conecte-se conosco


Policial

Polícia descobre esconderijo do tráfico com 30 kg de drogas, munições e bloqueadores de sinal em Várzea Grande

Publicado

Produtos seriam levados para unidades prisionais em Mato Grosso [F- Reinaldo Rodrigues/PJC]

Uma grande quantidade de droga, munições, bloqueadores de sinais, dinheiro e outros produtos provenientes de atividades criminosas foram apreendidos pela Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE), com apoio da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), na tarde desta quarta-feira (28), em uma residência, localizada no bairro Jardim das Oliveiras, em Várzea Grande. Uma mulher era a responsável pelo local e foi presa e autuada por tráfico de drogas, associação para o tráfico e posse de munição. Ela foi interrogada, mas manteve-se em silêncio.

O entorpecente, cerca de 30 quilos de maconha, estava embalado para abastecer presídios de Mato Grosso. Na casa, além dos tabletes de maconha, foram apreendidos dezenas de munições, rádios HTs, bloqueadores de sinais, especialmente, para uso em roubos de caminhonetes, balanças de precisão, dinheiro, entre outros produtos.

Um controle de drone, que possivelmente seria usado para levar droga para dentro de presídios, foi localizado junto com os tabletes de maconha. “É uma grande estrutura criminosa que a DRE, junto com a GCCO, conseguiu desbaratar, após intenso trabalho de investigação”, disse o delegado titular da DRE, Vitor Hugo Bruzulato Teixeira

Leia Também:  Polícia prende rapaz suspeito de matar o pai e garota de programa a pauladas

O delegado disse que a descoberta ocorreu após denúncia apurada pelas equipes policiais. “Recebemos informações de uma grande quantidade de drogas escondida em uma casa em Várzea Grande. Diante disso, em conjunto com a Gerência de Combate ao Crime Organizado, estivemos no local, onde uma mulher residente autorizou a entrada. Já na primeira revista nos deparamos com uma mochila recheada de entorpecentes”, detalhou o delegado.

Outra parte da droga, já embalada para a venda, foi encontrada dentro de caixas de som. “O que chama a atenção é uma estrutura ali de sistema de monitoramento em uma residência com portão eletrônico, voltada para inibir a ação policial, além de crimes característicos da prática de roubos como bloqueador de sinais”, explicou. As investigações continuam para identificação de outros membros da organização criminosa.

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Policial

Corpo é encontrado amarrado na região no Distrito Industrial

Publicado

Corpos foram encontrados esta manhã enrolados em uma lona

Um corpo, ainda não identificado, foi encontrado na manhã de terça-feira (10), enrolado em uma lona na região do Distrito Industrial, em Cuiabá. De acordo com as informações da Polícia Militar, o corpo foi localizado em uma região de mata na proximidades do Residencial São José.

Equipes da Politec (Perícia Oficial de Identificação Técnica) e da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) já foram acionadas. A perícia vai determinar quando e como a pessoa foi assassinada.

De acordo com o delegado Marcel Gomes, que atendeu a ocorrência, o corpo é do sexo masculino, tinha ferimentos provocados por arma branca e estava degolado.

Leia Também:  Traficante é preso com 60 comprimidos de ecstasy que seriam comercializados em festas na Capital
Continue lendo

Policial

Assaltante baleado na cabeça por segurança de loja no Centro de Cuiabá morre no HMC

Publicado

O assaltante baleado na cabeça no final da tarde de segunda-feira (9) em frente à Estação Bispo Shopping, no Centro de Cuiabá, morreu por volta das 23 horas no Hospital Municipal de Cuiabá (HMC). Gelson Cruz da Silva, 39, tentou roubar a mochila de uma mulher, quando foi surpreendido pelo vigia do local.

Houve luta corporal e o assaltante acabou baleado na cabeça.

O segurança também ficou ferido. Ambos foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhados para o HMC. Gelson fazia uso de tornozeleira eletrônica. O segurança não corre risco de morte. A Polícia Civil vai investigar o caso por meio da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

 

 

Leia Também:  Polícia Civil identifica menor como autor de morte de mulher em Juara
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana