conecte-se conosco


Polícia Federal

Polícia Federal apreende mais de 21 mil litros de produto químico utilizado no refino de cocaína

Publicado


Corumbá/MS – A Polícia Federal apreendeu nesta quinta-feira (15/7), num estacionamento localizado no bairro Aeroporto, 207 barris de Acetato de Etila, produto químico de venda controlada pela Polícia Federal, que poderia ser utilizado para produção de cocaína.

Após denúncia anônima, policiais federais realizaram diligências pela região, quando avistaram no estacionamento os barris de 200 litros armazenados sobre paletes, prontos para serem carregados. No local estavam o responsável pelo estacionamento, bem como o irmão do proprietário da carga, que não se apresentou. Ambos foram conduzidos à delegacia de polícia federal, onde foram ouvidos e liberados. Toda a mercadoria foi apreendida, pois não possuía a autorização específica para sua comercialização, bem como para exportação.

O produto químico foi retirado do local com a cooperação da Marinha do Brasil, que disponibilizou 4 caminhões e uma empilhadeira para o transporte. No total foram usados 5 caminhões para o transporte até o depósito da Receita Federal do Brasil, localizado no Posto Esdras.

Tem sido recorrente a apreensão de produtos químicos controlados, utilizados no refino de cocaína, na fronteira Brasil/Bolívia, especialmente na cidade de Corumbá/MS. O uso de tais produtos químicos proporcionam uma produção mais sofisticada de cocaína, propiciando o uso de menos folhas de coca para a produção de uma mesma quantidade, chegando o rendimento a dobrar.

Os investigados podem respondem pela prática tráfico de drogas ou de Contrabando.

Comunicação Social da Polícia Federal no Mato Grosso do Sul

 Contato: (67) 3368-1105

[email protected] | www.pf.gov.br

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia Federal

POLÍCIA FEDERAL e BPFRON realizam apreensão de veículo carregado com cigarros contrabandeados

Publicado


Nova Santa Rosa/PR – Durante patrulhamento de rotina na segunda-feira (27/9), equipe policial avistou veículo transitando com carga aparente de cigarros em sua carroceria.

Diante das circunstâncias, foi iniciado acompanhamento tático por alguns quilômetros da PR-491 e algumas estradas rurais da região até que o suspeito abandonou e veículo ao lado de uma mata fechada da região, não sendo localizado.

A eficiente ação integrada entre PF e BPFRON resultou na apreensão de um automóvel carregado com aproximadamente 60 caixas de cigarros de origem paraguaia.

O material apreendido foi encaminhado à Polícia Federal em Guaíra/PR para as diligências de praxe.

Fazem parte do PROGRAMA V.I.G.I.A. e desta operação interagências equipes da POLÍCIA FEDERAL, BPFRON e BOPE da PMPR, TIGRE e GOA da PCPR, BOPE/PMMS, RECEITA FEDERAL e EXÉRCITO BRASILEIRO, com apoio da SEOPI – Secretaria de Operações Integradas do MJSP.

Comunicação Social da Polícia Federal em Guaíra/PR

Disque denúncia: (44) 3642-9131 (whatsapp)

Continue lendo

Polícia Federal

Operação Thesaurus investiga desvio de recursos públicos destinados ao pagamento de auxílio emergencial

Publicado


Belém/PA – A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (28/9) a Operação Thesaurus, com objetivo de apurar a apropriação indevida de recursos destinados ao pagamento de auxílio emergencial.

Ao todo, 10 policiais federais cumprem, na região metropolitana de Belém, dois mandados de busca e apreensão e um mandado de prisão preventiva, expedidos pela 4ª Vara Criminal Federal da Seção Judiciária no Estado do Pará.

A Justiça Federal também determinou o bloqueio de bens e valores até o limite de cerca de R$ 19 milhões.

As investigações demonstraram que, no período de abril a julho do ano passado, uma agência lotérica solicitou à Caixa Econômica Federal suprimentos extraordinários no montante de mais de R$ 19 milhões para pagamento de auxílio emergencial, contudo não prestou contas do valor recebido.

O nome da operação – tesouro em latim – faz alusão à expressiva quantia apropriada, suficiente para pagamento de mais de 30 mil cotas de auxílio emergencial.

Caso o resultado dos cumprimentos dos mandados corrobore a hipótese criminal, os envolvidos serão indiciados pelos delitos de peculato e lavagem de capitais.

Comunicação Social da Polícia Federal no Pará

Fone: 91 98586-5044
Email: [email protected]

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana