conecte-se conosco


Polícia Federal

Polícia Federal altera o atendimento do passaporte e aos estrangeiros em virtude da pandemia

Publicado

Brasília/DF – A Polícia Federal, tendo em vista a publicação da Medida Provisória nº 926 e do Decreto nº 10.282, ambos de 20 de março de 2020, vem a público trazer novas orientações a respeito das atividades de Polícia de Imigração, dadas pelo cenário atual de crescente restrição de mobilidade.

As atividades de atendimento ao público, que já se encontram limitadas após a edição de normativos internos, serão analisadas sob rigorosos critérios de essencialidade e inadiabilidade, levando em conta os eventuais riscos à sobrevivência, à saúde e à segurança da população.

Dessa forma, a entrega de Passaporte, Carteira de Registro Nacional Migratório (CRNM) e Documento Provisório de Registro Nacional Migratório (DPRNM) está suspensa enquanto perdurar o estado de emergência de saúde pública, resguardando o quadro efetivo de servidores da Polícia Federal para ser empregado em outras atividades, caso seja necessário.

O prazo de 90 dias para retirada do Passaporte está suspenso a partir desta data, retomando-se a contagem ao término da situação de emergência de saúde pública.

A entrega de Passaporte às pessoas que comprovarem extrema necessidade será deliberada pela Unidade descentralizada diante de situações excepcionais, considerando as ferramentas disponíveis.

Tais demandas de exceção poderão ser apresentadas pelos requerentes por meio remoto, por e-mail, à consideração da Unidade.

Esses endereços de e-mail também poderão ser usados para a expedição de certidões esclarecendo as restrições de atendimento e a suspensão de todos os prazos migratórios.

Veja, aqui, a lista de e-mails por unidade da PF.

Encontre, na tabela, a cidade onde você reside e envie a mensagem para a unidade da PF responsável pela sua região.

 

Comunicação Social da PF

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia Federal

Em ação integrada, BPFRON e Polícia Federal apreendem veículos com cigarros contrabandeados do Paraguai

Publicado


Guaíra/PR – Na noite de segunda feira (24/1), na zona rural de Terra Roxa, policiais federais, em ação conjunta com policiais militares do BPFron, localizaram, em estado de abandono em meio uma plantação de soja, um veículo carregado com cigarros de origem estrangeira.  

Após consultas em sistemas policiais, foi constatado que o automóvel utilizado pelos contrabandistas possuía alerta de roubo. Foram realizadas buscas pela região, porém o responsável pelo veículo não foi localizado.

Já, na madrugada de segunda para terça-feira (25/1), após uma denúncia de que havia um depósito de mercadorias ilícitas na região de Altônia/PR, uma equipe policial se deslocou até a região e logrou êxito em localizar um comboio de carros suspeitos em alta velocidade em uma estrada rural. Após acompanhamento tático dos veículos a equipe logrou êxito em apreender um veículo carregado de contrabando.

O veículo e os materiais apreendidos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Federal em Guaíra/PR para as diligências de praxe.

Fazem parte do Programa V.I.G.I.A. nessa operação interagências equipes do BPFRON e demais Unidades da PMPR, Polícia Federal, PCPR, RECEITA FEDERAL e EXÉRCITO BRASILEIRO, com apoio da SEOPI – Secretaria de Operações Integradas/MJSP.

As ações integradas dos órgãos de segurança pública federais e estaduais também fazem parte do PPIF – Programa de Proteção Integrada de Fronteiras, coordenado pelo GSI – PR que busca integrar e articular ações de segurança pública, inteligência, controle aduaneiro e das Forças Armadas com as ações dos estados e municípios situados na faixa de fronteira e divisas, incluídas suas águas interiores e costa marítima.

Comunicação Social da Polícia Federal em Guaíra/PR

Contato: (44) 3642-9131

Continue lendo

Polícia Federal

Polícia Federal cumpre mandado de prisão contra um cidadão boliviano foragido da Justiça boliviana

Publicado


Campo Grande/MS – Na manhã desta terça-feira (25/1/), após recebimento de mandado judicial expedido pelo Ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, policiais federais efetuaram a prisão de cidadão de nacionalidade boliviana.

O cidadão boliviano e seu irmão são suspeitos de liderarem grupo que criou dados fantasmas na Prefeitura de Santa Cruz de La Sierra, com vistas a auferir ganhos ilícitos. Inclusive, o irmão já havia sido preso no Panamá, em dezembro do ano passado, após divulgação de alerta vermelho pela Interpol.

A prisão do foragido foi possível graças à troca de informações entre os policiais federais de Corumbá, a Adidância da PF na Bolívia, o escritório central da Interpol em Brasília e do Centro de Cooperação Internacional localizado na Polícia Federal no Rio de Janeiro.

Ele aguardará preso enquanto o pedido de extradição pelo governo boliviano é avaliado pela justiça brasileira.

Comunicação Social da Polícia Federal de Mato Grosso do Sul

Contato: (67) 3368-1105

[email protected] / www.pf.gov.br

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana