conecte-se conosco


Polícia Federal

Polícia Federal deflagra 79ª Fase da Operação Lava Jato – Operação Vernissage

Publicado


Curitiba/PR – A Polícia Federal, em cooperação com o Ministério Público Federal e a Receita Federal, deflagrou na manhã de hoje (12/01) a 79ª Fase da Operação Lava Jato, denominada “VERNISSAGE”.

Cerca de 70 policiais federais e 10 auditores da Receita Federal cumprem 11 mandados de Busca e Apreensão, em Brasília/DF (2), São Luís/MA (3), Angra dos Reis/RJ (1), Rio de Janeiro/RJ (3) e em São Paulo/SP (2). Os mandados judiciais foram expedidos pela 13ª Vara Federal em Curitiba/PR.

Durante as investigações da Operação Lava Jato, foi identificada uma Organização Criminosa voltada a fraudar o caráter competitivo das licitações, mediante o pagamento de propina a altos executivos da Petrobras, bem como a outras empresas a ela relacionadas, como a Transpetro. O então diretor da Transpetro, no período de 2003 a 2014, seria indicação política no esquema criminoso que dividia os altos cargos da Petrobras e subsidiárias.

Suspeita-se que os contratos celebrados pela Transpetro com algumas empresas teriam gerado, entre os anos de 2008 e 2014, o pagamento de mais de R$12 milhões em propinas pagos a este grupo criminoso. Após o recebimento desses valores, muitas vezes pagos em espécie, eram realizadas várias operações de lavagem de capitais para ocultar e dissimular sua origem ilícita, especialmente, através da aquisição de obras de arte e transações imobiliárias.

No caso das obras de arte, tais operações consistiam na aquisição de peças de valor expressivo com a realização de pagamento de quantias ‘por fora’, de modo que não ficassem registrados os reais valores das obras negociadas. Neste caso, tanto o comprador, quanto o vendedor emitiam notas fiscais e recibos, mas declaravam à Receita Federal valores flagrantemente menores do que aqueles efetivamente praticados nas transações.

Entre valores declarados ao Fisco e os de mercado, praticados nos leilões em Galeria de Arte, verificaram-se diferenças de 167% a 529%.Em operação anterior, na residência de um dos investigados, foram encontradas obras de arte que apresentavam variações significativas entre o preço de aquisição declarado e o valor de mercado, em patamares de até 1.300%.

 

Nesta fase, são investigados crimes de corrupção, fraudes licitatórias, organização criminosa e lavagem de dinheiro.

 

Não haverá coletiva de imprensa.

 

Comunicação Social da Polícia Federal no Paraná

Contato: 41-3251-7809

[email protected]

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia Federal

´PF apreende 25 mil micropontos da droga sintética NBOH em Varginha/MG

Publicado


Varginha/MG – A Polícia Federal prendeu nesta sexta-feira, 15/01, em flagrante, um homem por tráfico interestadual de drogas em Varginha/MG.

Durante diligências para combate ao tráfico de drogas, policiais federais abordaram o suspeito na agência central dos Correios da cidade. Com ele, foram encontrados, dentro de encomenda que acabara de receber, cerca de 25 mil micropontos da droga sintética NBOH, similares a selos de LSD. Trata-se de uma das maiores apreensões de drogas sintéticas feitas pela PF em Minas Gerais. 

O indivíduo também estava realizando a postagem de outros micropontos vendidos no varejo. O investigado revendia o material para todo o Brasil, tendo sido confirmadas postagens para mais de 15 diferentes estados. A investigação contou com o apoio da Coordenação de Segurança Empresarial dos Correios em Minas Gerais.

O NBOH é uma droga importada e tem alto poder alucinógeno, tendo sido incluída pela ANVISA na lista de substâncias proibidas em 2018. Este foi o primeiro registro de apreensão da substância no sul de Minas Gerais. A grande quantidade apreendida tem alto valor de comercialização.

O investigado é estudante de direito e teve apreendidos também sua motocicleta e outros materiais de interesse da investigação, que prossegue em sigilo. Se condenado, ele poderá cumprir até 25 anos de reclusão.

Seguindo todos os protocolos de cuidados do Ministério da Saúde em face da pandemia do Covid-19, a Polícia Federal continua trabalhando.

Comunicação Social
Delegacia Regional de Polícia Federal em Varginha/MG
[email protected] | www.pf.gov.br
(35) 3229-4101

Continue lendo

Polícia Federal

Polícia Federal realiza extradição de cidadão paraguaio, com destino à cidade de Buenos Aires/Argentina

Publicado


São Paulo/SP – Na data de hoje (15/01/2021), a Polícia Federal, em atuação conjunta com autoridades consulares argentinas, realizou a extradição passiva de cidadão paraguaio, com destino à cidade de Buenos Aires, na Argentina.

O homem estava incluído na lista de Difusão Vermelha da Interpol e é acusado pelo cometimento do crime de tráfico internacional de drogas em território argentino. O processo contra o extraditando encontra-se sob julgamento no Tribunal Criminal Federal em Formosa/Argentina.

Comunicação Social da SR/SP

[email protected]

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana