conecte-se conosco


Policial

Polícia cumpre mandados de prisão contra suspeitos de matar e decapitar trabalhador em Cuiabá

Publicado

Um dos mandados já foi cumprido na manhã desta terça-feira [F- Arquivo]

A Polícia Civil cumpre quatro mandados de prisão e de busca e apreensão contra membros de uma facção criminosa na manhã desta terça-feira (19), em Cuiabá. Os alvos são suspeitos de assassinar e decapitar um trabalhador em fevereiro deste ano. De acordo com a Polícia Civil, um dos mandados já foi cumprido contra um suspeito de alta periculosidade. Os outros suspeitos, segundo a polícia, já foram identificados. Além disso, foram apreendidos celulares e porções de drogas.

A vítima foi assassinada em fevereiro deste ano por membros de uma facção criminosa. A suspeita é de que ele seria de uma facção rival, mas a informação não foi confirmada pela polícia. Na época do homicídio, familiares relataram que a vítima havia contado que estava sendo ameaçado por criminosos do Comando Vermelho que acreditavam que ele era membro do Primeiro Comando da Capital (PCC).

Nelson Wolfred Shug Neto, 35 anos, era de Campinas, interior de São Paulo e se mudou para Cuiabá para trabalhar em uma empresa de sinalização. Ele desapareceu em 15 de fevereiro deste ano e seu corpo foi encontrado decapitado no dia 8 de março, na região do bairro Cohab São Gonçalo, em Cuiabá.

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Policial

Ladrões furtam mais de 2 mil metros de fiação do Parque das Águas e causam prejuízo de R$ 300 mil à prefeitura

Publicado

O valor engloba, além de toda a fiação, a parte de tubulação e quadro de energia que também foram danificados

Por meio de sua equipe administrativa do Parque das Águas, a Prefeitura de Cuiabá identificou na manhã desta segunda-feira (29) o furto de cerca de 2,2 mil metros de cabeamento do espaço de lazer. Conforme levantamento inicial do Município, o ato de vandalismo contra o patrimônio público gerou um prejuízo de aproximadamente R$ 300 mil.

O valor engloba, além de toda a fiação, a parte de tubulação e quadro de energia que também foram danificados e precisarão ser refeitos. Somado a depredação já efetuada, o monitoramento constatou ainda escavações próximas a postes de iluminação instalados em outros setores do parque, como se o local já estivesse sendo preparado para novas ações.

O Município não consegue precisar o momento exato do ocorrido, mas acredita que tenha sido executado durante o fim de semana. Um Boletim de Ocorrência (B.O) já foi lavrado para apuração do caso. Paralelamente, a Empresa Cuiabana de Limpeza Urbana (Limpurb) também dará início ao processo de aquisição de novos materiais para a realização do reparo.

“Temos os guardas no local, porém, com toda razão, eles se sentem inibidos a atuar nesse tipo de situação. Por isso, pedimos o apoio da Polícia Militar. Também contamos com a ajuda da população e pedimos que utilize o 190 para denunciar. A Prefeitura tem trabalhado para vencer a Covid-19, mas infelizmente tivemos esse prejuízo”, explica o titular da Limpurb, Anderson Matos.

No enfrentamento a pandemia do novo coronavírus (Covid-19), a Prefeitura tem adotado uma série de medidas para proteger a saúde da população. Uma dessas ações foi o desligamento da iluminação do parques, visando evitar aglomerações e inibir o contágio do vírus. Todavia, denúncias apontam que a marginalidade tem se aproveitado da situação para cometer atos ilícitos.

“Tivemos que tomar esse decisão, já que uma boa parte da população não estava obedecendo a recomendação do isolamento. Infelizmente, a marginalidade tem aproveitado para praticar esse e outros atos, como o consumo de drogas no local. Faço um apelo às forças de segurança, que tem sido uma grande parceira, para dar uma atenção especial a esse local”, comenta o prefeito Emanuel Pinheiro.

 

Continue lendo

Policial

Polícia Civil e Detran entram em fase final de operação de reciclagem de veículos

Publicado


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil, através da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos (DERRFVA), em parceria com Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran-MT), realizam desde quinta-feira (25.06) mais uma etapa da operação “Pátio Limpo”. Nesta fase, a ação tem como foco a higienização do pátio da delegacia com a retirada e prensa de 172 veículos, entre carros, carretas e motocicletas.

A operação que está próxima de ser concluída tem o objetivo de dar a correta destinação aos bens custodiados na unidade especializada, sendo realizada nesta semana, a prensa de 135 carros, quatro carretas e 33 motocicletas, além de vários materiais ferrosos como câmbio e outras peças automotivas.

Para encaminhamento à reciclagem, a equipe da DERRFVA avaliou os veículos que não possuem mais relevância processual, além daqueles que possuem grandes débitos administrativos a serem regularizados e que diante da situação atual do bem não possuem valor econômico.

Fotografia do pátio em julho de 2019

A operação Pátio Limpo completa nesta semana um ano de trabalhos, sendo realizados diversos levantamentos e prensa de veículos que se estendem até a total limpeza do ambiente. Durante o período foram realizadas mudanças de procedimentos para tornar mais célere às restituições de bens às vítimas, assim como o encaminhamento de bens para outros órgãos como, sendo parte dos veículos, ao final do inquérito policial, encaminhados às Comarcas responsáveis pelos processos.

Segundo o delegado titular da DERRFVA, Gustavo Garcia Francisco, a ação integrada entrega a sociedade um ambiente higienizado, garantindo o atendimento a questões ambientais, assim como a correta destinação dos veículos.

Fotografia pátio DERRFVA junho de 2020

“Em um ano de serviços alcançamos um resultado muito satisfatório, realizando a prensagem de veículos que estavam custodiados a décadas na unidade. Estamos com a questão ambiental, a qual já havia motivado uma ação pública, resolvida nesta ação desencadeada em parceria do Detran e Polícia Civil”, disse o delegado.

O presidente do Detran-MT, Gustavo Vasconcelos, ressaltou que as atividades de reciclagem e limpeza de pátios são prioridades desta gestão. “São ações positivas que foram estendidas aos nossos parceiros da Polícia Civil com o objetivo de cumprirmos as normas de proteção ambiental, além de eliminarmos possíveis criadouros de insetos causadores de doenças”, falou Vasconcelos.

A operação ainda terá mais uma fase e deverá ser finalizada dentro dos próximos 15 dias, realizando toda a limpeza do terreno que será entregue pronto ao estado para ser utilizado para outras finalidades de acordo com as normativas ambientais.

 

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana