conecte-se conosco


Policial

PC pede conversão de prisão em flagrante para preventiva de suspeito de matar sogro

Publicado

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), representou pela conversão da prisão em flagrante para preventiva do homem suspeito de matar o sogro dentro de casa no início da manhã desta quarta-feira (11), no bairro Altos da Serra em Cuiabá.

O suspeito, de 43 anos, identificado como genro da vítima foi encontrado por policiais militares logo após o crime, deitado na cama em um quarto da residência onde ocorreram os fatos.

A equipe da DHPP foi acionada para atendimento ao local, onde encontraram a vítima Acemar de Moura Rodrigues, de 56 anos, caída dentro do banheiro com várias perfurações de arma branca. No início da manhã desta quarta-feira (11), o suspeito que há algum tempo morava na mesma casa dos sogros, arrombou a porta do banheiro enquanto a vítima se preparava para trabalhar e a esfaqueou até a morte.

Segundo as investigações, o crime teria sido motivado pelo fato de o sogro estar sempre chamando atenção do genro, por não trabalhar e também por ficar com o ar-condicionado ligado o dia inteiro. No dia anterior ao crime, a vítima estava de folga e aproveitou para fazer faxina na casa, atrapalhando o sono do suspeito que dormia durante o dia, uma vez que passava a noite na internet.

O suspeito que não possui ocupação fixa havia adquirido facas pela internet recentemente e costumava dizer que iria se aposentar por supostos problemas de saúde mental. Ele dizia que deixaria a casa dos pais da companheira, mas não sem antes “cometer uma besteira”, dando a entender que ele estaria premeditando essa ação criminosa e já planejando uma linha de defesa para não ser responsabilizado pelos atos.

Interrogado pelo delegado Olímpio da Cunha Fernandes Junior, o suspeito apresentou informações confusas sobre a sua identidade, dizendo que não se lembrava dos fatos e que apenas acordou com os policiais militares o apontando como autor do homicídio. Segundo o delegado, diante dos elementos colhidos, ficou clara a configuração de homicídio qualificado, pelo motivo fútil, meio cruel e praticado mediante traição ou emboscada.

“Durante a verificação dos fatos, foi constatada a futilidade da motivação, uma discussão banal, bem como pela crueldade do crime, tendo em vista os vários golpes de faca aplicados contra a vítima, além do fato do suspeito ser genro da vítima e morador da residência, agindo à traição, quando a vítima menos esperava, enquanto estava inadvertida escovando os dentes para ir trabalhar”, disse o delegado.

Diante dos fatos, o delegado representou pela conversão da prisão em flagrante em preventiva, sendo o suspeito encaminhado para audiência de custódia para as providências cabíveis, ficando à disposição da Justiça.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Policial

Servidora pública de 33 anos morre baleada pelo ex-namorado em Poconé

Publicado

A servidora pública Lailse Monique da Silva Carmo, 33 anos, foi morta a tiros neste domingo (26) em frente a um clube no bairro Bom Pastor em Poconé, a 104 km de Cuiabá. Segundo à polícia, o crime foi cometido pelo ex-namorado da vítima, de 37 anos, que não aceitava o fim do relacionamento.

Durante as buscas, a polícia localizou o ex-namorado de Lailse em uma quitinete. Ele estava com uma arma de fogo e ameaçava se matar. Após negociação, ele se entregar e foi encaminhado para a Delegacia de Poconé

O suspeito foi autuado em flagrante pelo delegado Marlon Luz pelo crime de homicídio com qualificadora em feminicídio e depois encaminhado para uma unidade prisional da região metropolitana.

A servidora atuava na Secretaria Municipal de Finanças de Poconé. A prefeitura emitiu nota de pesar. “Lailse, prestou os seus serviços no Departamento Municipal de Recursos Humanos e Departamento Municipal de Tributos, sempre de forma muito exemplar, onde conquistou o carinho, respeito e admiração de todos que estavam em sua volta”, diz em trecho.

Continue lendo

Policial

Homem é preso em flagrante pela Polícia Civil após invadir residência de ex-companheira e tentar enforcá-la

Publicado

A Polícia Civil prendeu em flagrante, na madrugada deste domingo (26.06), em Água Boa, um homem de 35 anos por crimes de violência doméstica contra a sua ex-companheira.

A vítima procurou a Delegacia de Água Boa e afirmou que foi agredida durante a madrugada, quando o ex-companheiro invadiu a residência, pela janela, por volta das 03h15, e tentou enfoca-la.

Ela conseguiu escapar da agressão porque seu irmão chegou no momento e o agressor fugiu. Antes, ele quebrou o celular da vítima e fez ameaças contra ela.

Após diligências, o suspeito foi preso pela equipe de investigadores em sua residência, quando tentava fugir.

O investigado possui diversos registros criminais. Ele, inclusive, é alvo de medidas cautelares que o proíbem de manter contato com a vítima e da obrigação de recolhimento domiciliar no período noturno.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana