cuiabá, Ricardo Adriane (Republicanos), braço direito do primeiro secretário da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho (DEM), deverá ser o seu sucessor nas eleições gerais do próximo ano. Após perder a presidência da Casa, por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), Botelho desanimou com a política e, muito provavelmente, vai compor o pleno do Tribunal de Contas do Estado (TCE) como conselheiro vitalício. Neste caso, Adriane ocupará o vácuo deixado pelo chefe. Verdade seja dita, o ex-vereador conhece como ninguém a base eleitoral do parlamentar. Em tempo: o irmão de Botelho, empresário do transporte coletivo, Rômulo Botelho, é o principal incentivador do deputado para que ele ingresse o mais rápido possível no TCE.

 

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana