conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil solicita boletins de qualidade do ar para averiguar se houve crime de poluição atmosférica

Publicado


.

Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

A Delegacia Especialidade de Meio Ambiente da Polícia Civil de Mato Grosso requereu a prefeituras de cidades onde houve incidência de queimadas o boletim de qualidade do ar, que é emitido pelos órgãos municipais. O objetivo da delegacia é avaliar o impacto das queimadas na qualidade do ar e apurar o possível crime de poluição atmosférica.

A delegada titular da Dema, Alessandra Saturnino de Souza Cozzolino, explica que a requisição do boletim foi feita às prefeituras de municípios onde ocorreram incêndios que são objeto de investigação da delegacia. “A partir das informações do boletim e com as investigações que estão em andamento vamos verificar se e quanto os incêndios florestais contribuíram para afetar a qualidade do ar nessas cidades e consequentemente, averiguar o possível crime de poluição, também previsto na legislação ambiental”, pontua a delegada.

Fotos: Mayke Toscano/Secom-MT

 

Inquéritos instaurados pela Delegacia de Meio Ambiente, que tem atribuição investigativa de delitos ambientais em todo o estado, apuram as ocorrências de incêndios florestais nas regiões do Pantanal, que engloba áreas de vários municípios, e tem reflexos em outras cidades, e também na Capital e outras cidades da região metropolitana.

Na Reserva Particular do Patrimônio Natural Sesc Pantanal (RPPN), a delegacia investiga a causa do incêndio que está sendo apurada como queima intencional de vegetação desmatada para criação de área de pasto para gado.

Outra ocorrência foi na fazenda Espírito Santo, também no Pantanal. Um relatório do Corpo de Bombeiros aponta que o incêndio teve início em uma área próxima à estrada de acesso ao Sesc Pantanal, causado por uma máquina agrícola que fazia limpeza no local e pegou fogo.

Na Rodovia Transpantaneira, que passa por toda a região, aproximadamente seis mil hectares foram queimados por um incêndio que começou em decorrência de um acidente automobilístico. Um veículo perdeu o controle na cabeceira de uma das pontes da rodovia, caiu no barranco e pegou fogo.

Na Região do Moitão e Fazenda São José, conforme o levantamento do Corpo de Bombeiros, o fogo começou devido à prática de retirada de mel de abelhas silvestres, em uma região de mata fechada, conhecida como Moitão. Vestígios indicam a queima de raízes para o uso de fumaça a fim de retirar os favos de mel.

Outra ocorrência em investigação pela Dema é de um incêndio que se alastrou em uma área residencial em Cuiabá, próximo à Rodovia Helder Cândia (MT-010). A apuração aponta que o incêndio se propagou após faísca na fiação elétrica de alta tensão.

Fonte: PJC MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Policial

Diretoria Geral divulga distribuição de vagas no interior para novos delegados

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

A Diretoria Geral da Polícia Judiciária Civil do Estado de Mato Grosso divulga a relação de vagas para primeira lotação a todos os Delegados de Polícia do Curso de Formação Técnico Profissional da Academia de Polícia Judiciária Civil, de acordo com os critérios estabelecidos na Resolução 066/2020/DGPJC, conforme relação abaixo: 

DISTRIBUIÇÃO VAGAS 

 

 

 

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Policial

PRF soma forças na recuperação do Pantanal

Publicado


Equipes auxiliaram na distribuição de água e alimentos ao longo da Transpantaneira, além de escoltar o transporte de animais feridos para centros de tratamento

Entre os dias 23 e 25 de novembro, Policiais Rodoviários Federais deslocaram-se até Poconé/MT com a missão de auxiliar na distribuição de água e alimentos, em pontos específicos, afim de garantir o mínimo necessário para a sobrevivência da fauna local.

Seis PRFs, utilizando-se de 3 viaturas, juntaram forças com equipes da Secretaria Estadual de Meio Ambiente, Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso, Força Tática, Polícia Militar Ambiental, IBAMA, Marinha do Brasil, Polícia Penal e percorram a rodovia Transpantaneira (MT-060) colaborando com o transporte dos mantimentos e equipes técnicas para resgatar animais com queimaduras ou fragilizados pela escassez de água e mantimentos.

O trecho da Rodovia Transpantaneira é seccionado por diversas pontes sobre alagados, mas que devido à escassez das chuvas, estão em grande maioria, secos. Em determinados locais e sob algumas das pontes, estão sendo distribuídos alimento e água, que são colocados em cochos para os animais.

Ao longo das atividades, foram distribuídos cerca 840 kg de suprimentos para os animais e no domingo (25), as equipes auxiliaram o transporte de um filhote de anta que estava debilitado, para que pudesse se recuperar em um local com melhor espaço e estrutura.

O Tenente da Polícia Militar Ambiental, comentou que a região também é utilizada como rota do tráfico de drogas e de animais que são retirados do Pantanal para serem vendidos no mercado negro, sendo que a presença da PRF é de fundamental importância para coibir essas modalidades de investida criminosa.

O Coronel Barroso (Secretário Executivo do Comitê do Fogo/SEMA), juntamente ao Tenente Delfino, do Corpo de Bombeiros e coordenador da logística local, salientaram a importância e a repercussão pela presença da PRF.

“Foi de fundamental importância tanto quanto às atribuições de logística, quanto de segurança, pois somente a presença da PRF já faz com que condutores diminuam a velocidade ao transitar pela Transpantaneira, minimizando os acidentes e atropelamentos da fauna nativa.” Palavras do Tenente Delfino

Destaca-se que, conforme a Constituição Federal de 1988, em seu artigo 225, o Pantanal Mato-grossense é patrimônio nacional, sendo o meio ambiente direito de todos, impondo-se ao Poder Público e a coletividade o dever de defende-lo e preservá-lo para as presentes e futuras gerações.

SECOM PRF MT
E-mail: [email protected]
Instagram: @prfmt_oficial
Para emergências e denúncias, ligue 191

 

 

 

 

Fonte: PRF MT

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana