conecte-se conosco


Policial

Polícia Rodoviária Federal prende 04 condutores dirigindo sob influência de álcool nesse domingo em Mato Grosso

Publicado


Domingo agitado em Mato Grosso, com 04 prisões de condutores que estavam dirigindo seus veículos sob a influência de álcool.

O primeiro caso foi em Diamantino/MT, por volta da 01 hora e 32 minutos, a fiscalização era km 539 da BR 163, foi acionada para atendimento de acidente de trânsito envolvendo veículo com derramamento de carga. Na oportunidade, foi verificado que o motorista (43 anos) do caminhão Iveco/Stralis, possuía visíveis sinais de embriaguez.

Ao ser submetido ao exame de alcoolemia, constatou-se o teor de 0.87 miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões. Por se queixar de dores no peito, o senhor foi encaminhado pela ambulância da Rota do Oeste ao Pronto Atendimento de Diamantino/MT.

Outro caso foi às 09 horas e 50 minutos em Pontes e Lacerda, houve um acidente do tipo colisão traseira entre o veículo Vw/Gol 1.0, conduzido por um homem de 30 anos, com uma motocicleta Honda/Cg, com 02 ocupantes.

Foi realizado o teste de etilômetro nos envolvidos, sendo que o motorista do Vw/Gol apresentou o valor de 1,02 mg/L, miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões, considerado crime.

Já em Água Boa, por volta do meio-dia, a equipe atendeu um acidente de trânsito do tipo colisão frontal sem vítimas (Ford/F 1000 e um Vw/Novo Voyage), um dos envolvidos (homem de 45 anos), após ser submetido a exame de alcoolemia, constatou-se o teor de 1.07 miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões.

E no final da noite, às 21 horas e 40 minutos em Pontes e Lacerda, um homem de 42 anos, conduzindo o veículo FIAT/STRADA, foi abordado e solicitado documentação. Foi visível aos policiais que ele apresentava sinais de embriaguez, sendo solicitado ao condutor que descesse do veículo e realizasse o teste de etilômetro.

Após o procedimento, foi constatado o valor de 0,73 mg/L miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões.

Nos quatro casos, os condutores foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil das respectivas cidades.

Conduzir veículo automotor sob efeito de bebida alcoólica, conforme a legislação em vigor, é um ato criminoso, conforme Art. 306 do Código de Trânsito Brasileiro.

Fonte: PRF MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Policial

Projeto “Índio no Trânsito” da PRF em Mato Grosso realiza suas primeiras entregas

Publicado


A 5ª Delegacia da Polícia Rodoviária Federal em Mato Grosso, localizada em Primavera do Leste, possuía um histórico de conflitos com os Índios da etnia Xavante da Terra Indígena Sangradouro e Volta Grande que margeiam mais de 60 quilômetros da rodovia BR-070.

Uma das iniciativas desenvolvidas pelos policiais da região para resolver essa situação foi a elaboração do projeto “Índio no Trânsito”. Esse projeto tem por finalidade oferecer aos índios, que residem naquela área, a gratuidade no processo de obtenção à CNH. A ação ajuda os índios que já possuem veículos automotores, mas que ainda não retiraram a sua CNH, a utilizarem seus veículos de maneira regular, seguindo as determinações e preceitos do Código de Trânsito Brasileiro. Essa proximidade entre os índios e a PRF acaba por diminuir a ocorrência de possíveis atritos no âmbito das rodovias, criando um sentimento de parceria e cooperação entre ambos.

O projeto foi iniciado em setembro de 2020 e na última semana teve a entrega das primeiras carteiras aos indígenas.

14 índios receberam a CNH do projeto e estão aptos a conduzir veículos automotores dentro da legalidade agora.

Fonte: PRF MT

Continue lendo

Policial

Polícia Civil destrói 1,4 toneladas de entorpecentes em quarta incineração realizada no ano em Cuiabá

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

A quarta incineração do ano realizada pela Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE), da Polícia Civil, destruiu aproximadamente 1,4 toneladas de drogas na fornalha de uma empresa, localizada no Distrito Industrial em Cuiabá.

A grande quantidade de entorpecente, entre porções de maconha, cocaína e pasta base de cocaína, foi apreendido pelas forças de segurança na região metropolitana nos últimos meses. Com a destruição da droga realizada nesta segunda-feira (27), já são aproximadamente sete toneladas de entorpecentes incineradas em 2021.

Para a delegada titular da DRE, Juliana Chiquito Palhares, o trabalho coletivo da Segurança Pública na atividade de enfrentamento ao tráfico vem apresentando resultados cada vez melhores, levando à apreensão de quantidades maiores de entorpecentes ano após ano.

“Até junho de 2021, eram aproximdamente 12 toneladas apreendidas no estado, cerca de 67% a mais do que no ano de 2020. Isso demonstra o esforço de homens e mulheres em buídos nesse espírito de bem servir à sociedade na luta contra o tráfico de drogas”, disse a delegada.

Juliana frisou ainda a importância do trabalho em conjunto com a sociedade que através dos canais de comunicação, podem realizar denúncias e contribuir para o trabalho das forças de segurança.

“A queima do material ilícito apreendido é o ato final do trabalho de enfrentamento ao tráfico, destruindo tudo aquilo que movimenta o crime de tamanha gravidade que afeta pessoas, devasta famílias e causa tanta tristeza à sociedade”, finalizou a delegada.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana