conecte-se conosco


Polícia Federal

Polícia Federal em Foz do Iguaçu/PR incinera 3,5 toneladas de drogas

Publicado


Foz do Iguaçu/PR – A Polícia Federal realizou nesta sexta-feira (23/10) a sétima incineração de drogas deste ano, na cidade de Cascavel. 

Foram incineradas quase 3,5 toneladas de maconha, sendo que toda esta quantidade foi resultado de apreensões deste ano.

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Foz do Iguaçu
Contato: (45)3576-5515

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia Federal

Polícia Federal incinera mais de 620 kg de entorpecentes

Publicado


Maringá/PR – A Polícia Federal destruiu, na tarde desta quarta-feira (25/11), mais de 623 kg de drogas apreendidas nas ações e operações realizadas pela Polícia Federal em Maringá e demais forças de segurança que atuam na circunscrição.

As drogas foram incineradas com autorização judicial, numa indústria localizada da cidade, onde foram destruídos, 429,95 kg de cocaína e 203,9 kg de crack, perfazendo um total de 623,35 kg de entorpecentes. O representante da Vigilância Sanitária de Maringá fez-se presente ao procedimento.

Esta foi a quinta destruição promovida neste ano de 2020 pela Delegacia de Polícia e Maringá, totalizando, até o momento, a destruição de 35.242 Kg de entorpecentes. 

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Maringá/PR

Telefones: (44) 3220-1436/1408

Continue lendo

Polícia Federal

PF prende homem na posse de arquivos digitais com cenas de abuso sexual infantil no Rio de Janeiro

Publicado


Rio de Janeiro/RJ – Na manhã de hoje, 25/11, a Polícia Federal prendeu em flagrante, um homem, por armazenar imagens de abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes, o que configura o crime previsto Art 241-B do ECA – Estatuto da Criança e do Adolescente.

 

A prisão ocorreu durante o cumprimento de um mandado de busca apreensão na residência do alvo, no bairro do Cachambi, Zona Norte do Rio de Janeiro.

 

O objetivo da ação era localizar arquivos digitais compartilhados na DEEPWEB – também conhecida como “internet invisível” -, e palco de atividades ilegais, onde os criminosos se valem do anonimato para exibir, acessar e compartilhar imagens de abuso sexual infantil de forma a evitar a ação policial.

 

O preso será encaminhado à Superintendência da PF no Rio para lavratura do Auto de Prisão em Flagrante, e após as formalidades legais, ficará à disposição da justiça no sistema prisional.

 

Comunicação Social da Polícia Federal no Rio de Janeiro

[email protected] | www.pf.gov.br

(21) 2203-4404 / 4405 / 4406 / 4407

 

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana