conecte-se conosco


Polícia Federal

Polícia Federal combate falsificações em processos de registro de armas de fogo

Publicado


Lages/SC– A Polícia Federal deflagrou, nesta quinta-feira (25/11), a Operação Falso Bellum, com o objetivo de combater fraudes em requerimentos de instrução de registros de arma de fogo e de concessão de certificados de registro de atiradores, na região do planalto serrano catarinense.

Policiais federais estão cumprindo dois mandados de busca e apreensão e uma ordem judicial de afastamento do exercício da atividade de despachante de armas de fogo, contra investigado na operação. As medidas judiciais buscam a colheita de provas sobre a participação das pessoas que estão envolvidas com as fraudes, bem como a apreensão de bens e documentos que possam estar sendo utilizados para a execução das condutas criminosas

As investigações tiveram início em 2020 com o recebimento de informações fornecidas por estabelecimentos que comercializam armas de fogo e por instrutores de tiro que atuam na região, a partir das quais foi identificada a possível comercialização de laudos de aptidão fraudulentos, utilizados por particulares para instruir processos de obtenção de certificados de registro e de outros requerimentos perante os órgãos de controle.  

O inquérito policial segue em curso, para apurar o envolvimento de outras pessoas ou outros fatos criminosos conexos, sendo que os investigados poderão ser indiciados pela prática dos crimes de uso de documento falso e de falsificação de documento público, entre outros que vierem a ser identificados no transcurso da investigação.  

O nome da operação, batizada de Falso Bellum, do latim falsa guerra, faz analogia com um dos calibres de arma de fogo mais solicitados pelos falsificadores (9mm parabellum) e à ilusão de que suas condutas ilícitas, ao tentar ludibriar os órgãos de controle, permanecerão impunes.  

Comunicação Social da Polícia Federal em Lages/SC  

[email protected]  

Contato: (49) 3251-6200

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia Federal

PF apreende passaporte falso, droga e simulacro de arma de fogo

Publicado


Guarulhos/SP – A PF apreendeu, entre os dias 27 e 28/11, no Aeroporto Internacional de São Paulo, com passageiros que embarcariam em voos para Portugal e Catar, um passaporte norueguês falso, 2 kg de cocaína e uma arma de pressão.

Policiais federais prenderam, no sábado (27), um passageiro que tentou passar pelo controle migratório apresentando um passaporte norueguês falso. Ao realizar a revista em sua bagagem, os policiais encontraram um passaporte marroquino em seu nome. O homem, que pretendia embarcar para Lisboa, em Portugal, foi preso por uso de documento falso.

No domingo (28), policiais federais identificaram, por meio do raio-x, substância orgânica oculta na bagagem de uma passageira que embarcaria para Portugal. A suspeita, uma brasileira de 29 anos, foi conduzida à sede policial e presa após os policiais encontrarem 2 kg de cocaína dentro de fundos falsos de uma de suas malas. Em outra ação foi detida uma passageira que pretendia embarcar para Doha, no Catar, transportando um simulacro de arma, sem declarar e apresentar a documentação necessária para seu transporte dentro da bagagem. A mulher, uma brasileira de 37 anos, disse aos policiais que a arma pertence a seu marido, que não está no país.

Os presos serão apresentados à Justiça Federal.

Comunicação Social da Polícia Federal no Aeroporto Internacional de São Paulo/Guarulhos

Contato: (11) 2445-2212

Continue lendo

Polícia Federal

PF e BPFRON apreendem caminhão carregado com cigarros contrabandeados

Publicado


Guaíra/PR – No sábado (27/11), policiais militares do Pelotão de Operações com Cães do BPFRON, em ação integrada com policiais federais, patrulhavam a área rural da cidade de Marechal Cândido Rondon-PR, quando deram ordem de parada a um caminhão. O condutor não obedeceu e empreendeu fuga com o veículo. Em dado momento, o condutor abandonou o caminhão em movimento e fugiu em meio a uma área de mata, não sendo encontrado. O veículo desgovernado acabou tombando. Ele estava carregado com cerca de 25.000 pacotes de cigarros contrabandeados. O caminhão e o contrabando foram encaminhados para a Receita Federal em Guaíra-PR.

Fazem parte do Programa V.I.G.I.A. nessa operação interagências equipes do BPFRON e demais Unidades da PMPR, Polícia Federal, PCPR, RECEITA FEDERAL e EXÉRCITO BRASILEIRO, com apoio da SEOPI – Secretaria de Operações Integradas/MJSP.

As ações integradas dos órgãos de segurança pública federais e estaduais também fazem parte do PPIF – Programa de Proteção Integrada de Fronteiras, coordenado pelo GSI – PR que busca integrar e articular ações de segurança pública, inteligência, controle aduaneiro e das Forças Armadas com as ações dos estados e municípios situados na faixa de fronteira e divisas, incluídas suas águas interiores e costa marítima.

Comunicação Social da Polícia Federal em Guaíra/PR

Disque denúncia: (44) 3642-9131

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana