conecte-se conosco


Polícia Federal

Polícia Federal deflagra operação para combater pedofilia e pornografia infantil no sertão de Pernambuco

Publicado


Recife/PE – A Polícia Federal deflagrou, na manhã de hoje (11), a Operação “Protect I” para dar cumprimento a dois mandados de prisão temporária e três mandados de busca e apreensão, na intenção de coibir a prática de crimes de estupro de vulnerável e pornografia infantil contra uma criança.

A ação, coordenada pela Delegacia de Polícia Federal em Salgueiro/PE, foi deflagrada nas cidades de Araripina/PE e Caldeirão Grande do Piauí/PI.
 
A investigação contou com o auxílio da INTERPOL e retratou um gravíssimo caso de abuso sexual infantil intrafamiliar. A suspeita é que o crime venha sendo praticado desde agosto de 2020, pelo pai da vítima.

Os abusos contra a menor, de apenas cinco anos de idade, eram registrados em vídeos e imagens, e posteriormente compartilhados na rede mundial de computadores, através da chamada DeepWeb. O material pornográfico era produzido pelos próprios investigados e difundido entre outros usuários da rede.

A INTERPOL mantém um banco de dados de imagens de abuso sexual infantil, o qual é alimentado por policiais de 61 países membros e pela EUROPOL. O Brasil faz parte dos países autorizados e certificados para a utilização do sistema desde 2009. Nesse contexto, a Polícia Federal instituiu uma Força Tarefa composta de policiais federais e civis, treinados na referida ferramenta da Interpol, que tem por objetivo a identificação das crianças brasileiras vítimas de abuso.

Salienta-se que o Brasil, como país membro da Interpol, aderiu à resolução 08 da Assembleia Geral da Interpol em 2011, por meio da qual se comprometeu a promover o gerenciamento de material de operações voltadas ao combate ao abuso sexual infantojuvenil de maneira centrada na vítima.

Os investigados foram conduzidos à Delegacia da Polícia Federal em Salgueiro/PE onde foram autuados pelos crimes de Estupro de vulnerável e produção e difusão de pornografia infantil.

No Brasil, a INTERPOL é representada pela Polícia Federal.

Comunicação Social – Polícia Federal/PE.

publicidade
1 comentário

1 comentário

  1. Grato por compartilhar seus conhecimentos, aprendendo cada dia mais e adorando conteúdo do blog. Adorando as dicas e sacadas.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia Federal

Polícia Federal deflagra Operação Cozinheiro Fantasma em Marília/SP

Publicado


Marília/SP – A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira (7/5) a Operação Cozinheiro Fantasma visando cumprir 4 mandados de busca e apreensão e 14 mandados de intimação no Município de Piraju/SP, com a finalidade de se obter provas referentes à investigação de fraudes ao benefício do seguro desemprego.

A investigação teve início a partir de denúncia do Posto de Atendimento ao Trabalhador do Município de Piraju/SP, informando o ingresso de 14 requerimentos de seguro desemprego com indícios de demissões fraudulentas envolvendo uma empresa localizada no Município de Osasco/SP, o que gerou prejuízo de aproximadamente R$ 80 mil aos cofres públicos.

Durante as buscas, foram apreendidos telefones celulares, HD’s de computadores e documentos, os quais serão analisados no interesse da investigação.

Os investigados poderão responder, no limite de suas responsabilidades, pelos crimes estelionato majorado (art. 171, § 3º, do Código Penal) e, eventualmente, pelo crime de associação criminosa (art. 288 do Código Penal).

O nome da operação decorreu da constatação de que os investigados nunca haviam desempenhado a função de cozinheiro indicada nos requerimentos de seguro desemprego apresentados ao PAT/PIRAJU.

Comunicação Social da Polícia Federal em Marília

Contato: (14) 3303-3000

Continue lendo

Polícia Federal

PF prende homem que praticava assalto aos Correios

Publicado


Rio de Janeiro/RJ – Nesta sexta-feira (7/5), a Polícia Federal cumpriu mandado de prisão preventiva, expedido pela 3ª Vara Federal de Niterói, em desfavor de criminoso foragido, coautor de roubos praticados em São Gonçalo e suspeito da autoria de diversos assaltos a cargas dos Correios na região.

A ação ocorreu no bairro do Rocha, em São Gonçalo. Com sua prisão, a Polícia Federal pretende dar continuidade às investigações em curso a respeito dos delitos praticados pelo acusado.

O homem foi conduzido à Delegacia de Polícia Federal em Niterói, para as diligências de praxe e responderá pelo crime praticado no art. 157, § 2º, II do Código Penal. 

Comunicação Social da Polícia Federal no Rio de Janeiro

[email protected] | www.pf.gov.br

(21) 2203-4404 / 4405 / 4406 / 4407

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana