conecte-se conosco


Polícia Federal

Polícia Federal deflagra 4ª fase da Operação Gremlins para combater fraudes bancárias no Ceará

Publicado

Fortaleza/CE – A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira (28/6) a quarta fase da Operação Gremlins, com o objetivo de coletar novos elementos de prova relacionados à atuação de grupo criminoso responsável pela contratação fraudulenta nos anos de 2013 e 2016 de financiamentos habitacionais e empréstimos consignados junto à agência da Caixa Econômica Federal, em Pacajus/CE. As investigações apontam que o esquema criminoso gerou prejuízo à caixa econômica federal de mais de R$ 3 milhões.

Policiais federais cumprem oito mandados de busca e apreensão, nos municípios de Fortaleza e Morada Nova. As medidas foram determinadas pela 32ª Vara da Justiça Federal em Fortaleza/CE, que autorizou, ainda, o bloqueio de contas e o sequestro de bens móveis e imóveis dos investigados.

A dinâmica da fraude envolveu a geração de aproximadamente 100 Cadastros de Pessoas Físicas (CPF’s) para sujeitos inexistentes, criação de matrículas de imóveis fictícias e, ainda, falsos servidores da prefeitura de Pacajus/CE. Dados falsos eram inseridos nos sistemas de informação da CEF para levantamento dos valores, os quais transitarem em contas abertas com CPF`s fictícios e, ainda, nas contas de familiares dos envolvidos.

Os indiciados, entre os quais funcionários do banco, poderão responder, de acordo com o nível de participação, pelos crimes de associação criminosa e fraude na obtenção de financiamento, com aumento de pena em razão do prejuízo causado à instituição bancária oficial. Já os bancários, em razão da função exercida, poderão responder também pelo crime de gestão fraudulenta e corrupção.

 

 

*** O nome da operação é uma alusão ao personagem do filme homônimo da década de 80, que retratava um pequeno bichinho, aparentemente inofensivo, que se multiplicava rapidamente e causava transtornos no meio social.

 

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Polícia Federal

PF combate fraudes envolvendo Auxílio Emergencial no Ceará

Publicado

Fortaleza/CE- A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (26/5) a Operação Horós, com o objetivo de aprofundar investigação sobre esquema criminoso envolvendo fraudes ao Programa Auxílio Emergencial, com indícios de atuação de investigados de Orós/CE.

Participam da ação de hoje 18 policiais federais, que cumprem 4 mandados de busca e apreensão, expedidos pela 25ª Vara da Justiça Federal, em domicílios investigados na cidade de Orós/CE.

As investigações tiveram início no ano de 2020 e elucidaram esquema de pagamento de boletos em favor dos investigados e a débito das vítimas beneficiárias do programa social Auxílio Emergencial, com fraudes nas contas do programa social do governo federal.

Os investigados poderão responder pelo cometimento, em tese, do crime de estelionato qualificado, com penas de até 6 anos de prisão. 

O nome da operação é uma alusão às origens da área geográfica de atuação do grupo criminoso, no sertão central cearense.

As medidas são parte de uma Estratégia Integrada de Atuação contra as Fraudes ao Auxílio Emergencial da qual participam a Polícia Federal, o Ministério Público Federal, o Ministério da Cidadania, a CAIXA, a Receita Federal, a Controladoria-Geral da União e o Tribunal de Contas da União, com o fim de identificar a ocorrência de fraudes massivas e desarticular a atuação de organizações criminosas.

Comunicação Social da Polícia Federal no Ceará

Contato: (85) 33924867/9.9972-0194

Continue lendo

Polícia Federal

PF apreende droga dentro de embalagens de perfumes e desodorantes

Publicado

Guarulhos/SP – A Polícia Federal apreendeu, nesta quinta-feira (26/5), no Aeroporto Internacional de São Paulo, cerca de 143 embalagens de cosméticos com cocaína.

Um passageiro, nacional da Nigéria, que ingressou no país beneficiado pela Lei do Refúgio, foi abordado por policiais federais no finger que conduzia à aeronave que tinha como destino a Etiópia. Sua bagagem, constituída por quatro malas, havia sido vistoriada de forma indireta, com o auxílio do aparelho de raio-x. Ficou evidenciada a existência de matéria orgânica densa em seus interiores. Na presença de testemunhas, o passageiro reconheceu suas malas e as abriu. Dentro delas foram encontradas 108 embalagens de perfume e 35 de desodorantes contendo quase 20 kg de cocaína. O destino final da viagem do passageiro era a cidade de Lagos, na Nigéria.

O suspeito, que recebeu voz de prisão, será apresentado à Justiça Federal, onde poderá responder pelo crime de tráfico internacional de drogas.

 Comunicação Social da Polícia Federal no Aeroporto Internacional de São Paulo/Guarulhos

Contato: (11) 2445-2212

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana