conecte-se conosco


Mato Grosso

Polícia Militar lança ‘Operação Guardião do Nortão’ para garantir a segurança em eleição em Matupá

Publicado


A Polícia Militar, por meio do 15º Comando Regional, lançou a operação ‘Guardião do Nortão’ em Matupá (684,3 km de Cuiabá). A ação tem como foco atuar com ações preventivas em virtude da eleição suplementar que acontece neste domingo (01.08), no município. Em menos de 24 horas, os policiais prenderam três pessoas, apreenderam três armas de fogo e cerca de 1 kg de droga na região.  

O reforço policial militar iniciou no último dia 27 de julho e seguirá até segunda-feira (02). A Polícia Militar destinou para atuar na operação o efetivo de 30 policiais militares do 15º CR, das equipes da Inteligência da PM, Batalhão Rotam e Força Tática. 

A operação “Guardião do Nortão” em pouco mais de 24 horas já efetuou três prisões em flagrante, apreendeu três armas de fogo, sendo uma submetralhadora 9 mm, um revólver calibre 38 e pistola calibre 765, cerca de 1 kg de droga e R$ 1.244,00. 

O comandante do 15º CR, tenente-coronel James Jacio Ferreira, explica que as ações preventivas e ostensivas no município, garante a segurança na região e inibe àqueles que possam procurar se aproveitar da realização do pleito eleitoral para infringir a lei.  

“Queremos que a população de Matupá, possa ir às urnas tranquilos, disponibilizamos equipes para atuarem nos sete pontos de votação no domingo. Essa operação é para garantir um pleno eleitoral seguro. Em menos de 24 horas, já prendemos três suspeitos, inclusive retiramos uma submetralhadora, pistola, revólver e drogas. Com esse reforço já conseguimos desarticular pontos do tráfico de drogas e seguiremos até segunda-feira com as ações preventivas”,  afirmou o tenente-coronel.   

Fonte: GOV MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mato Grosso

Sema analisa a qualidade da água em praias de Cáceres

Publicado


Quatro das cinco praias analisadas pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT), em Cáceres, foram classificadas como próprias para banho. Servidores da Diretoria de Unidade Desconcentrada do município avaliaram a qualidade da água e condições de banho dos corpos d’água durante cinco semanas, entre 6 de julho e 3 de agosto de 2021.

As praias adequadas para banho são: Praia Daveron, Praia do Iate Clube, Praia do Julião e Córrego Peraputanga (cachoeira). Já a Praia da Carne Seca, que também teve seu índice de balneabilidade avaliado, foi considerada inadequada para uso, pela presença de dragas no local.

Cáceres foi o primeiro município analisado pela campanha de balneabilidade, coordenada pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT). O Laboratório de Monitoramento da Água e do Ar da Sema e Regional de Cáceres trabalharam em parceria para realizar a coleta no município.

O diretor da Unidade Desconcentrada de Cáceres, Luiz Sergio Garcia, destacou a importância da campanha “Ela traz informações essenciais à sociedade que usufrui do rio. Este ano as ações acontecerem em parceria, o que trouxe economia a Pasta”.

Sebastião Paezano, Assistente de Meio Ambiente que participou diretamente da coleta, ressaltou a importância do suporte técnico e patrimonial oferecido pela regional. As amostras foram coletadas pelos servidores da Unidade Desconcentrada e despachadas ao laboratório da Sema, em Cuiabá.

“Passamos por um treinamento técnico em Cuiabá para conhecimento de novos métodos, frascos e novos aparelhos. Com a parceria conseguimos maior agilidade e efetividade nas coletas de balneabilidade das praias de Cáceres”.

Tanto a análise como a classificação de balneabilidade são importantes, pois, ao verificar a existência de lançamentos de esgoto sanitário, fezes de animais ou presença de microrganismos patogênicos próximos aos rios é possível evitar doenças como poliomielite, cólera, hepatite, febre tifóide, gastroenterite, doenças da pele, entre outras. Portanto, é possível garantir a conservação dos recursos hídricos e proteger a saúde da população.

Como é feita a análise

A coleta da balneabilidade tem a sua metodologia descrita na Resolução nº 274/2000 do Conselho Nacional do Meio Ambiente. Ela consiste na realização de amostragens durante 5 semanas consecutivas. São coletadas amostras de água em locais utilizados por banhistas para recreação de contato primário (balneabilidade), no trecho onde é possível atingir a isóbata de 1 m.

São coletada amostra para análise microbiológica e medido o pH. As amostras são acondicionadas em caixas térmicas e enviadas para análise no Laboratório da Sema, em Cuiabá, onde são processadas. Esse processo vai se repetir uma vez por semana, durante 5 semanas.

Ao final, técnicos da Sema emitem um boletim informando se a praia está PRÓPRIA (excelente, muito boa ou satisfatória) ou IMPRÓPRIA para banho.

*Supervisão de texto de Renata Prata

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mato Grosso

Fiscais da Sema-MT flagram desmatamento ilegal em Unidades de Conservação em Colniza

Publicado


No último final de semana uma equipe da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT) apreendeu 80 m³ de toras de madeira provenientes de extração ilegal e aplicou R$ 150 mil em multas por danos a Unidades de Conservação na Estação Ecológica Rio Roosevelt, no município de Colniza (1.022 quilômetros de Cuiabá).

Durante a operação, que contou com o apoio da Polícia Militar (PM) e do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE), os agentes também apreenderam três caminhões e uma espingarda que estavam sendo utilizados no crime ambiental.

Quatro suspeitos receberam voz de prisão e foram encaminhados pela Polícia Militar à Delegacia de Colniza para os procedimentos legais do flagrante. O total das multas aplicadas aos quatro indivíduos soma R$ 150 mil.

A Estação Ecológica Rio Roosevelt é uma Unidade de Conservação de proteção integral, está localizada em Colniza e possui uma área de 96.168,00 hectares do Bioma Amazônia.

Denúncia

O cidadão pode denunciar o desmatamento ilegal e outros crimes ambientais à Ouvidoria Setorial da Sema pelo telefone: 0800-65-3838, nas unidades regionais da Sema ou aplicativo MT Cidadão.

*Com orientação de Lorena Bruschi.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana