conecte-se conosco


Policial

Polícia prende 6 e esclarece crimes de roubos, receptação e tráfico de drogas em Várzea Grande

Publicado

As prisões foram efetuadas por agentes da Derf durante o fim de semana

Seis pessoas envolvidas em diferentes crimes praticados em Várzea Grande, foram presas pela Polícia Judiciária Civil, após diversas ações da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf-VG), realizadas no final de semana (1 e 2).

Durante os trabalhos, foram identificados suspeitos e esclarecidos crimes de receptação, roubos e tráfico de drogas. Além das prisões, as ações resultaram na apreensão de nove tabletes de maconha e na recuperação de um veículo produto de roubo.

Entre os presos, quatro (três homens e um adolescente) foram detidos em flagrante por roubos cometidos algumas horas antes.

Apreensão de entorpecentes

Na primeira ocorrência, os policiais civis da Derf-VG realizavam diligências para averiguar uma denúncia sobre um endereço no bairro Jardim Eldorado, onde havia uma arma de fogo e produtos provenientes de roubos e furtos.

Ao perceber a presença da equipe se aproximando do local, um suspeito que estava na casa empreendeu fuga. Durante buscas na residência foram localizadas nove tabletes de maconha. A droga foi apreendida e o procedimento encaminhado à Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE), para continuidade das investigações.

Leia Também:  Polícia Civil fecha ponto de venda de drogas em Várzea Grande e prende mulher traficante

Receptação

No segundo caso, uma mulher (A.P.S.) e o homem (T.H.S.L.) foram presos em flagrante pelo crime de receptação. Em diligências ininterruptas para apurar um roubo a mão armada com subtração de veículo, ocorrido no sábado (1), os investigadores da Derf-VG lograram êxito em identificar e prender o casal receptador do automóvel roubado.

Ao ser abordada, a suspeita A.P.S assumiu as acusações, bem como revelou que receberia o valor de R$ 300, para entregar o veículo até o destino final. Já o seu comparsa, T.H.S.L., permaneceu em silêncio. Diante dos fatos, ambos foram conduzidos à Derf-VG e presos por receptação. Os trabalhos policiais continuam para identificar os autores do roubo majorado em apuração.

Roubo a residência

Na terceira situação, a Derf-VG conseguiu prender em flagrante três indivíduos, logo após praticarem um assalto à residência no domingo (2). Kelvyn Vinícius de Anunciação Tomas e Victor Daniel de Melo Barbalho, foram autuados por roubo majorado, associação criminosa e corrupção de menores. O adolescente, C.H.S.N., responderá ato infracional análogo a roubo majorado e associação criminosa.

As vítimas estavam em casa quando foram rendidas por três homens armados. Os criminosos amarraram os moradores que ficaram trancados dentro de um dos cômodos da residência. Na ocasião, os suspeitos subtraíram produtos, eletrônicos,  joias, entre outros pertences.

Leia Também:  PRF prende jovem usando carro do patrão para traficar drogas

No decorrer das investigações foi possível levantar a qualificação dos autores, os quais acabaram detidos. Os três foram conduzidos à Derf-VG, onde foram reconhecidos pelas vítimas. Diante dos fatos, eles foram presos e apreendido respectivamente, em flagrante delito.

Assalto a pedestre

Na quarta diligência de combate a criminalidade, os policiais civis efetuaram a prisão de José Carlos Pereira da Costa, pelo crime de roubo. O mesmo foi surpreendido logo após cometer um assalto, na Avenida Ulisses Pompeu de Campos, região Central de Várzea Grande. A vítima andava pela rua quando foi abordada pelo suspeito.

Usando de violência física e grave ameaça, o criminoso subtraiu o aparelho celular da vítima. Em ato contínuo os investigadores foram acionados e localizaram o autor da ocorrência. Conduzido à Derf-VG, José Carlos Pereira da Costa, confessou o crime sendo preso em flagrante por roubo.

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Policial

Preso PM suspeito de tentativas de assaltos e atirar contra investigadores na região sul

Publicado

Preso por policiais militares na noite desta sexta-feira (23), por volta das 23h, logo depois de tentar assaltar e atirar diversas vezes na direção de um investigador da Polícia Civil, o suspeito C.E.B, de 25 anos, já foi reconhecido como autor de mais dois assaltos ocorridos em Cuiabá.
Na noite de ontem, ele tentou cometer o mesmo crime atacando o investigador no momento em que a vítima chegava na casa da sogra, em um bairro na região do Coxipó. Ele agiu na companhia de um outro homem, cada um em uma motocicleta.
O policial reagiu, atirou contra os dois assaltantes. A dupla abandonou as motos e fugiu a pé. Baleado na perna, C.E.B. acabou preso logo depois por uma equipe da 2ª Companhia de Polícia Militar do bairro Parque Cuiabá em um bairro da mesma região, o Altos do São Gonçalo.
Os policiais militares checaram as placas das duas motocicletas. Uma, a Honda CG 160, apontou adulteração e a descoberta da numeração original apontou para queixa de roubo.
Até agora o suspeito já foi reconhecido como um dos autores do roubo sofrido por uma policial militar, soldado, no 30 de junho deste ano. Também seria o autor do roubo a uma farmácia da Avenida Fernando Corrêa, no Coxipó, que aconteceu na semana passada, no dia 17.
O preso está internado no Pronto Socorro Municipal sob custódia da polícia e deve ser autuado em flagrante por tentativa de roubo e de homicídio e indiciado por outros crimes como porte de arma de fogo, furtos, entre outros.
CORREGEDORIA
A Polícia Militar informa que equipes da Corregedoria acompanharam o cumprimento do mandado de prisão e estão contribuindo com todas as ações necessárias ao esclarecimento das denúncias.
No âmbito militar, a Corregedoria já está apurando, reunindo dados e informações para instaurar procedimentos para investigar a conduta do policial.

Leia Também:  Polícia Civil prende suspeito de escalar distribuidora para furtar bebidas

Continue lendo

Policial

Deletran alerta para o compartilhamento de notícia falsa referente a fiscalização

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Uma notícia que está circulando nos últimos dias nas redes sociais não condiz com os procedimentos adotados pela Delegacia Especializada de Delitos de Trânsito (Deletran), da Polícia Civil, em relação a fiscalização Lei Seca. O artigo de opinião publicado em um site de notícia é do ano de 2016, e foi replicando passando a impressão de que os policiais foram autorizados a realizar flagrante de pessoas que estão em bares consumindo bebidas alcoólicas.

O delegado titular da Deletran, Christian Alessandro Cabral, alertou que o texto do artigo não corresponde aos procedimentos adotados pela Delegacia, apesar da técnica ser legal e usada em algumas localidades do País. O modelo de abordagem é considerado inadequado por direcionar as ações e pela imparcialidade nos atos.

“O propósito da fiscalização da Deletran é a imparcialidade e impessoalidade, fazendo com que todos, absolutamente todos, independente da classe social, econômica  e cultural, fiquem sujeitos aos rigores da lei”, afirmou.

Fonte: PJC MT
Leia Também:  Polícia Civil prende traficante e fecha ponto de distribuição de drogas em Rondópolis
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana