conecte-se conosco


Polícia Federal

Polícia Federal deflagra operação que combate desvios de recursos no interior de Alagoas

Publicado

Maceió/AL – A Polícia Federal deflagrou, na manhã de hoje (26/09), a fase ostensiva da Operação “Casa Abandonada” com o objetivo de dar cumprimento a 18 mandados de busca e apreensão, 08 mandados de prisão temporária e mandados de sequestros (Imóveis, veículos, crédito em bancos) e de 150 cabeças de gado, expedidos pela Justiça Federal de Alagoas.

Os mandados foram cumpridos nas cidades de Maceió, Palmeira dos Índios, Quebrangulo, São José da Tapera, Piranhas, Jacaré dos Homens.

A investigação apurou o desvio de mais de R$ 5 milhões, no período entre 13 e 30/12/2016.

Os recursos desviados são parte dos quase R$ 32 milhões creditados na conta da Prefeitura de São José da Tapera/AL a título de pagamento do precatório do antigo Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério – FUNDEF.

Durante as apurações, constatou-se que os contratos administrativos de licitações foram executados sem disponibilidade financeira, pela Prefeitura São José da Tapera e, em seguida, os pagamentos eram realizados sem a respectiva documentação comprobatória da execução e ou do recebimento.

Além disso, constatou-se, também, a dispensa indevida de licitação, restando indícios de Responsabilidade do Prefeito (Decreto-Lei Nº 201/67), Organização Criminosa (Lei Nº 12850/13) e crimes de licitação (Lei Nº 8666/93), tipos penais pelos quais os investigados estão sendo indiciados. Em caso de condenação, as penas somadas, podem chegar a 32 anos de reclusão.

As investigações contaram com o apoio da Controladoria-Geral da União e do Ministério Público Federal.

A deflagração da Operação “Casa Abandonada” contou com o efetivo de 85 policiais federais.

Todo o material apreendido será encaminhado para análise criminal, bem como será submetido à perícia técnica após juntados aos autos de Inquérito Policial instaurado na Polícia Federal em Alagoas.

 

O nome da Operação remete à palavra Tapera, em Tupi, que significa casa de aparência ruim, abandonada por quem deveria cuidar.

Não haverá coletiva de imprensa.

 

Haverá atendimento à imprensa das 11h às 13h de hoje, na Superintendência Regional da Polícia Federal em Alagoas, mediante prévio agendamento pela Comunicação Social da PF em Alagoas (fones 82-99327-7671 ou 3216-6723).

 

COMUNICAÇÃO SOCIAL DA POLÍCIA FEDERAL EM ALAGOASCS/GAB/SR/DPF/AL(82) 3216-6723/6729 ou (82) 9327-7671

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia Federal

PF prende uma pessoa por compartilhamento de pornografia infantil

Publicado


Maringá/PR – A Polícia Federal cumpriu na tarde desta sexta-feira (15/10) um mandado de busca e apreensão, expedido em inquérito que tinha por objetivo investigar o compartilhamento de arquivos de pornografia infantil na internet.

Durante o cumprimento do mandado, foi realizada a prisão em flagrante de um indivíduo de 44 anos de idade, morador da cidade Maringá/PR, por posse e compartilhamento de pornografia infantil. Em verificação preliminar, foi constatado que ele armazenava mais de 7500 de arquivos de imagens e vídeos relacionados à exploração sexual de crianças e adolescentes.

Os materiais apreendidos serão submetidos a perícia técnica, a fim de que a investigação tenha continuidade em busca de informações que possam indicar o envolvimento do preso com a prática de outros crimes.

O indivíduo foi preso em flagrante pelos crimes de posse e armazenamento de arquivos de pornografia infantil, condutas tipificadas nos art. 241-A e 241-B do Estatuto da Criança e Adolescente.

Comunicação Social da Polícia Federal em Maringá/PR

Contato: (44) 3220-1436

Continue lendo

Polícia Federal

PF recaptura fugitivo investigado na Operação Grande Família, no Piauí

Publicado


Teresina/PI – A Polícia Federal deflagrou nesta tarde (15/10) a Operação Desgarrado, com o fim de recapturar um condenado da Justiça que fugiu da Casa de Custódia de Teresina no dia 02 de abril de 2021.

O fugitivo foi condenado pelos crimes de estelionato qualificado e organização criminosa, em ação penal que tramitou na 1ª Vara Federal de Teresina, decorrente das investigações realizadas na Operação Grande Família, deflagrada no dia 15 de maio de 2019.

Foram cumpridos dois mandados judiciais expedidos pelo Juízo da 1ª Vara Federal de Teresina/PI, sendo um mandado de prisão preventiva e um mandado de busca e apreensão em residência localizada em São Luís/MA.

O foragido foi preso e durante as buscas foram apreendidos dois aparelhos celulares utilizados por ele. O preso será interrogado e posteriormente será recolhido ao Sistema Prisional para cumprimento de sua pena, onde permanecerá à disposição da Justiça Federal.

Comunicação Social da Polícia Federal no Piauí

Contato: (86) 2106-4937/99451-8529

E-mail: [email protected]

***O nome da Operação Desgarrado decorre do fato de o preso já ter realizado outras fugas do Sistema Penal.

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana