conecte-se conosco


Policial

Policial Civil cria aplicativo de celular que compartilha localização para garantir segurança dos usuários  

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Um aplicativo para celular de compartilhamento de localização foi lançado pelo policial civil Fábio Bogo. Trata-se do App Sismapa, um aplicativo gratuito de celular, que busca proporcionar maior segurança aos seus usuários e poderá ser utilizado para visualizar a localização em tempo real através de mapas, via satélite ou Street View.

O aplicativo, disponível para o sistema operacional Android, serve para localizar todos os contatos registrados na agenda do celular, com a possibilidade de separá-los por grupos como família, amigos, trabalho e faculdade, entre outros.

Assim, ao abri-lo, o usuário vai ver a exata localização de cada um deles em um mapa, visualizando o bairro, a rua e até a casa ou comércio onde a pessoa se encontra. Para isso, basta que a outra pessoa também tenha o aplicativo.

O investigador de polícia ressalta a preocupação frequente nos dias de hoje dos pais para saberem onde seus filhos estão, ou, para empresários que possuem vendedores externos, conseguir a localização exata de seus funcionários e com isso manterem boa produtividade nas empresas.

“Com o crescimento da criminalidade em muitas cidades brasileiras, uma ferramenta que revele exatamente onde estão as pessoas que amamos é fundamental. O alto índice de sequestros e desaparecimentos é assustador e o simples fato de um filho ou um irmão não atender o telefone já nos preocupa”, disse o fundador do aplicativo, Fábio Bogo. 

O APP tem uma interface simples, prática e amigável, o que facilita o acesso. O aplicativo utiliza o mesmo plano de dados de internet que o usuário usa para ler e-mails e navegar, portanto, não gera nenhum custo a mais. 

A instalação é rápida. Após baixar o APP por meio do Google Play, basta efetuar o registro pessoal, com nome, telefone e email. Ele não cobra nenhuma taxa extra, inclusive para localizar pessoas no exterior. Além disso, no caso de perda ou furto do celular, o usuário poderá localizá-lo rapidamente entrando no site e inserindo seus dados pessoais.

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Policial

PRF faz apreensão de drogas e causa prejuízo de mais de 53 milhões de reais ao narcotráfico

Publicado


.

Mais de 400kg de pasta base de cocaína foram apreendidos

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu aproximadamente 424,5 kg de substância análoga à pasta base de cocaína, na madrugada deste domingo (05), na BR-163, em Nova Mutum/MT.

Através de policiamento orientado pela inteligência, a PRF abordou dois veículos que trabalhavam em conjunto para realizar o transporte da droga. Um deles era uma Chevrolet/S10, com placas de Belo Horizonte/MG, conduzida por um senhor de 66 anos que atuava como batedor. O outro veículo, uma Toyota/Hilux, com placas de Uberlândia/MG, conduzida por um homem de 30 anos e que estava carregada com 410 tabletes da droga. Em ambos veículos foram encontrados rádios transmissores para comunicação durante o trajeto.

Ao ser questionado, o condutor do veículo com a droga disse que a levaria de Campo Novo do Parecis/MT para Uberlândia e que receberia certa quantia em dinheiro para realizar o transporte. O senhor que conduzia o veículo batedor, não se manifestou, mas já possuía passagem por tráfico de drogas.

Em 2020, a PRF em Mato Grosso, já apreendeu quase 2 toneladas de cocaína. Somente nessa apreensão, a polícia causa um prejuízo de mais de 53 milhões de reais aos cofres do narcotráfico.

SECOM PRF MT

 

 

 

 

 

 

Fonte: PRF MT

Continue lendo

Policial

Mais de meia tonelada de droga é apreendida em duas investigações de tráfico interestadual

Publicado

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE), trabalha em dois focos principais na repressão ao tráfico de drogas, cuja atuação tem circunscrição estadual: o combate ao tráfico interestadual realizados por organizações criminosas especializadas no fornecimento e distribuição de drogas para todo Estado; e o tráfico doméstico, conhecido como “formiguinha”, que tem como característica o comércio de entorpecentes em pequenas quantidades, realizado em bairros de Cuiabá.

No primeiro semestre de 2020, uma das investigações da delegacia especializada resultou na desarticulação de um grupo de traficantes que traria de Mato Grosso do Sul mais de meia tonelada de maconha destinada à distribuição em Mato Grosso e Goiás.

As investigações deflagraram a Operação “Porteira Fechada”, realizada em abril, quando a equipe da DRE apurou denúncias e chegou a uma casa em Ponta Porã, cidade na fronteira de Mato Grosso do Sul com o Paraguai. No local, os policiais civis apreenderam 600 quilos do entorpecente que estavam escondidos na residência. A Operação prendeu em flagrante seis pessoas ligadas ao grupo criminoso responsável pelo comércio da droga.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana