conecte-se conosco


Polícia Federal

Polícia Federal investiga roubo a agência dos Correios em Tocantins

Publicado

Palmas/TO – A Polícia Federal deflagrou, nessa manhã (23/10), a Operação Panela de Ferro visando desarticular organização criminosa envolvida em roubo aos Correios.

Aproximadamente dez policiais federais cumprem dois mandados de busca e apreensão e um mandado de prisão temporária expedidos pela 1ª Vara Criminal de Presidente Kennedy, todos na cidade de Colinas/TO.

A investigação teve início após o roubo ocorrido na Agência Postal de Tupiratins/TO, quando dois indivíduos subtraíram valores em espécie, mantendo empregado e clientes sob ameaça de arma de fogo.

Os investigados devem responder pelo crime de roubo, cuja pena pode chegar a 13 anos de reclusão.

O nome da operação faz alusão ao povoado que deu origem ao município de Tupiratins/TO.

 

* Não será realizada coletiva de imprensa.

 

Comunicação Social – Polícia Federal em TocantinsE-mail: [email protected]Fones: (63) 3236-5440

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia Federal

PF combate crimes contra a segurança nacional e prende por posse ilegal de arma de fogo

Publicado


.

Belo Horizonte/MG – A Polícia Federal deflagrou hoje (13/7) ação para combater crimes contra a segurança nacional. Uma pessoa foi presa em flagrante por posse ilegal de arma de fogo.

Investigações, iniciadas em maio deste ano, identificaram um homem que teria proferido ataques a autoridades e instituições. Em vídeos publicados em ambiente virtual, ele teria feito ameaças diretas à vida de determinadas pessoas, citando processo violento ou ilegal, com o fim de obstar o livre exercício dos Poderes da União.

Os crimes de calúnia e difamação contra diversas autoridades também teriam ocorrido. A Polícia Federal representou por um mandado de busca e apreensão, expedido pela 35ª Vara da Justiça Federal em Belo Horizonte e cumprido nesta Capital.

Foram apreendidos computador, aparelho de telefone celular, roupas utilizadas nos vídeos, munições, além de três armas de fogo, estando uma delas registrada em nome de terceiro e com registro vencido, o que ensejou a prisão em flagrante do investigado pelo crime de posse ilegal de arma de fogo de uso permitido, cuja pena máxima é de três anos de reclusão.

Se condenado pelos crimes contra a segurança nacional, calúnia e difamação, o preso poderá cumprir até 13 anos de prisão.

Seguindo todos os protocolos de cuidados do Ministério da Saúde em face da pandemia do Covid-19, a Polícia Federal continua trabalhando para a manutenção da lei e da ordem, preservando o estado democrático de direito.

 

 

Comunicação Social  da Polícia Federal em Minas Gerais

[email protected] | www.pf.gov.br

(31) 3330-5270

Continue lendo

Polícia Federal

Polícia Federal realiza grande operação de erradicação e destrói mais de 500 mil pés de maconha

Publicado


.

Recife/PE – A Polícia Federal deflagrou, entre os dias 22/06 e 12/07, a Operação MUÇAMBÊ III com o objetivo de reprimir o cultivo ilícito de maconha (Cannabis Sativa) em cidades do sertão pernambucano.

A ação foi realizada em conjunto com a Polícia Rodoviária Federal – PRF e contou, também, com a colaboração da Secretária de Defesa Social do Estado de Pernambuco (SDS/PE), bombeiros militares, policiais militares e civis do estado.

A erradicação se concentrou nas zonas rurais dos municípios de Salgueiro, Parnamirim, Dormentes, Cabrobó, Belém do São Francisco, Orocó, Carnaubeira da Penha, Floresta e Betânia. Ao todo, foram erradicadas dezenas de roças de cultivo da droga, sendo incinerados mais de 538 mil pés de maconha, que equivalem, após o processamento, a cerca de 180 toneladas da droga.

A operação foi dividida em duas etapas. Do dia 22 de junho a 01 de julho, foram realizados trabalhos de inteligência e levantamentos dos pontos geográficos onde estavam as roças de cultivo ilícito. Para isso, equipes policiais se deslocaram pela região, com auxílio de imagens de satélite, utilizando veículos 4×4, GPS e drones de alta tecnologia, capturando coordenadas geográficas dos locais. A partir do dia 02 de julho, foram iniciados os trabalhos de logística e atividades operacionais.

Para realização dessa fase foram montadas três frentes de atuação, sendo uma por terra, com veículos 4×4 capazes de enfrentar terrenos de difícil acesso; outra por água, já que grande parte dos plantios são realizados em ilhas do Rio São Francisco, fazendo-se necessária a utilização de barcos para se chegar até esses pontos; e a última por ar, com o uso de helicópteros, capazes de conduzir os policiais até pontos próximos a plantios que ficam em lugares de acesso irregular como montanhas e terras menos trafegáveis.

Para o êxito da operação MUÇAMBÊ III foram empregados três helicópteros da PF, três vans, três botes infláveis para águas de baixa profundidade, um caminhão de apoio, um caminhão tanque de combustível com capacidade para 15 mil litros e três drones; a PRF participou da ação com um helicóptero, nove viaturas operacionais e uma unidade móvel de pronto atendimento (ambulância).

No total, entre policiais federais, policiais rodoviários federais, agentes administrativos, bombeiros militares, paramédicos, policiais civis e militares de PE, e trabalhadores contratados para a destruição das roças foram empregados mais de 180 profissionais.

O ciclo produtivo da cannabis é acompanhado de perto pelo serviço de inteligência da Polícia Federal e, com a aproximação do período da colheita, novas ações são realizadas, coibindo assim a secagem e a consequente introdução da droga no mercado consumidor.

A Polícia Federal vem promovendo ações de identificação e erradicação de plantios de maconha, no sertão pernambucano, há vários anos.

Muçambê é um pequeno arbusto da família das Caparidáceas provido de espinhos nos pecíolos das folhas, ocorrendo nas caatingas dos estados do nordeste.

Saldo de todas as fases da Operação Muçambê:

• 1ª FASE (fevereiro/2020) foram erradicadas e incineradas: 56 roças da planta; 102.718 pés de maconha (aproximadamente 34 toneladas); 30.015 mudas e 3 Kg de sementes; além de 1.123 Kg da droga pronta para consumo.

• 2ª FASE (abril e maio/2020): foram erradicadas e incineradas: 61 roças da planta; 295.647 pés de maconha (aproximadamente 98 toneladas); 13 sementeiras de maconha (local destinado à germinação das sementes); 44.270 mudas de maconha; além de 803,6 Kg da droga pronta para consumo.

• 3ª FASE (junho e julho/2020): foram erradicadas e incineradas: 179 roças da planta; 538.853 pés de maconha (aproximadamente 180 toneladas); 74 sementeiras de maconha (local destinado à germinação das sementes); 49.791 mudas de maconha, além de 399,2 Kg da droga pronta para consumo.

 

Comunicação Social da PF em Pernambuco
(81) 2137-4076 e 987077255.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana